Procure no JP

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2006

Paulista Série A2: Nacional 2-1 XV Piracicaba

Olá a todos!

Estive nesse último sábado acompanhando a rodada inaugural do fantástico Campeonato Paulista da Série A2, mais precisamente na pugna entre Nacional e XV de Piracicaba, no Nicolau Alayon. Foi a primeira partida do time de Piracicaba na A2 desde o dia 11 de junho de 2000, quando perdeu para o Santo André e foi rebaixada para a Série A3, por onde ficou por 5 anos. Lá encontrei o grande David, que me deu informações fantásticas sobre a SELETIVA da Segundona Carioca, que começará semana que vem e terá a participação de 18 equipes. Mas esse é um assunto para outro momento.


Time do Nacional se preparando para a entrada no campo. Foto: Giulio Cesare.

Sobre a partida, o Nacional começou a todo vapor, e logo aos dois minutos de jogo abriu o marcador, não dando tempo para os visitantes sequer respirarem. Durante todo o transcorrer do primeiro tempo a equipe ferroviária dominou por completo, ampliando o placar aos 38 minutos com toda a justiça. O primeiro e único chute a gol dos visitantes só aconteceu aos 42 minutos. O jogo foi para o intervalo com a vitória nacionalina por 2 a 0.


Times alinhados para o início da partida. Foto: Giulio Cesare.

No segundo tempo, o XV foi com tudo tentando fazer um gol rapidamente, e aos 4 minutos conseguiu-o em falha da defesa do NAC. Esse gol assustou os donos da casa, e o time acabou recuando e levando muita preocupação em seus torcedores. Mas para a alegria da torcida, o Nacional suplantou sua deficiência e conseguiu sair vitorioso. Final de jogo: Nacional 2-1 XV de Piracicaba.


Placar final da partida de sábado no Comendador Souza. Foto: Giulio Cesare.

Só faço uma observação para que o time de Piracicaba use sua tradicional camisa listrada horizontalmente em preto e branco, e não com o uniforme todo branco, como atuou nessa tarde de sábado. Um abraço especial ao Giulio Cesare, membro da comissão técnica do Naça pelas fotinhos aqui na matéria!

Por hora é só, abraços!

Mílton

Nenhum comentário:

Postar um comentário