Procure no JP

sexta-feira, 5 de março de 2010

Pão de Açúcar vence o Osvaldo Cruz e se consolida na vice-liderança da A2

Opa,

Na quarta-feira passada tive a chance de fazer mais uma rodada dupla esperta pelas divisões de acesso de São Paulo. O dia começou no Estádio Conde Rodolfo Crespi, a Rua Javari, para um jogo do Campeonato Paulista da Série A2. E tomando emprestado o templo grená pela 26ª vez em sua história, o Pão de Açúcar EC entrou em campo para jogar contra o Osvaldo Cruz, pela 13ª rodada da competição.

Tempo bom, clima mais do que agradável e condução funcionando dentro dos conformes... essa conjunção de fatores me fez chegar precisamente na hora na Javari, e as fotos exclusivas seguem em anexo:


Pão de Açúcar EC - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Osvaldo Cruz FC - Osvaldo Cruz/SP. Foto: Fernando Martinez.


O árbitro Jose Claudio Rocha Filho, os auxiliares Daniel Lopes Neto e Juliano Rogério Vecchio e o quarto árbitro Ageu Lima da Cunha posando de forma exclusiva para o JP. Foto: Fernando Martinez.

Na partida anterior disputada nos seus domínios, o Pão de Açúcar foi surpreendido pelo União Barbarense, sofrendo uma inesperada derrota por 2x1 - em tempo, essa foi a primeira derrota do PAEC na Rua Javari para algum time do interior paulista na história - que deixou o time um pouco mais longe da liderança da Série A2. Jogando contra uma equipe da zona de rebaixamento, a equipe dos super-mercados prometia ir para cima desde o começo. O Osvaldo Cruz porém precisava urgentemente dos três pontos, pois a equipe, que foi promovida de volta à A2 em 2010, não quer voltar tão cedo para o terceiro escalão paulista.


Falta perigosa para o Osvaldo Cruz. Foto: Fernando Martinez.

Junto comigo, a dupla dinâmica David/seu Natal também estiveram no templo grená para acompanhar a peleja. Foi só eu sair do campo para a chuva começar, e isso fez com que ficássemos nas numeradas do estádio. E o PAEC começou o jogo bastante animado e disposto a espantar qualquer tipo de zebra dali. Mesmo sofrendo ameaças ofensivas do Osvaldo Cruz, o time amarelo chegou ao seu gol aos 15 minutos de partida através do jogador Valdo em bela cobrança de falta, contando ainda com uma falha do goleiro Tiago Gaúcho.


Boa chance para o PAEC em bola lançada dentro da área. Foto: Fernando Martinez.


A melhor chance para os donos da casa marcarem o segundo gol no primeiro tempo foi aqui, em bela cobrança de escanteio da direita não aproveitada. Foto: Fernando Martinez.

Durante o restante do primeiro tempo, o Osvaldo Cruz se lançou mais ainda ao ataque e assustou o goleiro Cairo, do PAEC. O time amarelo chegou apenas mais uma vez com grande perigo em cobrança de escanteio da direita. O jogo seguiu sem tantas chances claras de gol e a partida chegou ao seu intervalo com a vantagem mínima para a equipe paulistana.


Começo de ataque para o onze paulistano no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

O segundo tempo então veio com uma chuva mais forte por lá, e com ela o Osvaldo Cruz se mostrou muito mais perigoso do que os donos da casa. A equipe interiorana pressionou bastante o gol defendido pelo arqueiro Cairo em busca do empate, e reclamou bastante o que seria uma penalidade máxima não marcada pelo árbitro em bom ataque de Cesinha. A equipe do Azulão ainda teve uma bola na trave em bela cobrança de falta, mas o gol mesmo que era bom não veio.


Agora a vez do Osvaldo Cruz engatar mais um ataque. Foto: Fernando Martinez.

E para jogar um balde de água fria no Osvaldo Cruz, o Pão de Açúcar aproveitou um rápido contra-ataque aos 26 minutos dessa segunda etapa e marcou o segundo gol do dia. O atacante Juca recebeu bom cruzamento da esquerda e tocou para praticamente consolidar a vitória do PAEC na partida. O Azulão tentou ao menos fazer seu gol de honra nos minutos restantes, mas o dia não era mesmo do onze interiorano.


Falta para os donos da casa na segunda etapa. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Pão de Açúcar 2-0 Osvaldo Cruz. A vitória consolidou a equipe paulistana na segunda colocação da Série A2, faltando apenas seis jogos para o final da primeira fase do torneio. O Osvaldo Cruz permaneceu com seus 11 pontos na 18ª colocação, e precisa de um melhor futebol para que consiga sair dessa incômoda situação.

Após esse jogo a minha programação original era seguir para o Canindé ou ir para casa, mas o seu Natal se animou e fomos curtir mais um joguinho na agradável noite de quarta-feira.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário