Procure no JP

sexta-feira, 27 de janeiro de 2006

Uma Volta ao Passado, volume 7: Clube Náutico de Salto Grande (Salto Grande/SP)

CLUBE NÁUTICO de SALTO GRANDE


Escudo do Clube Náutico de Salto Grande. Fonte: Arquivo Fernando Martinez.

Olá,

No meu primeiro post histórico de 2006 e aproveitando minha estada em Assis por conta das festividades natalinas em 2005, fui até a cidade de Salto Grande que fica a 381 Km da Capital para conhecer um pouco da história e do estádio do Clube Náutico Salto Grande.

Para quem não sabe, a cidade de Salto Grande é conhecida na região pela sua "praia" junto ao rio Paranapanema. Quanto ao clube, que foi fundado em 1964, teve uma única participação em campeonato profissional em 1986 na Terceira Divisão que naquele ano teve participação recorde de 77 times. Nesse campeonato, o Salto Grande não fez boa campanha. A equipe fez parte do Grupo Azul da Terceirona, e na chave o "Náutico" tinha companhia da Santacruzense, Parquinho de Bauru, Palmital, São Paulo de Avaré, Flamengo de Pirajuí, Itararé, Chavantense, Ribeirão do Sul e Pirajú.

A equipe disputou um total de 18 partidas, com apenas três vitórias (3x0 no Piraju, 1x0 no Palmital e 2x0 na Chavantense), três empates e doze derrotas. O time marcou 7 gols e sofreu 16. Nessa chave se classificaram Santacruzense e Parquinho.

Aquele torneio gerou na época muita polêmica em razão da quantidade de clubes e segundo parte da imprensa, pela ausência das condições mínimas da maioria dos clubes além da precariedade de alguns estádios. Essa situação levou o Conselho Nacional de Desporto (CND) presidido pelo Sr. Manoel Tubino a declarar que tal campeonato não teria valor e que não haveria acesso. O campeonato foi concluído e teve como campeão o C.E.R. Descalvadense da cidade de Descalvado, que não foi promovido e nunca mais disputou qualquer campeonato profissional.


Entrada principal do Estádio dos Expedicionários, em Salto Grande. Foto: Orlando Lacanna.


Fachada do Estádio dos Expedicionários, onde joga atualmente o Náutico FC. Foto: Orlando Lacanna.


Vista da arquibancada descoberta do Estádio dos Expedicionários. Foto: Orlando Lacanna.

Quanto ao Clube Náutico, o mesmo foi extinto e atualmente há na cidade o Náutico Futebol Clube, que disputa apenas competições amadoras utilizando o mesmo estádio que era utilizado na Terceira Divisão: o Estádio dos Expedicionários. Esse estádio é bem modesto com capacidade máxima para 1.000 pessoas.


Escudo do Náutico FC, atualmente o único time disputando competições de futebol. Foto: Orlando Lacanna.

Com relação à história do C.N.S.G. não há muitas informações pois o time disputou um único campeonato profissional, sendo montado por políticos da época que trouxeram jogadores de fora apenas para essa competição. Segundo algumas pessoas da cidade, a participação do Náutico foi uma aventura sem muito propósito e não teria havido apoio da população por falta de identificação com o "novo" clube.


Entrada dos vestiários do estádio aonde atualmente o Náutico FC manda seus jogos. Foto: Orlando Lacanna.


Arquibancada coberta do Estádio dos Expedicionários. Foto: Orlando Lacanna.


Visão do "gol da esquerda" do estádio dos Expedicionários. Foto: Orlando Lacanna.

Apesar das poucas informações, valeu a pena conhecer mais uma cidade e mais um estádio. Aproveito para agradecer os Srs. Roque, atual presidente do Náutico F.C., Zamba, ex-jogador, Poloni ex-jogador que disputou o campeonato de 86 e João da "Farmácia" ex-dirigente, pela atenção e informações prestadas ao JP. O Sr. João prometeu nos enviar foto do time posado do campeonato de 86. Estamos aguardando.

Abraços,

Orlando

Um comentário: