Procure no JP

segunda-feira, 28 de maio de 2007

Duelo acirrado entre Falcão e Cavalo em Atibaia

Olá,

Em mais um final de semana recheado de bons jogos espalhados pelo interior paulista, no último sábado, fui conferir mais uma partida pelo disputadíssimo Campeonato Paulista da Segunda Divisão. A pedida dessa vez foi retornar à cidade de Atibaia indo até o Estádio Salvador Russani para acompanhar ao jogo SC Atibaia x Sumaré AC que valeu pela primeira rodada do returno da primeira fase da competição. Antes de falar da partida apresento os protagonistas do espetáculo nas fotos abaixo:


SC Atibaia - Atibaia/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Sumaré AC - Sumaré/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem comandado por Cristiano Luis Nalesso com os assistentes Luiz Quirino da Costa e Claudson Lincoln Beggiato além do quarto árbitro Luiz Vanderlei Martinucho e capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.

Logo no início da primeira etapa, os donos da casa tomaram a iniciativa de atacar por todos os lados do campo, mas esbarravam no forte esquema defensivo armado pelos visitantes que pouco iam ao campo de ataque. Nessa toada as oportunidades criadas foram poucas e, o único lance de maior perigo foi uma bola que explodiu no poste esquerdo da meta do Sumaré e, com isso a igualdade sem gols foi inevitável até o término dessa etapa.


Chute forte que explode no poste do goleiro do Sumaré. Foto: Orlando Lacanna.

Durante o intervalo bati um bom papo com o pessoal da arbitragem que trabalhou pela manhã nos jogos do Sub-15 e Sub-17 e também com o repórter fotográfico Nivaldo Prado sobre o trabalho desenvolvido pelo JP. Todos conhecem e acompanham as nossas jornadas. Um abraço a todos.


Interceptação de jogada pela defesa do Sumaré. Foto: Orlando Lacanna.

Voltando ao jogo, logo nos primeiros minutos da segunda etapa, já era possível notar que as equipes voltaram com mais disposição e determinadas a saírem em busca dos três pontos e, com isso a partida melhorou muito surgindo várias chances de gols para os dois lados. O primeiro gol foi marcado pelo Falcão de Atibaia, aos 11 minutos, por intermédio do ala Rondinelle que acertou um tirambaço desferido da intermediária colocando a bola no canto superior direito do goleiro do Cavalo sumareense. Foi um golaço.


Golaço de Rondinelle abrindo o placar para o Atibaia. Foto: Orlando Lacanna.

Depois desse gol o jogo ficou ainda mais disputado e corrido com o Sumaré chegando a igualdade aos 22 minutos com um gol de cabeça marcado por Rodrigo que aproveitou cruzamento vindo da esquerda em cobrança de falta. A partida continuou lá e cá, quando aos 29 minutos o time do Atibaia voltou a ficar em vantagem no marcador com um belo gol do atacante Felipe em boa escapada pela direita com uma conclusão certeira em chute cruzado e rasteiro. Não deu tempo nem para comemorar, pois logo aos 32 minutos o Sumaré voltou a empatar com gol de Paulo Henrique que entrou livre pela meia direita e fuzilou o goleiro do time laranja.


Disputa acirrada de bola junto à linha de fundo. Foto: Orlando Lacanna.


Cruzamento do atacante do Sumaré. Foto: Orlando Lacanna.

Depois de muita luta, a partida terminou com o placar de Atibaia 2 - 2 Sumaré que não foi bom para o time da casa, pois com o ponto conquistado continua na última colocação do Grupo 4, enquanto que para o Sumaré o empate não foi de todo mal, pois o manteve no bloco das equipes que lutam pelas vagas à segunda fase, embora ainda esteja fora do G4.

Após o apito final do árbitro fui fazer uma boquinha no Bar do Juvenal degustando um excelente bolinho de ovo com carne regado com muito refri. Alimentação sadia é outra coisa. Depois desse "banquete" botei novamente o pé na estrada rumo a São Paulo já esquematizando a viagem que seria feita no domingo pela manhã para uma cidade que nunca apareceu no JP. Qual será? Aguardem.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário