Procure no JP

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Caxias derrota o Barueri e afunda mais o time paulista na Série C

Opa,

O Campeonato Brasileiro da Série C está a todo vapor e na última quarta-feira fomos conferir mais um capítulo da via-crucis do Grêmio Barueri no certame. O time paulista recebeu o bom time do Caxias em peleja válida pela penúltima rodada do primeiro turno do Grupo B.

Na rodada anterior o onze barueriense havia vencido o Duque de Caxias fora de casa e buscava um novo triunfo para fugir um pouco mais da zona de rebaixamento. Só que o SER Caxias, time que não via no profissionalismo desde o longínquo ano de 2005, seria com certeza um adversário complicado, já que a equipe gaúcha pode facilmente ser colocava entre as favoritas ao acesso para a Série B 2014.

Para esse joguinho fantasma, o quórum de amigos presentes na Arena Barueri foi bastante alto. A arquibancada do local teve a honrosa presença do grupo formado pelo Mílton, Sérgio, Colucci, Renato, Ricardo Espina e Ricardo Pucci. Todos muito animados com a rara oportunidade de assistir in loco a apresentação do time de Caxias do Sul.


Grêmio R Barueri - Barueri/SP. Foto: Fernando Martinez.


SER Caxias (numa das fotos posadas mais surreais de todos os tempos) - Caxias do Sul/RS. Foto: Fernando Martinez.

Fiquei dentro de campo para acompanhar as emoções do jogo e posso dizer seguramente que não aconteceu nada de surpreendente. Por todo o tempo o Caxias foi superior ao onze local e mostrou um futebol com muito mais qualidade. Comandado pelo camisa 9 Mariano Trípodi, ex-Boca Juniors, ex-Colônia e ex-Santos, o time gaúcho jogou fácil.


Zagueiro do Caxias correndo atrás da pelota. Foto: Fernando Martinez.


Defensor local saindo para o ataque. Foto: Fernando Martinez.

E foi justamente o atleta argentino quem abriu o placar na Arena num gol de cabeça aos 21 minutos de partida. Ele escorou cruzamento da esquerda e matou o goleiro Márcio, colocando a bola no seu contra-pé. Apesar de ter criado mais oportunidades, a peleja chegou no intervalo com o marcador apontando a vantagem mínima para os visitantes.


Ataque do Barueri pela esquerda. Foto: Fernando Martinez.

Na etapa final o panorama não mudou e o time gaúcho continuou dono absoluto da partida. Fazendo apenas sua segunda partida no comando técnico do time, o técnico Serginho, que assumiu no lugar de Toninho Moura, claramente precisará fazer um trabalho de gênio para fazer o Grêmio melhorar sua performance, pois atualmente a coisa está feia.


Boa defesa do goleiro gaúcho no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.


Disputa de bola pelo alto. Foto: Fernando Martinez.

Na base do bumba-meu-boi o time até tentou fazer aquela efêmera pressão, mas todos os chutes e cruzamentos foram rechaçados pela zaga do Caxias. Nos minutos finais, até o goleiro Márcio se mandou para o ataque em busca do milagre.


Troca de passes no campo defensivo do time paulista. Foto: Fernando Martinez.


Investida do Grêmio em busca do empate. Foto: Fernando Martinez.

E justamente no momento em que o arqueiro se encontrava no campo gaúcho saiu o segundo gol da pugna, fechando de vez o caixão local. Após bola levantada na área, o camisa 1 Douglas fez simples defesa e deu um chutão para frente que seria facilmente interceptado pelo zagueiro que fazia a proteção do gol aberto. Só que o jogador do GRB deu uma furada espetacular, deixando a pelota livre para Charles Chad invadir a área sem marcação e chutar com o gol vazio para ampliar a vantagem. Esse foi um dos gols mais bizarros de 2013 até aqui.


Goleiro Márcio tentando o empate dentro da área do Caxias. Segundos depois dessa foto, o Caxias faria o segundo gol. Foto: Fernando Martinez.


Torcida gaúcha marcando presença na Arena Barueri. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Grêmio Barueri 0-2 Caxias. A vitória deixou a equipe gaúcha isolada na vice-liderança da chave com 17 pontos, um atrás do Guarani. O Barueri permanece com oito e luta contra o rebaixamento basicamente com Duque de Caxias e CRAC. Faltam 10 jogos para essa fase acabar e a luz amarela já está ligada no time paulista.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário