Procure no JP

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Botafogo volta à liderança do Brasileiro com vitória sobre a Lusa

Fala, pessoal!

Como infelizmente não pude me fazer presente na derradeira rodada da segunda fase da Segundona Paulista no domingo cedo, minha pauta futebolística ficou reduzida a apenas uma peleja, que de perdida não tinha absolutamente nada, já que foi transmitida ao vivo para boa parte do país. Falo de Portuguesa x Botafogo, confronto que poderia levar o time de General Severiano novamente para a liderança do Campeonato Brasileiro.


Times perfilados antes do apito inicial. Foto: Fernando Martinez.

O leitor mais atencioso irá se perguntar: mas não tinha jogo do Grêmio Barueri na Arena pela Série C no mesmo horário? Tinha, mas confesso a vocês que queria ver em campo o holandês Seedorf, um dos destaques do nacional. Apesar de curtir mesmo uma peleja bem escondida, de vez em quando (bem de vez em quando, por sinal) é bom acompanhar jogos de maior interesse.


Escanteio para a Portuguesa no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Assim como eu, pouco mais de 4 mil torcedores - a maioria botafoguenses - foram ao Estádio Osvaldo Teixeira Duarte para ver o duelo de um time quase sem nenhuma baixa e querendo voltar à primeira colocação do certame contra outro repleto de desfalques e lutando contra o rebaixamento. 


Zaga local sofrendo marcação de jogador do Bota. Foto: Fernando Martinez.

Contrariando os prognósticos, a equipe da casa foi melhor do que seu adversário durante todo o primeiro tempo. O Bota fez sua pior partida no Brasileirão e foi dominado por uma Portuguesa que jogava bem, mostrando grande evolução desde que o técnico Guto Ferreira assumiu o comando do time. O único lance digno de registro por parte do time visitante foi a ríspida discussão do veterano meia holandês com Gilberto.


Visão geral do Canindé com público razoável e um friozinho sensacional. Foto: Fernando Martinez.

Apesar do bom futebol, o time paulistano não conseguiu abrir o marcador, e o jogo foi para o intervalo ainda com o 0x0. Quando o segundo tempo começou, nada indicava que sairia algum gol. Só que do nada e num curto espaço de 11 minutos, vimos quatro.


Seedorf esbanjando categoria no segundo tempo de partida. Foto: Fernando Martinez.

E é claro que a Portuguesa, depois de tanto insistir e dominar o jogo, sofreu a maioria deles. Primeiro foi o zagueiro alvinegro Bolívar que aproveitou falha de Lauro e marcou de cabeça aos 20 minutos. Luís Ricardo deu um leve sopro de esperança para a torcida rubro-verde ao empatar aos 25. Sopro leve e breve, pois na saída de bola a zaga da Lusa deu pane e Rafael Marques apareceu para chutar forte no canto e deixar de novo o time do Rio em vantagem.


Detalhe do primeiro gol da partida, marcado pelo zagueiro Bolívar. Foto: Fernando Martinez.


Luís Ricardo empatou para a Portuguesa. Foto: Fernando Martinez.

Para encerrar qualquer esperança de um melhor resultado para o escrete paulista, Elias, após grande passe de Seedorf, fez o terceiro do Bota aos 31 e fechou a fatura. O restante do jogo foi moroso e com a Portuguesa completamente entregue.




Três momentos do segundo gol botafoguense: Chute preciso de Rafael Marques, a bola estufando as redes do goleiro Lauro e a comemoração do jogador alvinegro. Fotos: Fernando Martinez.

Fim de jogo: Portuguesa 1-3 Botafogo/RJ. O time da Estrela Solitária voltou à liderança do campeonato agora somando 29 pontos em 15 rodadas. O vice-líder é o Cruzeiro com 28 e depois aparecem Grêmio e Corinthians com 25. A Lusa permanece com 13 e é antepenúltima colocada, na frente apenas de São Paulo e Náutico. Com apenas duas vitórias até agora, a promessa ainda é de muito sofrimento pelos lados do Canindé.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário