Procure no JP

quarta-feira, 3 de março de 2010

Grande vitória do XV de Jaú jogando na Arena Barueri

Fala pessoal!

Após a vitória do Tigre do ABC no sábado à tarde, quase desisti de acompanhar a segunda partida do dia, mas graças a um ânimo de última hora saí de São Bernardo do Campo e segui pelo combo Trólebus/Metrô/CPTM para a cidade de Barueri, para um jogo do Campeonato Paulista da Série A3. A pedida era curtir os embalos de sábado à noite na Arena Barueri, com a partida Sport Barueri x XV de Jaú.

Junto comigo, o Mílton também aceitou encarar a baixa temperatura e viajar pelos mais diversos tipos de transporte coletivo. Do momento em que saí do Primeiro de Maio até chegar na entrada da Arena Barueri, foram duas horas e quarenta minutos de viagem. Algo que poucos tem o dom de fazer, ainda mais com um jogo marcado para as 20 horas de um sábado. Mas o JP não se caracteriza por coberturas muito "normais" e, fazermos essas epopéias é um enorme prazer.

Ainda paramos para comer perto da Arena, mas com tudo cronometrado para que desse tempo suficiente para as tradicionais fotos das duas equipes e do trio de arbitragem. Hmm, bom... o trio de arbitragem, através do quarto árbitro, resolveu não posar nessa partida mesmo com o jogo tendo começado antes do horário programado, mas as fotos exclusivas das duas equipes seguem agora:


Sport C Barueri (ex-Campinas FC) - Barueri/SP. Foto: Fernando Martinez.


EC XV de Novembro - Jaú/SP. Foto: Fernando Martinez.

Esse jogo nos interessou bastante justamente pelo fato do horário inusitado e também porque foi a primeira vez que o Galo da Comarca disputou um jogo oficial na bela Arena Barueri. O XV de Jaú não é um time que aparece muito nas coberturas aqui do JP e muito menos na minha lista de jogos, já que essa foi apenas a sétima vez que vi in loco o time em campo. E quando temos a chance, buscamos sempre curtir uma partida da histórica equipe. E estando no meio da tábua de classificação, um empate já seria grande resultado jogando fora de casa.

Para o Sport Barueri os três pontos eram obrigação para que o time pudesse voltar de vez ao G-8 da Série A3. O time ainda não conseguiu encaixar uma boa sequência de jogos, alternando boas e más atuações nas sete rodadas anteriores. Jogando em casa contra um time não tão bem colocado, o onze barueriense esperava poder dar uma grande alegria ao bom número de torcedores presentes.


Zaga do XV tirando a bola do seu campo de defesa. Foto: Fernando Martinez.

Ao chegar na Arena também pude ver as instalações de imprensa, vestiários e reafirmo que é um dos estádios mais fantásticos que já visitei. O que fica muito, mas muito a desejar é a iluminação. Tirar fotos ali é como tirar leite de pedra, pois a parte da linha de fundo do gramado fica numa absurda escuridão. Mas espero que com a reforma finalizada isso possa ser resolvido. De dentro do campo percebi também a presença do Rodrigo Colucci, finalmente matando o time de Jaú.


Falta para o Sport Barueri no começo da partida. Foto: Fernando Martinez.

Mesmo assim, fui devidamente autorizado para ficar dentro do ótimo gramado da Arena e fui então acompanhar o ataque dos donos da casa. Mas o primeiro tempo da partida foi bastante sonolento, com o Sport Barueri tentando assustar a defesa jauense, mas sem conseguir criar chances de gol. Não é à toa que o ataque da equipe tinha marcado apenas 8 gols em 7 partidas disputadas. A torcida, ainda com as boas campanhas do Grêmio Barueri na cabeça, não gostou nada do que viu.


Defesa segura do goleiro do XV de Jaú. Foto: Fernando Martinez.


Início de jogada ofensiva para os donos da casa. Foto: Fernando Martinez.

O primeiro tempo acabou sem a abertura do marcador, e aproveitei então para visitar as cabines de imprensa da Arena Barueri. As instalações são simplesmente fantásticas, a visão é perfeita e confesso que não vi isso em nenhum local até hoje, tirando talvez o Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Acompanhei os cinco primeiros minutos do segundo tempo lá do alto, mas logo desci para voltar ao campo de jogo.


Times alinhados para o começo do segundo tempo, em visão lá do alto da Arena Barueri. Foto: Fernando Martinez.

A segunda etapa foi um pouquinho melhor, com o Sport Barueri chegando com mais perigo ao gol adversário. Mas o XV viu que o bicho não era tão feio e passou também a armar algumas jogadas em busca de seu gol. Vale registrar a presença da torcida do time do interior na Arena, algo que merece ser bastante louvado. O time da casa chegou a marcar o seu gol, mas ele foi corretamente anulado pela arbitragem, já que foi feito com a mão.


Jogadores aguardando cruzamento na área. E na foto vemos a presença importante da torcida quinzista. Foto: Fernando Martinez.

E como quem não quer nada, o XV passou a atacar bastante pela direita, e numa dessas investidas a equipe passou na frente do marcador. O lance aconteceu aos 25 minutos, quando Pedro completou de forma precisa um cruzamento feito por Fabinho. Muita festa na torcida e no banco de reservas do time jauense. Atrás do placar, o onze local se lançou ao ataque, mas não conseguiu chegar com perigo para levar o jogo à igualdade.


Chegada perigosa do Sport Barueri, com a bola passando perto da trave direita. Foto: Fernando Martinez.

E os donos da casa marcaram mais um gol nos acréscimos, mas novamente ele foi anulado pela arbitragem. A torcida reclamou demais do auxiliar número 2, que deu impedimento no lance, e mais ainda dos jogadores, que foram bastante apupados na saída do gramado. Todos reclamando muito da formação da equipe, e fazendo inevitáveis comparações com os áureos tempos do Grêmio Barueri.

Final de jogo: Sport Barueri 0-1 XV de Jaú. Com a heróica vitória, o Galo da Comarca pulou para o G-8 da competição, no sexto lugar na tábua de classificação. A derrota derrubou o time de Barueri para a 13ª colocação, dois pontos atrás da zona de classificação. As duas equipes não mostraram um ótimo futebol, e precisam melhorar em busca do sonho da vaga na Segunda Fase do torneio.

Saindo da Arena, voltamos a pé para a Estação Jardim Belval, e ainda aproveitamos o tempo livre para fazer uma boquinha numa ótima padaria da região. Satisfeitos com os belos lanches do local, finalmente pegamos o trem com destino à capital paulista para mais duas horas de transporte coletivo. Mas chegamos aqui sem nenhum problema, só curtindo a bela jornada que fizemos.

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário