Procure no JP

terça-feira, 25 de julho de 2006

Paulista Segunda Divisão: Guariba 3-0 José Bonifácio

Olá,

Depois de curtir um belo jogo no Guarujá durante o sábado à tarde, embarquei à noite em direção à cidade de Guariba, com um ligeiro descanso em Jaboticabal, para acompanhar a mais um jogo decisivo pelo Campeonato Paulista da Segunda Divisão. A partida em questão foi Guariba x José Bonifácio que foi realizada no Estádio Domingos Baldan e valeu pela penúltima rodada da primeira fase da competição.

Antes de falar do jogo, gostaria de esclarecer que o nome correto do estádio é Domingos Baldan e não Domingos Baldon como consta na tabela de jogos e nas escalas de árbitros divulgadas pela Federação Paulista de Futebol. Pude observar a grafia correta no portão de entrada do estádio. Finalmente chegou o momento de falar de bola rolando, mas antes faço as apresentações das duas equipes e dos árbitros nas fotos abaixo:


Guariba EC - Guariba/SP. Foto: Orlando Lacanna.


José Bonifácio EC - José Bonifácio/SP. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem liderado pelo árbitro Renato Canadinho e pelos auxiliares Adriano de Moura e Kléber Porfírio Nunes, junto com os capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.


Fachada do Estádio Domingos Baldan, e não Baldon. Foto: Orlando Lacanna.

Logo de cara ficou claro que o Guariba estava determinado a buscar a vitória, que se conseguida, manteria as chances, ainda que remotas, de sonhar com a classificação à segunda fase pelo critério de índice técnico. A Cobra dos Canaviais não dava nenhuma chance ao time visitante, pois marcava forte e não deixava espaço para que o adversário pudesse criar algum perigo.


Ataque do Guariba quase dentro da área adversária. Foto: Orlando Lacanna.

O time da casa criou algumas oportunidades que não foram aproveitadas e, segundo o pessoal local, o Guariba tem dificuldades de marcar gols quando está atacando para o gol dos fundos, o qual estaria "fechado". Com crença ou não, a verdade é que o resultado de 0 a 0 perdurou até o final do primeiro tempo, embora a maior oportunidade de gol foi desperdiçada pelo José Bonifácio, com o zagueiro do Guariba evitando a entrada da bola em cima da linha fatal.


Uma maneira mais do que criativa para filmar a partida! Notem o detalhe do belo guarda-chuva feminino, meio torto, que ajudou o câmera a se proteger do sol. Foto: Orlando Lacanna.

Na etapa final, com um sol para cada um, a partida continuou sendo dominada pelo Guariba que logo aos 9 minutos inaugurou o marcador através de Marcos em cobrança de falta pelo lado esquerdo. A partir daí, o José Bonifácio saiu um pouco mais para o ataque tornando o jogo mais parelho.


Lance do primeiro gol do Guariba, aos 9 minutos da segunda etapa. Foto: Orlando Lacanna.


Segundo gol do time da casa, deixando o jogo mais tranquilo para os mandantes. Foto: Orlando Lacanna.

O técnico do time local foi fazendo substituições que tornaram o time mais defensivo, só saindo em jogadas rápidas de contra-ataques, tática que acabou dando certo já que dois atletas que entraram durante o jogo, Marcel e Nô, marcaram aos 30 e 32 minutos respectivamente, em lances de contra-ataque, decretando o resultado final de Guariba 3 - 0 José Bonifácio, sendo que mais uma vez a escrita foi mantida, ou seja, o time de Guariba só marca gols na meta que fica próxima a entrada do estádio. Com esse resultado, a definição ficou para o próximo domingo quando o Guariba Esporte Clube irá medir forças fora de casa, contra o Grêmio Catanduvense que já está classificado.


Torcida nos banquinhos na lateral do campo. Parece o velho estádio do Minister (nos anos 60, e ficava lá no bairro de Santo Amaro) e bastante parecido com o do Extrema, bastante visto aqui no JP. Foto: Orlando Lacanna.

Agradeço a hospitalidade do pessoal local com o JP, em especial ao Presidente do clube o Sr. Pedro Petrassi. Um abraço a todos. Após o jogo, fui saborear um almoço caseiro no Fogão de Lenha, com muita música sertaneja, para depois encarar um busão até Araraquara e depois outro até São Paulo. No próximo final de semana tem mais estrada e jogo perdido.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário