Procure no JP

terça-feira, 18 de julho de 2006

Estádios pelo Brasil, volume 7: Estádio Salles de Oliveira (Juiz de Fora/MG)

Salve, Salve!


Aproveitei os insucessos por gramados cariocas pra adiantar minha viagem a Juiz de Fora, que não incluía nenhuma partida de futebol, mas logo descobri que eu tinha motivos de sobra para não desanimar. Falo agora sobre minha visita ao principal clube local, o Tupi Football Clube e seu abandonado Estádio Salles de Oliveira.

Se no futebol vive um bom momento com o retorno ao futebol principal, nos bastidores o Tupi deixa um tanto a desejar. É o mais simples dos três clubes de futebol local, pelo menos dentre os que já jogaram profissionalmente. Seu estádio está completamente abandonado, não tem sequer um tiozinho tomando conta.


Parte externa do estádio do Tupi FC. Foto: Estevan Mazzuia.


Parte de uma das laterais do estádio. Foto: Estevan Mazzuia.


De novo eu, agora nas bilheterias do estádio. Foto: Estevan Mazzuia.

Sendo assim, não tive dificuldades em entrar e constatar o abandono. Tudo bem que a cidade tem um grande estádio municipal, utilizado pela equipe, mas a julgar pelos estádios utilizados Brasil afora, esse até que poderia ser bem aproveitado se estivesse em melhores condições. Mas o que encontrei foi muito entulho espalhado, alambrados enferrujados, e um placar completamente destruído. O pior de tudo, é que fiquei sem saber o nome oficial do estádio, quem souber, por favor, deixe nos comentários. (em tempo, como todos puderam perceber no título do post, o nome foi encontrado posteriormente)


Eu, logo na entrada do estádio, sem mais ninguém no local. Foto: Arquivo Pessoal.


Lance de arquibancada destruído, com os refletores mais largados ainda. Foto: Estevan Mazzuia.


Alambrados destruídos e enferrujados dentro do estádio. Foto: Estevan Mazzuia.


Que mal... notem o estado atual do placar do estádio. Triste! Foto: Estevan Mazzuia.

A sede social fica distante do estádio, e embora mais organizada e limpa, é a mais simples das que visitei. Minha entrada não foi permitida, pois a visita foi durante uma segunda feira, dia em que os clubes tradicionalmente fecham para manutenção.


Visão geral da aqruibancada oposta do estádio. Foto: Estevan Mazzuia.


Detalhe do escudo do Tupi numa das laterais do estádio. Foto: Estevan Mazzuia.


Fachada da Sede Social do Tupi. Foto: Estevan Mazzuia.

Mas pude avistar um parque aquático bem simples, com duas piscinas, e a destacar, apenas uma fantástica réplica de dinossauro que serve de toboágua para uma das piscinas sociais. Daria uma foto fantástica, mas ficarei devendo.


Placa na portaria da sede principal do clube. Foto: Estevan Mazzuia.

Espero que tenham apreciado o post... até a próxima!

Abraços

Estevan

Um comentário:

  1. Pô esse time tem encanto e quantas vezes fui aí no Sales de Oliveira assisitr aquele time que se transformaria em um pedaço das minhas referências o meu Galo CarijÓ!!!

    ResponderExcluir