Procure no JP

quarta-feira, 4 de janeiro de 2006

Copa São Paulo: ECO 1-2 Trem _ Botafogo/RJ 2-1 América/MG

Boa noite,

Eu, The Watcher, tenho a honra de iniciar os posts futebolísticos de 2006 aqui no JOGOS PERDIDOS. Considero isso uma oportunidade única, para a qual me preparei adequadamente e mesmo depois de dois dias de enchentes no bairro do Rochdale, na cidade de Osasco, me dirigi até aquele logradouro para assistir a uma rodada dupla interessantíssima. Na primeira partida, o time da casa, o azul EC Osasco jogou contra o time do Trem DC, do Amapá. Acredito que 98% dos brasileiros não saibam e nem tenham nunca ouvido falar dessa equipe, mas posso garantir que era um sonho antigo do Clube dos Doentes. Comigo só o Emerson e o Victor, já que os demais amigos tinham trabalhos e contas para pagar.

Devidamente autorizados pelos fiscais da FPF, eu e o Emerson adentramos o gramado para as fotos históricas dos times posados. E hoje ainda tivemos as equipes perfiladas para o Hino Nacional Brasileiro. Legal!


As duas equipes perfiladas para a execução do Hino Nacional Brasileiro. Fotos: The Watcher.


EC Osasco (sub-20) - Osasco/SP. Foto: The Watcher.


Trem DC (sub-20) - Macapá/AP. Foto: The Watcher.


Trio de arbitragem, o secretário de esportes de Osasco e os capitães dos times. Foto: The Watcher.

É a primeira vez que algum time do Amapá aparece posado aqui no JOGOS PERDIDOS, sejam bem-vindos! Por isso que a Copa SP é tão especial. Tudo por causa dos times que não viriam para cá de forma alguma e que só a Copinha pode nos proporcionar o prazer de vê-los. E ainda tem tontos por aí que dizem que a Copinha está "inflada". Para esses "experts", só servem os times grandes. Coitados...

Agora sobre o jogo, tivemos uma partida muito fraca no primeiro tempo. Sem tanta objetividade, o ECO se soltou ao ataque, mas sem levar nenhum perigo claro ao gol amapaense. Já o Trem, que só se defendeu no começo, não demorou muito para "gostar do jogo" e partir pra cima do time da casa. Numa cobrança de escanteio mandou uma bola na trave e perdeu outras duas boas chances na cara do goleiro. Ao ECO só restou também uma bola na trave e um único chute certeiro ao gol, no qual o goleiro do Trem fez incrível defesa. Com isso, o jogo foi para o intervalo sem abertura no placar.


Escanteio para o Trem na primeira etapa. Foto: The Watcher.

No intervalo aproveitei para colocar o papo em dia, falamos sobre as peripécias dos três no Natal e Ano Novo... papos interessantes. Logo quando o jogo recomeçou, já vimos que o Trem partiria de vez pra cima do ECO. Depois de algumas chances desperdiçadas, aos quinze minutos, o time do Norte abriu o placar, para surpresa de todos. O gol aconteceu depois de uma bola cruzada da esquerda e do goleiro do ECO ter batido roupa nos pés do atacante Edemar.


Escanteio para o ECO quando o jogo já estava dois a zero para o time do Trem. Foto: The Watcher.

O ECO ainda tentou ficar no ataque, mas sem objetividade continuou sendo dominado pelo Trem e com seus jogadores com as cabeças quentes, não mostrou muita resistência. Nisso, por mais surpresa que possa parecer, o Trem acabou chegando fácil ao segundo e terceiro gols, aos 28 e 36 minutos, com Anderson e Tiago Negrão. Nessa hora, o mundo caiu de novo em Osasco, com um dilúvio dominando o lugar. Parece que isso acordou o ECO, pois na chuva o time começou a jogar bem, mas aí já era tarde.


Mais uma bola cruzada dentro da área do time amapaense. Foto: The Watcher. [130610]


O mundo fechando no jogo entre ECO e Trem. À direita o ex-placar eletrônico do José LIberatti, com faixas indicando as equipes. Fotos: The Watcher.

O ECO ainda marcou o de honra no finalzinho, com o zagueiro Jean. Mas no final o jogo ficou mesmo ECO 1-3 Trem, e a zebra passeando na Grande São Paulo. Depois o Victor voltou às suas tarefas profissionais, e eu com o Emerson ficamos para a partida de fundo, entre Botafogo/RJ e América/MG. A idéia era entrarmos novamente no campo para as fotos posadas, mas o dilúvio não permitiu.

Por causa da chuva, nos refugiamos no bar do estádio, que fica longe do campo e não nos deixa acompanhar bem a partida. Por causa disso, todo mundo lá (umas 100 pessoas) perdeu um dos lances-chave do jogo: o gol do Botafogo logo no 1º minuto. Ficamos sem ver e nem saber nada, e só descobrimos que tinha tido esse gol no início da segunda etapa. Bizarro!


Bola disputada no meio-campo, no primeiro tempo da partida. Foto: The Watcher.

Aos oito minutos o América chegou ao seu gol (que nós pensamos que era o primeiro da partida), numa belíssima jogada e finalização mais bonita ainda. Depois do gol, o time mineiro dominou a partida e só não virou por faltar aquela melhor finalização. Nisso, o Botafogo se aproveitou, e num contra-ataque ligeiro, chegou aos dois a um e levou essa vantagem para o intervalo.


Escanteio para o Botafogo no segundo tempo. Foto: The Watcher.

No segundo tempo as duas equipes fizeram um jogo bastante equilibrado, mas sem emoções mais fortes. Nada realmente digno de registro aqui no JP. Final de jogo: Botafogo/RJ 2-1 América/MG. O time do Trem termina a primeira rodada como líder do grupo (!). Quem diria?


Mais uma chance perdida para o Fogão no segundo tempo. Foto: The Watcher.

Foi isso então, os dois primeiros jogos de 2006 aqui no JOGOS PERDIDOS, espero que sejam os primeiros de uma grande série. Fiquem ligados, pois nessa quinta, sábado e domingo tem muito mais!

Excelsior!

Nenhum comentário:

Postar um comentário