Procure no JP

segunda-feira, 30 de janeiro de 2006

Paulista Série A1: São Caetano 2-0 Paulista

Opa,

Continuando com nossa epopéias do último sábado, logo depois do jogo do Tigre do ABC, agora era a vez do Azulão entrar na nossa programação. Eu, o Mílton e o David seguimos correndo até o Estádio Anacleto Campanella, para ver mais um jogo do Paulistão 2006, entre São Caetano e Paulista de Jundiaí. Jogo que valeu pela final de 2004 e que prometia bastante, já que o Paulista era vice-líder e o Azulão terceiro colocado.

Com a bilheteria do portão de trás fechada (absurdo!) e sem lugar para estacionar, demoramos uns bons 15 minutos para entrar no Anacleto, o que custou alguns fios de cabelos brancos no Mílton. Mas depois, mais acalmados, já fomos buscar nosso lugar nas arquibancadas de lá. E qual foi nossa surpresa ao ver a arquibancada atrás do gol de entrada do estádio todinha pintada e ao mesmo tempo INTERDITADA!! Isso mesmo, graças ao enorme número de buracos, eles fecharam o setor.

Mas fica a pergunta: Porque eles pintaram tudo, gastando mais baldes de tinta, se eles vão ter que desmontar tudo para poder consertar os buracos??? Não entendemos o porquê. Se alguém conseguir nos explicar, por favor nos mande um e-mail!


Detalhe da graaande arquibancada do Anacleto, totalmente pintada e fechada aos torcedores e ao lado, o David inconformado com tal situação. Fotos: Fernando Martinez.

Bom, e falando do jogo, conseguimos ver pela segunda vez seguida um bom jogo por lá. O São Caetano está com um time muito, mas muito melhor do que o do ano passado e o Paulista tem um time bem arrumadinho. Mas ficou evidente a maior qualidade do São Caetano, que já no primeiro tempo poderia ter saído na frente do placar, caso não fossem as intervenções do goleiro do time de Jundiaí. O jogo acabou indo para o intervalo em 0-0.


Ataque do Paulista no primeiro tempo da partida contra o São Caetano. Foto: Fernando Martinez.

No segundo tempo, o Azulão voltou ainda melhor e não deu muitos espaços ao Paulista. Aos 12 minutos o São Caetano acabou saindo na frente do placar. Após uma bela cobrança de escanteio do Ânderson Lima, o veteraníssimo Cléber marcou de cabeça, aproveitando a falha do goleiro jundiaiense e fez 1-0 no placar. Com o gol, o Paulista se perdeu e o São Caetano foi à frente e poderia ter marcado uma goleada.


Lance do primeiro gol do Azulão: Notem o goleiro do Paulista no meio do caminho, deixando o gol livre para o Cléber marcar o seu. Foto: Fernando Martinez.


Lance do segundo gol do São Caetano, feito pelo Messias do ABC, Somália. Foto: Fernando Martinez.

Aí apareceu o jogador Somália, que foi quase comido vivo pela torcida local. Depois de perder dois gols absurdos, os quais até meu avô de 86 anos faria, ele finalmente marcou o seu aos 40 minutos, selando mais uma vitória do São Caetano no Paulistão. Final de jogo: São Caetano 2-0 Paulista.

Esse time vai longe, e com certeza não vai fazer feio no Paulista e nem no Brasileiro. Esperamos uma boa campanha do time do ABC já que nos interessa bastante muitos campeonatos por lá, devido á facilidade de acesso e tranquilidade nas arquibancadas...

Depois vem o post com mais um sofrimento na Javari.

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário