Procure no JP

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Juventus goleia a Desportiva na estreia do Grupo M da Copinha

Fala, pessoal!

O segundo dia de jogos válidos pela 43ª Copa São Paulo de Futebol Júnior, e também segundo dia de coberturas do JP na competição, nos reservou uma rodada dupla válida pelo Grupo M. O palco das duas partidas foi o Estádio Alfredo Chiavegatto, também conhecido como Estádio Municipal de Jaguariúna.

Acordamos cedo depois de uma noite daqueles bem mal dormidas e logo fomos nos abastecer com um belo café da manhã. Tivemos a companhia do amigo Chico, câmera gente finíssima da Rede Vida que também trabalhou no jogo do Flamengo e que fez uma parada no mesmo hotel que nós. Batemos uma xepa de primeira e dali saímos com destino a Jaguariúna.

Por estarmos com o tempo contado, resolvemos pegar uma estrada vicinal saindo de Limeira, que passava pela cidade de Artur Nogueira antes de chegar na Rodovia Adhemar de Barros, nosso destino final. Mas o seu Natal resolveu parar várias vezes durante o caminho para fazer fotos no meio do mato. Numa dessas paradas, descobrimos um elo perdido entre 2012 e algum ano na década de 40 do século passado. O "Bar do Tim" e suas antigas instalações foram destaque dessa viagem, já que sempre adoramos encontrar construções antigas por aí.


Detalhe do Bar do Tim, perdido numa estrada vicinal perto da cidade de Artur Nogueira. Foto: Fernando Martinez.

Graças a essas várias paradas, chegamos em Jaguariúna muito em cima da hora para o primeiro jogo do dia, o clássico grená entre Juventus e Desportiva Capixaba, equipe que tinha visto apenas uma vez, num dos dias em que mais passei calor da minha vida (uma rodada dupla em Barueri, no antigo Orlando Baptista Novelli em 2003).

De novo na base da sorte, consegui driblar todos os percalços que apareceram e entrei no gramado do estádio com o Hino Nacional Brasileiro tocando alto nos alto-falantes. Consegui as exclusivas fotos das duas equipes no soar do gongo final. Ufa!


CA Juventus (sub-18) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Desportiva Capixaba S/A (sub-18) - Cariacica/ES. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem da peleja. Foto: Fernando Martinez.

Vimos alguns jogos do Moleque Travesso em dezembro, válidos pela Copa Ouro e pela Copa São Roque, e sentimos que a equipe paulistana poderia mostrar um bom futebol nessa atual edição da Copinha. Mas estrear num torneio grande como esse, ainda mais com um adversário de qualidade desconhecida, é sempre algo bastante complicado.

Fazendo as fotos senti que o principal adversário das duas equipes seria o fortíssimo calor. E outra, começar um jogo em pleno sol de meio-dia num mês de janeiro (sem contar o horário de verão) é de uma crueldade absoluta. Não deu nem 10 minutos para que se vissem atletas derretendo no gramado.


Primeiro gol do Juventus, marcado aos 15 do primeiro tempo por Pedro Rossi. Foto: Fernando Martinez.

Nesse panorama não tivemos uma partida bastante movimentada. O Juventus mostrou sua melhor qualidade técnica desde os primeiros minutos. Aos 15, a equipe paulistana chegou ao primeiro gol em cobrança de pênalti convertida pelo jogador Pedro Rossi. Durante os minutos restantes da etapa inicial, poucas oportunidades de gol foram criadas dos dois lados. O intervalo chegou com a vantagem mínima para o time mooquense.


Boa oportunidade para o onze paulistano. Foto: Fernando Martinez.


Outro ataque do Moleque Travesso na etapa inicial. Foto: Fernando Martinez.

Nesse intervalo, aproveitei para me abastecer com muita água, pois mesmo estando na sombra das cabines de imprensa, o calor era absurdo. Muitos litros do precioso líquido depois, o segundo tempo recomeçou igual ao primeiro. O ritmo era lento, com o Juventus buscando mais o gol, e a Desportiva se limitando a permanecer na defesa.


Dois destaques da rodada dupla em Jaguariúna: O carrinho-maca conversível, que vi pela primeira vez num estádio, e a bela médica local, que fez sucesso com 9 entre 10 homens presentes por lá. Fotos: Fernando Martinez.


Escanteio para a Desportiva no tempo final. Foto: Fernando Martinez.

Aos 12 minutos o jogador Tauan marcou o segundo gol para os paulistas. E foi um golaço, pois ele deu um drible seco no zagueiro dentro da área e tocou forte no canto direito do goleiro. Mas após isso não vimos mais enormes emoções no gramado de Jaguariúna, e o jogo foi chegando ao seu final com a quase certeza que o placar não seria mais alterado.


Bola alçada na área paulistana. Foto: Fernando Martinez.

Mas o Juventus resolveu acordar da letargia provocada pelo calor e marcou quatro gols nos últimos seis minutos da peleja. A zaga da Desportiva ficou zonza e sem entender nada do que estava acontecendo. O placar foi ampliado aos 40, 42, 43 e 46 minutos. Os jogadores que marcaram respectivamente foram Douglas, Ataíde, novamente Douglas e numa cobrança de pênalti, Alan.


Alan marcando o sexto e último gol juventino no jogo contra a Desportiva. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Juventus 6-0 Desportiva. A grande goleada serviu para mostrar que o Juventus pode garantir uma vaga na segunda fase da Copinha mesmo jogando num grupo contra o poderoso Corinthians. Corinthians que foi protagonista de um jogos mais geniais dos últimos tempos que tive o prazer de acompanhar, e que virá aqui no JP em breve!

Até lá!

Fernando

3 comentários:

  1. Pooxa, não tem foto do jogador que eu queriia !! como fica ??

    ResponderExcluir
  2. esse bar foi senario do filme o palhaço com selton mello
    gravado em 2011, orgulho nogueirense!!!!!!!!.

    ResponderExcluir