Procure no JP

terça-feira, 4 de julho de 2006

Uma Volta ao Passado, volume 10: Piraju FC (Piraju/SP)

PIRAJU FC


Escudo do Piraju Futebol Clube. Fonte: Arquivo Fernando Martinez.

Na semana do feriado de Corpus Christi, fui até a cidade de Cândido Mota participar de uma festa junina, e no caminho passei por Piraju e aproveitei para pesquisar sobre a situação atual do Piraju Futebol Clube.

O clube foi fundado em 30/06/1957 e participou de 14 campeonatos de acesso nos anos de 1962/1968, 1980/1982, 1984, 1986/1987 e 1991. Mandava seus jogos no Estádio Municipal Gilberto Moraes Lopes que se encontra em razoáveis condições com capacidade para 1000 expectadores aproximadamente. Numa dessas disputas, a equipe "conquistou" um incômodo recorde negativo na sua história e também de todo futebol paulista. No dia 22 de novembro de 1987, o time sofreu uma sonora goleada de 14x0 para o Pirassununguense, em jogo válido pela Segunda Divisão daquele ano (e que era equivalente ao terceiro nível estadual). Foi uma das 10 maiores goleadas na história dos campeonatos paulistas em todos os tempos.


Fachada do Estádio Municipal de Piraju. Foto: Orlando Lacanna.


Detalhe da arquibancada coberta do estádio em Piraju. Ainda muito bem conservada. Foto: Orlando Lacanna.

Tão logo cheguei a Estância Turística de Piraju me dirigi ao estádio para uma seqüência de fotos e já comecei a perceber as dificuldades que iria encontrar para obter informações precisas. Por conta disso, fui até a Prefeitura Municipal e consegui algumas informações, sendo a principal delas, que há na cidade um historiador que é ex-atleta e ex-dirigente do Piraju. Trata-se do Sr. Miguel Francisco Saez Cáceres, autor do livro "Anos Dourados do Futebol Pirajuense", que prestou várias informações. A edição está esgotada, mas consegui consultá-lo na Biblioteca Municipal.

Um dos maiores eventos futebolísticos na cidade ocorreu em 15/08/62, quando o Piraju venceu por 2 a 1 um time misto do São Paulo F.C., que teve a presença do meia Jair da Rosa Pinto, em partida amistosa que teria tido um público de 6.000 pessoas conforme informação do Sr. Miguel, que inclusive afirmou que havia muitas pessoas sentadas em cadeiras colocadas em volta do gramado.


Detalhe dos times do São Paulo FC e do Piraju, posados para a foto histórica do amistoso realizado na cidade em 1962. Publicado no livro "Anos Dourados do Futebol Pirajuense". Reprodução: Orlando Lacanna.

Atualmente, o Piraju não existe mais, não tendo conseguido nem mesmo manter sua antiga sede, que foi transformada em loja de artigos esportivos. Como era apenas um time de futebol e não um clube social há pouco material disponível a ser pesquisado a não ser o livro do Sr. Miguel.


Mais um detalhe, agora de outro ângulo, da arquibancada coberta do estádio. Foto: Orlando Lacanna.


Vista do lado direito do campo, quando estamos nas arquibancadas cobertas. Bela imagem. Foto: Orlando Lacanna.


De dentro do campo, a vista geral do gramado. Notem mais uma vez o bom estado de conservação do estádio. Foto: Orlando Lacanna.

Quanto a uma possível volta ao futebol profissional, as chances são quase nulas, uma vez que existem muitas dívidas pendentes, inclusive junto à Federação Paulista de Futebol. A esperança é que surja algum investidor disposto a liquidar as dívidas, porém isso é pouco provável que aconteça, pois se surgir algum empresário, é mais lógico que seja criado um outro time com passivo zerado.


Belíssima vista na Represa de Piraju. Foto: Orlando Lacanna.


Vista do restaurante à beira da represa. Foto: Orlando Lacanna.

Foi o que consegui obter e espero ter passado aos amigos internautas, um pouco da curta história do Azulão de Piraju.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário