Procure no JP

terça-feira, 8 de maio de 2007

Boa vitória do Força em Mogi das Cruzes

Fala povo!

Depois de dois dias e meio de febre e muita dor pelo corpo, que me impediu de acompanhar a Virada Cultural e a rodada dos jogos de domingo, vamos agora com meu único post desse final-de-semana, com a partida que acompanhei no sábado à tarde. Depois da rodada no sábado de manhã, eu, Seu Natal e David rumamos até a cidade de Mogi das Cruzes para mais um jogo do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. A partida que fomos curtir reuniu os times do Mogi das Cruzes e do Força, no Estádio Nogueirão.

Fomos muito bem recebidos pelos dirigentes dos dois times, o que mostra que nosso trabalho está sendo bem feito. E mais uma vez conseguimos as fotos dos times posados, e com as belas camisas dos dois times as fotos seguem abaixo:


Mogi das Cruzes FL - Mogi das Cruzes/SP. Foto: Fernando Martinez.


Força EC - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


O árbitro Aurélio Martins, os auxiliares Daniel Yeda e Silas Henrique da Silva e o quarto árbitro Pedro Paulo de Moura junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Depois das fotos fomos para as arquibancadas nos proteger do insuportável calor. De lá vimos um jogo dominado pelo time laranja no seu início. Esse domínio logo se transformou em gol aos 5 minutos. Em falta pela direita, a bola foi rolada para a entrada da área, Lucas chutou, a bola foi desviada e enganou o goleiro. Força 1 a 0.


Detalhe do primeiro gol do Força na partida. Mas só uma pergunta: aonda está a bola? Foto: Fernando Martinez.

O Força continuou senhor do jogo, e o Mogi só criou a sua primeira chance aos 20 minutos, quando Fabinho cobrou uma falta com perigo. O time da cada não conseguia criar chances com qualidade e isso deixava tanto o técnico do time, Túlio Tanglioni, quanto a sua torcida bastante nervosos.


Mais uma tentativa de ataque do Força no primeiro tempo de jogo. Foto: Fernando Martinez.

O Mogi só criou uma boa chance aos 35 minutos, quando o camisa 9 Uochiton chutou rente à trave. O Força respondeu aos 40, com o jogador Lucas batendo uma falta com perigo. Mas o jogo foi para o intervalo com a vantagem mínima do time de São Paulo. Nesse intervalo fiz a besteira de comer um hot-dog que provavelmente foi o que faltava para me deixar pior. Mas naquela hora a fome falou mais alto...


Chance do Mogi no segundo tempo de jogo. Foto: Fernando Martinez.

No segundo tempo o Mogi até tentou vir com uma pressão para conseguir o empate, mas logo aos 5 minutos sofreu o segundo gol. O jogador Pelezinho chutou cruzado com categoria no canto esquerdo do goleiro e viu a bola morrer no fundo das redes. Depois do gol o Mogi se desesperou momentaneamente e quase sofreu o terceiro num gol contra, depois de bola recuada pelo zagueiro que pegou o goleiro Maicon desprevenido.


Falta perigosa para o Força na segunda etapa. Foto: Fernando Martinez.

O Mogi então tentou marcar o gol no desespero, mas o time abusou do direito de perder boas oportunidades. A equipe até chegava com perigo mas desperdiçava a maioria das chances. As que iam na direção do gol eram brilhantemente defendidas pelo arqueiro Fernando, do time laranja. E nessa toada, o contra-ataque ficava aberto, e o Força também perdeu boas chances de ampliar.


Uma das inúmeras chances desperdiçadas pelo Mogi no segundo tempo. Aqui a bola passou raspando. Foto: Fernando Martinez.

Mas no final não teve jeito: Mogi das Cruzes 0-2 Força. Péssimo resultado para o time da casa, que continua com uma campanha irregular. Já o Força é líder do seu grupo, junto com o Osasco FC que milagrosamente empatou com o União Suzano.

Depois do jogo a história é conhecida: fiquei de molho em casa com 39,5º de febre até segunda-feira à noite, só voltando (meia-bomba) ao mundo nessa terça-feira... mas ainda bem que passou.

E logo mais tem mais...

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário