Procure no JP

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

JP na primeira partida final da Copa do Brasil sub17

Fala, pessoal!

No decorrer dessa semana tive a oportunidade de fazer duas sessões noturnas de futebol bastante interessantes. A primeira delas, sem dúvida, foi histórica. Pela primeira vez pude ver uma peleja no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi, dentro de campo. Ali pude conferir a primeira partida da final da Copa do Brasil Sub-17 entre São Paulo e Flamengo.

Já havia entrado no campo, ou melhor, na "pista" do Morumbi em vários shows, de U2 a Metallica, de Rush a Pearl Jam. Sabia como era a visão dali para as arquibancadas, mas nada melhor do que uma partida de verdade para conferir uma visão mais realista. Para não enfrentar percalços, cheguei cedo no estádio e sem problemas fui logo para o gramado.

Não demorou muito para que as duas equipes fossem ao gramado iniciar a disputa pelo caneco da primeira edição da Copa do Brasil Sub-17, torneio bastante interessante criado pela CBF. Apesar de todos os problemas que envolvem decisões e atitudes que envolvem da entidade, tanto esse certame quanto a Copa do Brasil Sub-20 foram boas ideias colocadas em prática.


São Paulo FC (Sub-17) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


CR Flamengo (Sub-17) - Rio de Janeiro/RJ. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem para a decisão com a presença do árbitro Flávio Rodrigues de Souza (CBF/SP) e as assistentes Renata Ruel de Brito (CBF/SP) e Marcela de Almeida Silva (CBF/SP). Junto, os dois capitães das equipes. Foto: Fernando Martinez.

São Paulo e Flamengo chegaram a essa final após duas semi-finais dificílimas, eliminando respectivamente Fluminense (como você viu aqui no JP) e Ponte Preta. Sem favorito, o jogo começou e não demorou muito para vermos quem estava numa melhor noite.


Escanteio para o São Paulo no começo dos trabalhos no Morumbi. Foto: Fernando Martinez.

O tricolor do Morumbi foi dono total da peleja, marcando sob pressão e chegando com muito perigo dentro da área rubro-negra por várias vezes. Após dois ótimos ataques, o primeiro gol saiu aos 24 minutos com o belo chute de Gabriel Boschilia de fora da área.


A zaga do Flamengo sofreu durante 90 minutos, aqui num bom lance na entrada da área. Foto: Fernando Martinez.


Saída pelo alto do arqueiro flamenguista. Foto: Fernando Martinez.

O gol não sossegou o ímpeto local e por pouco a vantagem não foi ampliada. Para sorte do time do Rio de Janeiro, a etapa inicial acabou mesmo no 1x0. A esperança para a fiel torcida do Fla presente no frio Morumbi era que as coisas esquentassem um pouco no tempo final.


Ataque são-paulino pela lateral. Foto: Fernando Martinez.


Técnico do rubro-negro de olho no jogo. Foto: Fernando Martinez.

Só que nada mudou quando as equipes voltaram para o segundo tempo. Logo aos 4 minutos o São Paulo teve pênalti marcado a seu favor após carga ilegal de um zagueiro num atacante. Joanderson, um dos destaques da equipe, bateu bem e ampliou.


Segundo gol do São Paulo em cobrança de pênalti de Joanderson. Foto: Fernando Martinez.


Jogadores de São Paulo e Flamengo com o placar da decisão ao fundo. Foto: Fernando Martinez.

Para desespero dos amigos são-paulinos presentes no estádio - Mílton, Renato e Ricardo Espina - o que se viu nos minutos seguintes foi um sem número de gols perdidos pelo onze local. A peleja poderia ter chegado aos 4 ou 5x0 sem nenhum exagero. Para terem uma noção, o primeiro chute de perigo do Fla, defendido no susto pelo arqueiro da casa, foi somente acontecer aos 24 minutos.


Mais uma bola alçada na área carioca. Foto: Fernando Martinez.

Completamente dominado pelo onze paulista, o Fla torceu para o tempo passar depressa e para que o marcador permanecesse como estava. Pelo menos essa torcida deu certo, e o jogo acabou mesmo em São Paulo 2-0 Flamengo. O Tricolor colocou uma mão na taça com esse belo triunfo.

Mesmo ficando do outro lado da cidade, apenas uma hora depois do apito final já me encontrava em casa, uma facilidade por morar perto da linha amarela do metrô. Na quarta, com ainda mais frio, fui para São Bernardo do Campo e ali curti mais uma bela partida da nossa querida Segundona.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário