Procure no JP

quarta-feira, 11 de janeiro de 2006

Copa São Paulo: Boa Vontade 5-2 São Mateus _ Nacional 1-0 Coritiba

Bom dia,

Ontem, eu, The Watcher, acompanhei mais uma rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A minha presença foi necessária na Rua Comendador Souza, via Estádio Nicolau Alayon, num dos clássicos maiores do futebol tupiniquim: acompanhei o jogo entre Boa Vontade/MA e São Mateus/ES. Pena que os demais membros do Clube não tenham aparecido pelos seus compromissos profissionais, e só o Emerson e o Victor tenham marcado presença.

Os dois times eram times já bastante conhecidos por nós, mas só o Mílton teve a chance de ver o time maranhense, no distante 1990. Nunca mais achávamos que teríamos mais uma chance de ver um jogo dessa lenda do futebol nacional. Mas como nunca podemos dizer nunca, ontem foi o dia, e mais uma vez, conseguimos adentrar o gramado do Nicolau Alayon para tirar as fotos históricas e exclusivas dos times posados:


EC Boa Vontade (sub-20) - São Luís/MA. Foto: The Watcher.


CERAA São Mateus (sub-20) - São Mateus/ES. Foto: The Watcher.


Trio de arbitragem juntamente com os capitães das equipes. Foto: The Watcher.

Num primeiro momento, achamos que o jogo seria dominado completamente pela equipe capixaba. Nos quinze primeiros minutos só deu São Mateus no ataque, e o Boa Vontade se limitava a assistir a partida. Graças a esse domínio o time capixaba não demorou e marcou o seu primeiro gol, registrando seu domínio na partida. Mas aí um dos jogadores do São Mateus fez uma bobeira e jogou o trabalho da sua equipe no lixo. Numa jogada boba na lateral do campo, deu um carrinho criminoso num atleta maranhense e acabou expulso. Foi a injeção de ânimo que o time do Boa Vontade precisava pra acordar no jogo.


Ataque do São Mateus no primeiro tempo da partida contra o Boa Vontade. Foto: The Watcher.

Aos poucos, o time foi se soltando e passou a levar bastante perigo ao gol do São Mateus. Mas a marcação do seu primeiro tento e gol de empate, só veio no finalzinho da primeira etapa. O jogo acabou indo para o intervalo empatado em 1 a 1. Na segunda etapa, o time maranhense continuou a dominar a partida, não deixando espaços para os capixabas. Logo aos cinco minutos foi premiado com o gol da virada. Depois de um escanteio da direita, a bola foi escorada e o jogador Ricardo (o mesmo que tinha feito o 1º gol) virou o jogo.


Lance do segundo gol do time do Boa Vontade, que virava a partida aos 5 minutos do segundo tempo. Foto: The Watcher.

Sem muito tempo para comemorar, o São Mateus acabou tendo a chance do empate quatro minutos depois, na cobrança de um penal. Pênalti cobrado e jogo empatado de novo. Esse foi apenas o primeiro de uma série de penais marcados na partida. Aos quinze minutos, o Boa Vontade passou novamente à frente do placar também num pênalti. Até o final do jogo, e com mais domínio de bola pelo ECBV, mais dois pênaltis foram cobrados pelo Boa Vontade e os dois aproveitados.





Vários pênaltis em sequência movimentando o marcador na Comendador Souza. Na primeira foto o empate do São Mateus e nas imagens seguintes, o terceiro, quarto e quinto gol dos maranhenses. Fotos: The Watcher.

O resultado não influiu em nada para classificação, mas o time maranhense fez uma bonita festa no gramado do Nacional AC. Já devidamente com os times na Lista, agora era a vez de acompanhar a decisão da vaga na segunda fase do grupo. O jogo foi entre Nacional e Coritiba. O time paranaense poderia perder até por 3 gols que garantiria o primeiro lugar. O Naça tinha que vencer a todo custo, se menos de três gols, teria que ainda lutar pela vaga no critério técnico.

Ah, seguem mais uma vez as fotos dos times:


Nacional AC (sub-20) - São Paulo/SP. Foto: The Watcher.


Coritiba FC (sub-20) - Curitiba/PR. Foto: The Watcher.


Trio de arbitragem com os capitães das equipes. Foto: The Watcher.

Com o Nacional precisando da vitória, ele foi ao ataque desde o começo, mas sem muita objetividade. Nisso, deixava muitos espaços na zaga e o Coritiba soube bem aproveitar esses espaços gerando boas chances. Mas com um jogo mais truncado, e sem chances mais objetivas até o final do primeiro tempo, o placar de 0 a 0 no intervalo foi justíssimo.


Disputa de bola no ataque do Coritiba, ainda no primeiro tempo da partida. Foto: The Watcher.


Ataque do time ferroviário. Foto: The Watcher. [140610]

No segundo tempo caiu um dilúvio na Comendador Souza, e a chuva trouxe a todos nós um jogo melhor do que o que tinhamos visto no primeiro tempo. O Nacional foi com tudo ao ataque, levando perigo ao gol paranaense. Mas a melhor chance até então foi o time do Coritiba. Num pênalti bem marcado, o time do Paraná chutou na trave e desperdiçou a chance de sair na frente do placar.


Ataque do Nacional, que tentava a vitória a qualquer modo, na segunda etapa. Foto: The Watcher.

Desesperado, o Nacional viu que poderia ter melhor sorte e dominou o jogo por completo. Mas seu ataque jogava de uma forma afobada demais, e as (boas) chances criadas eram desperdiçadas. Mas quando todos achavam que o jogo ficaria naquilo mesmo, o Nacional acordou. Numa boa jogada pela direita, e depois de uma bola que o zagueiro tirou em cima da linha, o jogador Gabriel finalmente abriu o placar para o time da casa. Final de jogo Nacional 1-0 Coritiba. Mas o esforço foi em vão, pois o Naça caiu fora da Copinha por ter um saldo de 0 gols.

Mas curti a tarde e depois foi voltar para o meu apê numa das zonas mais perdidas de São Paulo. Em breve aparecerei com mais pérolas de Jogos Perdidos por aqui.

Excelsior!!!

The Watcher

Nenhum comentário:

Postar um comentário