Procure no JP

segunda-feira, 13 de novembro de 2006

Portuguesa, 99% na Série C em 2007

Opa,

Começando nesse meio de tarde com os geniais posts do JOGOS PERDIDOS sobre o final-de-semana, vamos primeiro com a 'quase' pá-de-cal no túmulo lusitano rumo a Série C em 2007. Na nossa antepenúltima partida do Campeonato Brasileiro da Série B, seguimos ao Canindé para acompanhar a partida entre Portuguesa e Ceará. Eu, o Mílton e o Jurandyr estivemos nessa jornada.

Foi o jogo para a Portuguesa sair da zona de rebaixamento após 28 rodadas. Foi o jogo mais importante da Portuguesa nos últimos anos. Foi o jogo em que ela levou mais torcedores nesse ano. Foi o jogo em que ela só defendia dela para fazer um bom papel. Foi o jogo da afirmação rubro-verde, para tentar a milagrosa permanência na Série B... mas ela conseguiu jogar tudo isso no lixo.


Tentativa de ataque do rubro-verde no primeiro tempo. Notem o ótimo público no Osvaldo Teixeira Duarte. Foto: Fernando Martinez.

O time até que começou bem, mas quem marcou primeiro foi o time cearense. Depois de um pênalti bem marcado aos 9 minutos, o jogador Arlindo Maracanã (!) abriu o placar. O time da Lusa não sentiu o gol e foi com tudo em busca do empate, e quem sabe a virada. E jogando bem ela conseguiu o empate. Aos 18 minutos, depois de cobrança de escanteio (originado em bela cobrança de falta), o jogador Santiago subiu mais alto e empatou.


Lance do primeiro gol da Portuguesa, levando o torcedor à loucura. Foto: Fernando Martinez.

Logo depois do empate, o time começou a ir para o túmulo. O juiz marcou um pênalti inexistente, talvez para compensar um claro que ele não marcou. Na cobrança o jogador Souza telegrafou e o goleiro do Ceará defendeu. Frustração no Canindé. Durante o resto do primeiro tempo a Lusa até tentou e foi mais efetiva na tentativa do segundo gol, mas o jogo foi para o intervalo em 1 a 1.

No segundo tempo a Portuguesa voltou com tudo e logo aos 3 minutos virou o placar. Depois de bola na trave, o jogador Leonardo Silva pegou o rebote e virou o jogo para a Lusa. Nesse momento nos perguntamos: "Será que a Portuguesa vai recuar e tentar administrar o resultado por quase 45 minutos?". Por mais que a resposta seja óbvia, a Lusa resolveu recuar, de maneira porca.


Lance do pênalti perdido no primeiro tempo. Ô, hora para se perder uma cobrança... Foto: Fernando Martinez.

O time se postou na defesa, e isso é legal para um time que consegue se defender bem e que possua uma defesa sólida. Mas a Portuguesa é um time que NÃO se defende bem e NÃO tem uma defesa sólida. E isso levou o jogo a se transformar num grande pesadelo para a sua torcida.

Logo aos 14 minutos, o Ceará empatou, de novo com o Arlindo Maracanã (!). Batendo cabeça e não jogando nada, era questão de tempo e algo óbvio que o Ceará viraria de novo o jogo. Para o nosso desânimo, o Ceará virou mesmo aos 28 minutos, com o jogador Reinaldo Aleluia (!).



Disputa de bola no meio-de-campo, no jogo entre Portuguesa e Ceará. Foto: Fernando Martinez.

Depois da virada o time acordou e tentou pelo menos empatar. Mas a inoperância do seu ataque e a falta de vontade dos seus jogadores foi irritante. O time tinha maior posse de bola, mas não chegava no gol cearense. Sem criar chances de verdade, ainda deixava o contra-ataque abertinho para os cearenses.

Num deles, o alvinegro chegou ao humilhante quarto gol, aos 45 minutos de jogo, de novo com o Reinaldo Aleluia (!). Logo depois, o time ainda iria fazer o quinto gol, mas o bandeira marcou um impedimento estranho e ajudou a Lusa. Péssimo, foi a chave de ouro em uma campanha bisonha.

Final de jogo: Portuguesa 2-4 Ceará. Essa foi quase a pá-de-cal no túmulo lusitano rumo à Série C. mas a Lusa não dançou mesmo nessa partida. Um time que em 18 jogos em casa ganha apenas 5, empata contra o São Raimundo e Coritiba (num jogo ganho) e perde jogos fáceis como os jogos contra Paysandu, Guarani, Ituano e Ceará, tem que ser premiado com a visita à Série C em 2007.

Não gostaríamos de jeito algum de ver a Lusa nessa situação, mas a diretoria e o time deram mostra que adorariam ver como fica a Portuguesa na Terceirona em 2007... o que podemos fazer?

Abraços e até o próximo post

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário