Procure no JP

segunda-feira, 29 de março de 2010

Ótima vitória do Comercial na Rua Javari pela Série A3

Fala pessoal!

Tivemos um final-de-semana cheio de bons jogos aqui no JOGOS PERDIDOS. A rodada começou sábado cedo, com um jogo muito importante válido pela 16ª rodada do Campeonato Paulista da Série A3 na pauta. Indo mais uma vez no Estádio Conde Rodolfo Crespi, a Rua Javari, o Juventus enfrentaria o ótimo e perigoso time do Comercial de Ribeirão Preto em busca de uma vitória, após uma sequência de quatro empates.

Chegar cedo foi sossegado, já que meu relógio biológico na última semana entrou num esquema parecido com os velhinhos que vão dormir 10 da noite para acordar às 5 da manhã e passear na praça. Provavelmente a falta de emprego "normal" faz isso com as pessoas... mas de qualquer forma, estava na Javari cerca de 40 minutos antes do apito inicial, e graças a isso as fotos foram fáceis de se arranjar... ah, e novamente exclusivas.


CA Juventus - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Comercial FC - Ribeirão Preto/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Capitães dos times posando para o JP junto com o árbitro Wander Escardine e os auxiliares Matheus Camolesi e Adriana de Almeida Silva. Foto: Fernando Martinez. 

Tive uma belíssima impressão do onze comercialino no jogo que contra o Palmeiras B na semana passada. Tive a impressão clara após ver a vitória comercialina por 2x0 que se o Juventus não jogasse muito mais do que jogou contra XV de Jaú e Penapolense, o time paulistano teria problemas sérios contra o Leão do Norte. A equipe de Ribeirão Preto, antes desse jogo de sábado, estava invicta desde 10 de fevereiro, num total de 12 partidas sem perder.


Jogadores de Juventus e Comercial desfilando pelo gramado grená. Foto: Fernando Martinez. 


Chegada do time paulistano pela esquerda do seu ataque. Foto: Fernando Martinez. 

Resolvi então acompanhar o ataque grená no primeiro tempo, mas o Juventus esteve longe de fazer um bom jogo. O time até tentou impor um ritmo mais ofensivo nos primeiros momentos da peleja, mas aos poucos o Comercial foi equilibrando as ações e, a partir dos 20 minutos, as melhores chances da partida eram do time visitante. O Bafo quase fez o primeiro em chute que tirou tinta da trave esquerda, enquanto o time da casa teve apenas um bom momento de perigo num cruzamento da direita que foi bater na trave do goleiro comercialino.


Chance do Juventus pelo alto que não levou muito perigo ao gol do Bafo. Foto: Fernando Martinez. 


Jogador comercialino levitando no gramado da Javari. Foto: Fernando Martinez. 

E a maior chance do jogo até então veio aos 35 minutos, numa sequência de três ótimas oportunidades para o Comercial. Uma delas foi desviada por um zagueiro grená, enquanto as outras duas foram brilhantemente defendidas pelo arqueiro Gustavo. Mas depois de brilhar nesses momentos, o mesmo Gustavo acabou falhando aos 44 minutos. Depois de bola alçada para o ataque do alvinegro, a pelota quicou na frente do arqueiro juventino, que perdeu o tempo da bola e viu o jogador Thiago Vieira tocar de cabeça, só tirando do arqueiro e deixando os visitantes na frente do marcador.


Mais uma chance pelo alto, agora interceptada pela zaga do Comercial. Foto: Fernando Martinez. 

No intervalo fui beber muita água pois o calor era intenso na Javari. Para a segunda etapa resolvi ficar nas numeradas, pois a sombra dali era altamente convidativa. O problema mesmo foi que o segundo tempo foi abaixo da crítica, e não perdi nada por não ficar dentro do campo de jogo. O Juventus voltou parecendo que tinha abocanhado uma feijuca no vestiário e não conseguiu assustar a defesa comercialina. O time teve duas boas chances, a principal delas numa cabeçada do jogador Wesley, que encontrou a trave direita do goleiro. Muito pouco para uma equipe que precisava urgentemente dos três pontos.


Mais uma chegada pelo alto do time da casa, ainda no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez. 

Depois da tola expulsão do jogador Egon, o Juventus se entregou de vez. O Comercial então viu que o bicho não era tão feio e começou a colocar as manguinhas de fora, criando mais e mais chances para ampliar o marcador. O segundo gol veio aos 35 minutos, num chute fraco do atacante João Paulo que pegou o goleiro Gustavo no contra-pé. A torcida desanimada começou a ir embora do estádio, e na base do "bumba-meu-boi" o Juventus ainda fez o seu gol de honra aos 45 minutos, numa falta cobrada por Bruno, mas o dia não era mesmo do Moleque Travesso.


Um dos poucos momentos de lucidez do ataque juventino no segundo tempo de partida. Foto: Fernando Martinez. 

Final de jogo: Juventus 1-2 Comercial. O Bafo agora é vice-líder do torneio e, para mim, é candidato certo a uma vaga na Série A2 de 2011. Considero o time inclusive um dos favoritos para o título da A3, pois é a melhor equipe que vi jogar desde que o torneio se iniciou. Para o Juventus, que agora soma cinco jogos sem vitória, a luz amarela já está mais do que acesa, pois a equipe está somente a dois pontos acima do 9º colocado e precisa ganhar de qualquer forma seus dois próximos confrontos fora de casa (contra Portuguesa Santista e Sport Barueri) caso queira garantir sua vaga para a segunda fase.

E derretendo, ainda fiquei um tempo na Javari conversando com os amigos até resolver ir para casa, e descansar durante toda a tarde/noite de sábado. Mas no domingo teve mais jogo decisivo, agora pela Série A2.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário