Procure no JP

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Santos vence a segunda na Copa São Paulo 2012

Opa,

A segunda rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2012 terminou no domingo, e mais uma vez o JP se fez presente. Mesmo capengando de cansaço após a epopeia do sábado, arranjei coragem e segui até a cidade de Limeira, sede dos jogos do Grupo Q da competição. Fiz a viagem para incluir na Lista mais um time novo na Lista, o raro ASSU/RN. O adversário da equipe potiguar foi o Santos.

A viagem foi feita de ônibus, que saiu lotado do Terminal Tietê, junto com o Renato Rocha, que foi definitivamente "contaminado" pelo vício dos jogos perdidos. Chegamos na cidade antes do horário programado e com tempo de sobra para fazer os famosos contatos com o pessoal dos times.

Contando com a preciosa ajuda do pessoal da FPF, as equipes fizeram a formação oficial para as lentes dos fotógrafos que aguardavam na beira do gramado do Estádio Major José Levi Sobrinho.


Associação Sportiva Sociedade Unida (sub-18) - Assu/RN. Foto: Fernando Martinez.


Santos FC (sub-18) - Santos/SP. Foto: Fernando Martinez.

Logo quando o Camaleão entrou em campo, o destaque foi a presença do goleiro Thalison, que tem apenas 1,61. Pelo lado do Santos, a imprensa declarava que o atacante camisa 20 Victor Andrade era a figura a ser vista. Com uma multa rescisória de "apenas" 50 milhões de euros, o jogador é considerado "o novo Robinho".


Disputa dentro da área do ASSU. Foto: Fernando Martinez.


Ataque santista pelo alto no começo do jogo. Foto: Fernando Martinez.

Mas se formos levar em conta os dois primeiros jogos do alvinegro na Copinha, vemos que a verdadeira estrela da equipe é o camisa 11 Neílton. Logo no primeiro minuto ele aproveitou cruzamento da esquerda e colocou o Santos em vantagem no marcador. Sem tempo para surpresas, o segundo aconteceu aos 6, e foi marcado pelo camisa 7 Leandrinho.


Zaga potiguar fazendo o desarme de forma precisa. Foto: Fernando Martinez.

A "joia" santista não acertava nenhum passe e matava todas as investidas ofensivas. Enquanto isso, Neílton infernizava a zaga potiguar tanto pela direita quanto pela esquerda, deixando o setor defensivo do ASSU tonto. E foi o próprio camisa 11 quem marcou o terceiro, após contra-ataque rápido e um toque de leve por cobertura. Thalison ainda tocou na bola, mas não conseguiu impedir que a pelota fosse morrer calmamente no fundo das redes.


Capitão santista pronto para alçar a pelota dentro da área do ASSU. Foto: Fernando Martinez.

O jogo era um ataque contra defesa, mas o placar só foi alterado novamente nos acréscimos, quando Jubai aproveitou rebote do goleiro e chutou forte para levar o jogo em 4x0 para o intervalo.


Bicicleta santista que acabou não funcionando no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

O segundo tempo chegou com o Santos jogando ainda mais no ataque, mas sem conseguir ampliar. O goleiro Thalison mostrava um bom trabalho, se transformando de longe no destaque do ASSU. Aos 18 Jubai finalmente marcou o quinto em toque certeiro de cabeça. Aos 28 poderia ter acontecido o sexto gol, mas o arqueiro potiguar fez brilhante defesa em cobrança de pênalti de Gustavo.


Detalhe do quinto gol santista, em toque de cabeça de Jubai. Foto: Fernando Martinez.


Brilhante defesa de pênalti do goleiro do ASSU Thalison. Foto: Fernando Martinez.

Nesse meio tempo, vale destacar a "manha" de Victor Andrade quando foi substituído, ainda aos 18 minutos. O camisa 20 reclamou bastante no banco de reservas. Só que o o atleta precisa aprender ainda muito sobre o que é ser jogador de futebol de verdade, e prefiro atribuir as fracas atuações até aqui em virtude da pouca idade. Vamos dar tempo ao tempo.


Visão geral do Limeirão com grande público para o jogo do Santos. Foto: Fernando Martinez.

Quando a partida parecia que terminaria assim, o Santos fechou a goleada no apagar das luzes, em gol de Pedro Castro. Sem nenhuma dificuldade, o resultado final ficou em ASSU 0-6 Santos. Com seis pontos e nove gols de saldo, o time praiano está praticamente garantido na segunda fase, mesmo que perca o último jogo para a Inter de Limeira.

Mas o dia ainda não tinha terminado, e o jogo de fundo colocou em campo os donos da casa.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário