Procure no JP

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

América Mineiro vence São Bernardo e avança na Copinha

Olá,

Depois de um período ausente dos gramados, no último sábado, retornei às atividades futebolísticas, sendo que logo pela manhã, segui até a vizinha cidade de São Bernardo do Campo, indo até o Estádio Humberto de Alencar Castelo Branco, mais conhecido como Baetão, local da realização da partida América F.C. x São Bernardo F.C. Ltda, valendo pela segunda fase da 43ª Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Essa partida colocou frente à frente o 1º colocado do Grupo K da primeira fase, o América Mineiro, contra o 1º colocado do Grupo L, que foi o time paulista do São Bernardo. Ambos vinham de campanhas regulares, apesar de terem chegado à liderança, pois conquistaram apenas 6 e 5 pontos respectivamente.

Chegando ao meu destino, fui direto para gramado e lá aguardei a entrada das equipes e dos árbitros para fazer as fotos oficiais da partida, sempre uma cortesia do JP aos nosso amigos internautas. As fotos estão apresentadas abaixo:


América F.C. (Sub-18) - Belo Horizonte/MG. Foto: Orlando Lacanna.


São Bernardo F.C.L. (Sub-18) - São Bernardo do Campo/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de árbitros comandado por Edson Reis Pavani Júnior, seus assistentes Claudemir Donizeti Gonçalves da Silva e Alexandre Basílio Vasconcellos, além do 4º árbitro João Marcos Giovanelli, ao lado dos capitães. Foto: Orlando Lacanna.

O jogo começou com boa movimentação, com o São Bernardo tomando a iniciativa de ir ataque, tanto que, logo aos 4 minutos, o camisa 4 Jeferson criou o primeiro bom momento, exigindo boa defesa do goleiro Pedro. Um minuto após, o América respondeu pelo lado esquerdo, num bom arremate de Luís Felipe, obrigando o goleiro paulista Luiz Daniel, também praticar boa defesa. A partida prometia.


Bola cruzada na área mineira no início da partida. Foto: Orlando Lacanna.

Ao longo da primeira etapa, até a marca dos 30 minutos, o time paulista foi o dono do jogo, dominando as ações e criando boas chances, como ocorreu na marca dos 14 minutos, quando o camisa 8 Alex, deu uma limpada no zagueiro e tocou com categoria, porém para sua infelicidade, a bola tocou no travessão e saiu pela linha de fundo. Aos 25 minutos, foi a vez do camisa 23 Hércules quase inaugurar o placar para os paulistas, mas o goleiro mineiro apareceu bem e acabou com o perigo.


Zaga americana saindo jogando após mais um ataque do São Bernardo. Foto: Orlando Lacanna.

Depois do trigésimo minuto, o panorama do jogo mudou radicalmente, uma vez que o América, em duas ótimas escapadas, mandou a bola para o fundo da rede paulista, aos 34 e 35 minutos, através do camisa 10 Renato, numa cabeçada precisa e pelo camisa 8 Júnior Lemos, que desviou cruzamento rasteiro vindo da esquerda.


Cabeçada que resultou no gol inaugural do América. Foto: Orlando Lacanna.


Agora o 2º gol mineiro, um minuto após a abertura do placar. Foto: Orlando Lacanna.

O São Bernardo sentiu o baque, mas não desanimou e foi à luta, chegando próximo a diminuir a diferença através de Hércules, aos 40 minutos, porém, mais uma vez, o goleiro mineiro Pedro se fez presente. Nos acréscimos, o "Coelho" esteve bem perto de aumentar a vantagem, mas, dessa vez, o arremate de Renato foi pela linha de fundo, tirando tinta do poste direito da meta paulista. Como as oportunidades não foram aproveitadas, a primeira etapa foi encerrada com a vantagem mineira por 2 x 0, restando mais 45 minutos para o time do ABC tentar tirar a diferença.

A segunda etapa começou num ritmo alucinante, pois logo aos 30 segundos, o camisa 11 do América, Assis, só não anotou o terceiro gol, por conta de uma defesa sensacional do goleiro Luiz Daniel. Segundos depois, o "Tigre do ABC", através do camisa 9 Henrique Soares, chegou ao primeiro gol, enchendo de esperança a torcida local que se fazia presente em bom número.


Defesa do goleiro Pedro do América evitando o empate paulista. Foto: Orlando Lacanna.

Tendo diminuído a diferença, o São Bernardo foi com tudo ao ataque, mas não encontrou moleza, uma vez que o setor defensivo mineiro estava muito bem postado e dificultava as ações ofensivas do time paulista. Entretanto, aos 20 minutos, o atacante Hércules perdeu a maior chance de igualar o placar, mandando por cima do travessão, uma bola recebida próxima a pequena área e sem goleiro. Foi um lance inacreditável, que poderia fazer parte do "impossível acontece". Apesar do domínio territorial do São Bernardo, o América quando descia ao ataque, o fazia com perigo, exigindo atenção da zaga paulista.


Bola cruzada na área do São Bernardo, com uma placa de publicidade dentro do campo de jogo. Foto: Orlando Lacanna.

O tempo passava rapidamente e os atletas do São Bernardo começavam a demonstrar um certo nervosismo, sendo que isso dificultava ainda mais encaixar uma jogada que resultasse no gol de igualdade, por conta da precipitação na hora da conclusão.


Início de ataque do São Bernardo junto à lateral. Foto: Orlando Lacanna.


Zaga americana afastando cruzamento, com o ótimo público ao fundo. Foto: Orlando Lacanna.

A partida se aproximava do final e, na marca dos 49 minutos, o camisa 11 do São Bernardo, André Vieira, teve tudo para empatar e levar a decisão para a cobrança de pênaltis, mas acabou não pegando bem na bola e permitiu ao goleiro fazer a defesa. Logo em seguida o árbitro encerrou o jogo, com o placar mostrando América/MG 2 - 1 São Bernardo, resultado que permite ao time mineiro seguir na competição, participando das oitavas de final, quando enfrentará o Red Bull Brasil, que eliminou o São Carlos.

Fim de partida e retorno imediato a São Paulo, marcando presença na sensacional Esfiharia Juventus para um delicioso almoço à base de comida árabe. Foi isso.

Abraços,

Orlando

3 comentários:

  1. O América teve apenas 6 pontos na primeira fase porque escalou os reservas na 3a rodada (e perdeu o jogo), já havia assegurado a primeira posição do grupo por antecipação.

    ResponderExcluir
  2. Esfiharia Juventus na Viscode de Laguna com Javari? Opa! Excelente pedida! Pena q não me lembrei disso sábado!

    Até aqui o América tem sido EFICAZ. Suporta a pressão inicial, estuda o jogo... e dá o bote... ou... O PULO!

    ResponderExcluir
  3. Muito boa e imparcial a matéria. O América realmente foi dominado, mas soube mais uma vez, vencer com inteligencia e astúcia do técnico Milagres!

    ResponderExcluir