Procure no JP

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2006

Paulista Série A3: Flamengo 1-2 São Bernardo FC

Opa!

Agora sim, vamos com os posts dos dois jogos que vi nesse último domingo. De manhã, a pedida foi ir até a cidade de Guarulhos acompanhar o jogo da Série A3 entre Flamengo e São Bernardo FC. Sempre é legal ver jogos no Antônio Soares de Oliveira, e ontem, sem sol e calor, foi mais legal ainda. Comigo, o Emerson e o Mí­lton estiveram na parada.

Juro que não esperava tanto assim da equipe do Flamengo, e achava que o São Bernardo mandaria no jogo. Tsk, tsk... foi justamente o contrário. Desde o primeiro minuto, o rubro-negro de Guarulhos tomou conta da partida e dominou por completo o time do ABC, que se limitava a poucos contra-ataques.


Jogada disputada no meio-campo, no jogo entre Flamengo e São Bernardo FC (o Tigre do ABC, e não o Bernô como o povo fala. O Bernô é o bom e velho EC São Bernardo). Foto: Fernando Martinez.

Mas como o futebol muitas vezes é injusto, foi o São Bernardo FC que saiu na frente do placar. Numa bobeada geral da zaga flamenguista, o jogador Marcinho fez, de cabeça, 1 a 0 para o Tigre. Vale ressaltar que esse foi o primeiro ataque efetivo do time do ABC. O Flamengo acabou nem sentindo o gol assim, já que continuou com sua sina de gols perdidos e chances desperdiçadas, e foi assim até o final dessa etapa, quando numa boa jogada pela direita, o jogador Édson empatou o jogo, também de cabeça.


Ataque flamenguista no primeiro tempo da partida. Foto: Fernando Martinez.

No intervalo foram discutidas pautas inadiáveis para o JOGOS PERDIDOS, como a elaboração de um estatuto para as nossas atividades. Muitos pontos interessantes e a decisão final sai em breve. Até lá manteremos todos informados.

No segundo tempo, o Flamengo voltou a mil, com seus dez jogadores no campo do Tigre, e dominando territorialmente o jogo. Mas pena que os atacantes não estavam numa boa manhã, já que continuaram a perder gols incrí­veis, alguns por falha mesmo e outros por boas intervenções do arqueiro bernardense.


Bola alçada na área do Tigre e todo mundo pego no pulo! Foto: Fernando Martinez.

Mas de novo, quem não faz toma, e o Tigre marcou seu segundo gol, em outra bobeada da zaga rubro-negra, através de Saulo, aos 17 minutos (também de cabeça). Era o São Bernardo de novo à frente no marcador. Daí até o final da partida foi um jogo de ataque contra defesa. O Tigre todo recuado e o Flamengo desesperadamente tentando a marcação do gol de empate.


Ataque do Fla no segundo tempo aonde nada deu certo para o time da casa. Foto: Fernando Martinez.

A torcida foi ficando impaciente com tanta chance desperdiçada, mas depois de trinta minutos nesse esquema, restou para o time da casa as lamentações, já que o jogo acabou mesmo Flamengo 1-2 São Bernardo FC. Poucas vezes vi tamanho domínio de um time sobre o outro, e mais raro ainda foi ver o time dominado ganhar a partida. Isso que o time do ABC não deu NENHUM chute ao gol do Fla, já que seus gols foram de cabeça.

Mas futebol é isso. Depois, voltei pra casa para gravar músicas com minha banda, o The Jenniffers. Foi quando saí­ para encontrar a Van, e como ela queria ver um jogo à tarde, ela acabou me convencendo a ir numa partida que não me arrependi, pelo contrário! Um dos maiores jogos dos últimos anos, e um dos maiores da minha vida, mas isso é história pra depois.

Até!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário