Procure no JP

sexta-feira, 14 de outubro de 2005

Taça Minas: Fabril 0-2 Caldense

Buenas!

Ontem, em plena quinta-feira, dei uma escapada de Sampa e fui acompanhar mais um joguinho pela Taça Minas Gerais. Dessa vez o destino foi Lavras, e a partida em questão Fabril x Caldense. Assim que cheguei, descobri que era feriado municipal e a cidade estava com praticamente tudo fechado. Parabéns a todos os lavrenses pelo aniversário da cidade!

Por descuido meu, não atentei a tabela e fui direto procurar o Estádio da UFLA, onde o Fabril vinha mandando seus jogos nos últimos tempos. Cheguei lá e estava tudo deserto, logo percebi que tinha alguma coisa errada e não deu outra, o jogo seria no Estádio Municipal. Como ainda era cedo, deu tempo para encontrar o outro estádio sem problemas.

Chegando lá, no Estádio Municipal Coronel Juventino Dias, descobri que tanto a delegação da Caldense, como a rádio de Poços de Caldas tinham cometido o mesmo erro. Mas o pior mesmo foi a rádio, que tinha pedido linha telefônica para o Estádio da UFLA, e não pode transmitir o jogo. Os caras estavam tendo filhos coloridos de raiva e ficaram um bom tempo brigando com o representante, como se ele pudesse fazer alguma coisa. Como o JP só trabalha com uma câmera na mão e uma idéia na cabeça (salve Glauber Rocha!), não tive problemas com a troca de estádio. Falando em câmera, vamos as fotos oficiais da partida:


Fabril E.C. - Lavras / MG. Foto: Emerson Ortunho.


A.A. Caldense - Poços de Caldas / MG. Foto: Emerson Ortunho.


Trio de arbitragem, já conhecido por aqui e capitães. Foto: Emerson Ortunho.

O jogo começou com o time da casa indo pra cima na base da vontade, já a Caldense, menos ofensiva, mas bem organizada em campo, se contentava em explorar os contra-ataques. Nesse esquema, quem se deu melhor foi a Caldense, que acabou abrindo o placar. O Fabril merecia terminar o primeiro tempo com pelo menos um empate, pois chegou mais vezes ao gol, porém o placar ficou no 1 a 0.


Goleiro da Caldense afasta um dos ataques do Fabril na primeira etapa. Foto: Emerson Ortunho.


Disputa de bola na lateral do campo. Foto: Emerson Ortunho.

Na segunda etapa, a Caldense com a vantagem no placar, ficou só administrando o resultado e resistindo aos vários ataques do Fabril. Apesar de atacar muito, o time de Lavras sofreu com a falta de pontaria, facilitando a vida da zaga da Caldense. Já nos acréscimos, num contra-ataque rápido, a Caldense chegou ao segundo gol. Depois, foi só aguardar o apito final da árbitra e a confirmação do resultado: Fabril 0 x 2 Caldense. Pelo esforço do Fabril, a equipe merecia melhor sorte no jogo, mas o futebol não costuma premiar quem não tem pontaria.

Antes de encerrar, alguns detalhes do estádio Municipal, que não abrigava jogos oficiais há muito tempo:


Arquibancada do Estádio Municipal Cel. Juventino Dias. Foto: Emerson Ortunho.


Portão de entrada do estádio. Pela primeira vez assisti um jogo com música ao vivo e o cara não parou de tocar nem durante o jogo. Nesse momento ele estava fazendo a vez de encantador de cobra tocando sua flautinha. Fotos: Emerson Ortunho.

Valeu gente, o Fabril é um time muito legal de se assistir e o jogo sendo no estádio Municipal ficou mais especial ainda. Segundo o técnico, os dirigentes da esquipe estão fazendo todos os esforços possíveis para o Fabril ser convidado (leia-se $$$) para Copa São Paulo de Futebol Júnior, vamos aguardar!

A volta foi tranqüila pela agora excelente Fernão Dias.

Abraços!

Emerson

Nenhum comentário:

Postar um comentário