Procure no JP

segunda-feira, 14 de maio de 2007

JP na primeira rodada da Série B

Fala pessoal!

Na última sexta-feira um dos campeonatos mais legais para se acompanhar teve seu início: o Campeonato Brasileiro da Série B. E apesar de não ser um dos campeonatos mais perdidos - já o foi, mas hoje em dia ele tem o destaque que merece - o JOGOS PERDIDOS acompanhou a primeira rodada in loco. A pedida da sexta à noite foi o jogão entre o recém-promovido Grêmio Barueri e o atual campeão paraense, o Clube do Remo. O jogo aconteceu no Palestra Itália, enquando a Arena de Barueri ainda não está pronta.

Junto comigo o Jurandyr apareceu por lá e mesmo com um friozinho básico, curtimos das numeradas descobertas o jogo entre os dois times. O Barueri está disposto a fazer bom papel nessa Série B, e o mínimo é se manter nessa divisão. Já o Remo busca a participação na Série A em 2008, coisa que não acontece faz tempo.

E o jogo começou interessante, com boas alternativas para as duas equipes. O Remo até tentava dominar a partida, mas o Barueri se fechou direitinho e não deixava brechas na sua defesa. E foi o time da casa quem abriu o placar aos 6 minutos. Depois de cruzamento da esquerda, o jogador Leandro cabeceou meio sem jeito e a bola acabou encobrindo o goleiro do time paraense. Barueri 1 a 0 no placar.


Lance do jogo entre Grêmio Barueri e Remo, pela primeira rodada da Série B. Foto: Fernando Martinez.

E durante o resto do primeiro tempo tivemos um jogo bastante equilibrado, com chances para os dois lados, mas o jogo foi para o intervalo com a vantagem mínima para o GRB. No intervalo constatei que os preços das guloseimas no Palestra é exagerado. Dois reais num pacote chocho de pipoca e três pilas numa garrafinha de refrigerante está na base da extorsão. Aê pessoal, tem gente tirando lucro demais aí...


Tentativa de ataque do Remo no primeiro tempo de jogo. Foto: Fernando Martinez.

Na volta para o segundo tempo, logo aos seis minutos um dos refletores se apagou e o jogo ficou paralisado por quase trinta minutos. Olha, de onde estávamos acreditamos que o jogo poderia ter rolado perfeitamente, mas como é o árbitro quem manda... na volta, o jogo tinha um Remo buscando mais o gol do que o Barueri. O time azul do Pará jogava bem, mas pecava nas finalizações.


Detalhe do refletor apagado e da iluminação que sobrou no começo do segundo tempo. Não dava para jogar assim não? Fotos: Fernando Martinez.

E na velha máxima do futebol "quem não faz, toma", o Barueri chegou ao seu segundo gol. Depois de bom lance pela esquerda, a bola foi cruzada na área. O goleiro do Remo deixou ela passar e o jogador Giuliano só teve o trabalho de concluir para as redes. Grêmio Barueri 2 a 0.


Detalhe do segundo gol do Grêmio Barueri, deixando o time em situação mais confortável. Foto: Fernando Martinez.

Na base do desespero, o Remo foi com tudo pra cima do time da casa, criando chances claras de gol e também deixando o contra-ataque aberto. Foi o melhor momento do jogo, com chances perdidas para os dois lados. O Remo então finalmente conseguiu fazer seu gol aos 63 minutos, com o jogador Edílson. Nos acréscimos, quase que o time do Pará arranca um empate na marra, numa cabeçada que bateu na trave e a defesa do Barueri afastou.

Mas no final o jogo ficou mesmo Grêmio Barueri 2-1 Remo. Ótima vitória do time da Grande São Paulo, que começa a Série B com o pé direito, diferente da Portuguesa, que já tomou três em Fortaleza. E até o final do ano vocês verão aqui no JP jogos da Série B do Brasileiro, mesmo não sendo o campeonato mais perdido do mundo.

No sábado e domingo curtimos mais Segundona Paulista.

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário