Procure no JP

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Fluminense goleia o Grêmio e está entre os 8 melhores da Copinha

Opa,

Nessa última quarta-feira visitei pela primeira vez em 2012 o Estádio Nicolau Alayon, casa do Nacional e que com certeza aparecerá várias vezes aqui no JP ao longo desse ano. Foi marcado ali um jogo válido pelas quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2012, o duelo tricolor entre Grêmio e Fluminense.

Ao chegar na casa nacionalina, logo vi que seria uma peleja com a presença de grande público, a maioria torcendo para o Tricolor das Laranjeiras. Ao entrar no campo de jogo, encontrei vários amigos da FPF e também do clube local, caso do amigo Miguel. Depois dos cumprimentos de sempre, aproveitei para fazer as fotos posadas das duas agremiações:


Grêmio FBPA (sub-18) - Porto Alegre/RS. Foto: Fernando Martinez.


Fluminense FC (sub-18) - Rio de Janeiro/RJ. Foto: Fernando Martinez.

A primeira fase terminou com derrotas, tanto do Grêmio, quanto do Fluminense (respectivamente para Grêmio Osasco e Olé Brasil), mas na segunda fase foram duas vitórias contra adversários encardidos (Juventus e Bahia). Já tinha acompanhado jogos dos dois pela TV, e considerava o Flu favorito. Saí do campo e fui acompanhar na lateral o ataque do onze carioca junto dos amigos seu Natal, Victor, Renato e Sérgio.


Bom ataque do Flu no começo do jogo contra o Grêmio. Foto: Fernando Martinez.

Logo aos 3 minutos o Fluminense mostrou seu cartão de visitas com um bonito gol de Marcos Junior. Ele recebeu bom passe na entrada da área e, mesmo com marcação forte da zaga gremista, invadiu a área e chutou por baio, sem chances para o goleiro Tiago.


Atleta fluminense carregando a bola sob forte marcação gremista. Foto: Fernando Martinez.

O Flu seguiu melhor, sem dar chances para o time do Sul. A equipe dos pampas buscava formas de encaixar um bom ataque, mas não tinha sucesso na tentativa. Num dos primeiros ataques gremistas, o empate acabou acontecendo. Mas quem marcou foi o Léo Lellis, zagueiro fluminense, que tentou cortar cruzamento da esquerda e colocou a bola dentro das próprias redes.


Perigosa cobrança de falta para o Grêmio. Foto: Fernando Martinez.

Enquanto éramos acossados por insuportáveis mosquitos, o jogo seguia com o Fluminense melhor, mas sem conseguir transformar esse ímpeto ofensivo em mais gols. O intervalo chegou junto com uma forte chuva e também com o marcador apontando o empate em 1x1. Fomos então nos abrigar na parte coberta do Nicolau Alayon, que estava completamente lotada. Ali também encontramos o Álvaro, torcedor luso-nacionalino.


Camisa 2 do Grêmio chutando pelo alto a chance do segundo gol. Foto: Fernando Martinez.


Atletas apostando corrida no campo defensivo do tricolor dos pampas. Foto: Fernando Martinez.

O segundo tempo então veio com o Fluminense disposto a resolver de vez a partida. Mostrando grande qualidade no ataque, a equipe do Rio de Janeiro encurralou o Grêmio no seu campo defensivo e resolveu a peleja em apenas 11 minutos. Com gols aos 5, 7 e 16 minutos, o Flu marcou 4x1 e definiu a classificação. Maicon, Higor e Ronan foram os marcadores. Vale registrar que o último gol foi o mais bonito da tarde, pois Ronan acertou um tirambaço numa bola divida com a zaga que acabou encobrindo o arqueiro gremista.


Lance do quarto gol do Fluminense na partida, o mais bonito da tarde no Nacional. Foto: Fernando Martinez.

O restante do tempo final foi com o Flu administrando o resultado obtido, enquanto o Grêmio mostrava uma morosidade assustadora. Em nenhum momento a equipe de Porto Alegre mostrou futebol para ao menos assustar de leve os cariocas. Tirando alguns chutes sem direção, não mostraram nenhuma competitividade. Já o time das Laranjeiras perdeu ótimas chances de fazer o marcador ficar ainda mais dilatado em rápidos contra-ataques.


O Grêmio não conseguiu mostrar bom futebol no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.


Ataque perigoso do Flu pela esquerda. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Grêmio 1-4 Fluminense. A goleada colocou o time carioca, segundo maior vencedor da Copinhas com seus cinco títulos, nas quartas de final, aonde enfrenta o forte Desportivo Brasil, que eliminou o Santos. Esse jogo será disputado na cidade de São Carlos na noite de sexta-feira.

Enquanto o Renato partiu da Comendador Souza até o Pacaembu, aonde foi conferir o amistoso entre Corinthians e Portuguesa debaixo de chuva, o resto do pessoal seguiu para suas respectivas residências; Nessa sexta rola mais cobertura JP na Copinha, com outro jogo no Nicolau Alayon.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário