Procure no JP

segunda-feira, 13 de novembro de 2006

Bragantino é o adversário da Ferroviária na final da Copa FPF

Boa noite!

No último sábado estive no Estádio Marcelo Stéfani, em Bragança Paulista, para acompanhar o confronto entre C.A. Bragantino e Botafogo F.C., válido pela semifinal da Copa FPF. Para aqueles que ainda não sabem o campeão deste torneio se classifica para a Copa do Brasil 2007 e o vice assegura vaga na Série C do próximo ano.

Como o Bragantino havia vencido o primeiro jogo em Ribeirão Preto por 2x1, poderia té mesmo perder por um gol de diferença que garantiria sua vaga na final. Por este motivo mais de duas mil pessoas compareceram no estádio para apoiar o Massa Bruta.


Equipes perfiladas para o início da partida. Foto: Victor Minhoto.

Entretanto, foi o Botafogo quem começou melhor e logo aos 7 minutos Leandro Miranda cobrou uma falta pela direita do ataque dos visitantes em direção ao gol, mas como o goleiro do Bragantino esperava um cruzamento, a bola acabou no fundo das redes. Esse gol deixou um clima de suspense no ar, a torcida ficou impaciente e o time da casa, apesar do esforço, não rendeu um bom futebol durante toda a primeira etapa. Como o Botafogo também não forçou muito, o jogo foi para o intervalo com a contagem mínima.


Disputa de bola no começo do 1º tempo, momento em que o Botafogo se apresentava melhor em campo. Foto: Victor Minhoto.

No segundo tempo a situação mudou completamente, o Bragantino voltou mostrando porque é desde a primeira fase da competição um dos favoritos ao título. Além da raça, a equipe mandante mostrou melhor organização em campo e passou a pressionar o adversário, mas apesar das várias chances criadas, o time falhava no momento da conclusão. Já o Botafogo procurava se defender de todas as formas e jogar apenas nos contra-ataques, o que não foi suficiente.

O jogo se encaminhava para o final de forma emocionante, até que aos 40 minutos, Leandro, que havia acabado de entrar em campo, acertou um belo chute no ângulo direito da meta do Botofogo e empatou a partida. Esse gol desestabilizou a equipe de Ribeirão Preto, que saiu de forma desordenada para o ataque deixando vários espaços em seu sistema defensivo. O resultado foi que apenas um minuto depois o meia Gileno entrou na área e ao tentar um drible foi desarmado, mas pegou o rebote e acertou um belo chute rasteiro no canto direito do goleiro adversário marcando o segundo gol para o Bragantino.


Escanteio para o Bragantino no final do 1º tempo, quando a equipe já começava a tomar conta do jogo. Foto: Victor Minhoto.

No ataque seguinte, em mais um contra-ataque, agora aos 43 minutos, foi a vez de Gileno deixar os zagueiros para trás e acertar um belo chute cruzado e rasteiro, novamente no canto direito da meta adversária, fazendo o terceiro gol do Massa Bruta, o que levou a torcida ao delírio. Resultado final: Bragantino 3x1 Botafogo e a vaga na final assegurada.

Caso o Bragantino mantenha o bom futebol apresentado no 2º tempo, principamente nos últimos minutos, somado ao fato de que o segundo jogo da decisão contra a Ferroviária será em sua casa, podemos até mesmo considerar que ele tem um certo favoritismo para a conquista do título.

Até a próxima,

Victor

Nenhum comentário:

Postar um comentário