Procure no JP

terça-feira, 31 de março de 2009

Portuguesa dá um passo importante rumo às semifinais

Opa,

Depois da rodada do domingo cedo, voltei para meu ex-QG no bairro do Pari para aguardar a partida tão esperada na parte da tarde. O ex-QG agora mais parece um cativeiro, e é habitado por muitos espaços vazios e alguns fantasmas que ainda não saíram de lá. E nesse clima todo fiquei por quase duas horas esperando para ir para o Estádio do Canindé para um jogo nada perdido do Campeonato Paulista 2009. O jogo, decisivo ao extremo, foi entre Portuguesa e Marília.

Jogo bom, que era fundamental para as pretensões lusitanas na A1, com o time buscando uma vaga nas semifinais, coisa que não acontece desde 1998. Mas nessas duas horas de espera um sono incomum que tem tomado conta do meu ser atrapalhou a minha chegada cedo para entrar no Canindé. Entrei com o jogo em cima da pinta, e por muito pouco não perco o primeiro gol da Lusa, marcado por Fellype Gabriel, numa certeira cabeçada.


Marília saindo para o ataque no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Ali já notei que bastante grande público estava presente, lembrando em parte as grandes jornadas lusitanas nos domingos à tarde que curti muito por ali. Quem sabe não estamos vendo um renascimento da Portuguesa, certo? Bom, fui então buscar meu lugar nas arquibancadas do Canindé, de preferência na sombra, pois mais um jogo debaixo do sol era crueldade demais.


Um dos perigosos ataques da Portuguesa no primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

Dali vi a Portuguesa perder ótima chance para o segundo gol aos 11 minutos. Mas aos 17 o fantasma dos pontos perdidos em casa apareceu com o gol de cabeça de Ataliba, deixando tudo igual no placar e assustando a torcida rubro-verde. Com o empate, o jogo ficou bem morno, e sem chances claras de gol para as equipes. A Portuguesa dominava, mas sem objetividade.


Mesmo com parte de uma mão atrapalhando a foto, os atletas da Portuguesa pediram pênalti nesse lance. Foto: Fernando Martinez.

Quase dormi nesse meio-tempo, tendo pescado alguns lambaris e tilápias dignos de registro por alguns bons minutos. Mas quando o jogo se aproximava do seu final na primeira etapa, a Portuguesa resolveu acordar junto comigo. E aos 42 minutos a Lusa fez seu segundo gol. Depois de grande jogada de Athirson em que a bola bateu na trave, Fellype Gabriel novamente fez de cabeça. Logo depois, Erick perdeu um gol por ser fominha demais. E o intervalo veio com o 2 a 1 para a Portuguesa.

O intervalo caiu do céu, e pude bater aquele cochilo esperto de pouco mais de 15 minutos. O suficiente para eu me transformar numa pessoa cheia de gás para a segunda etapa do confronto. Mas a partida começou meio modorrenta, sem chances claras de gol por alguns minutos. E a primeira foi do MAC, numa bola na trave do atacante Abuda.


Boa cobrança de falta para a Lusa no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Nesse sossego o jogo ia seguindo até que aconteceu um dos pênaltis mais absurdos que já vi na vida. Estava do outro lado do estádio e lá no alto da arquibancada, e dali vi que não tinha sido nada. O atacante Edno caiu de maduro dentro da área, longe do zagueiro do MAC e o árbitro deu pênalti. Olha, bizarro ao cubo... e pelo gol de mão no meio de semana e por esse lance, a torcida da Lusa não pode reclamar de arbitragens pelo resto de 2009, e talvez de 2010. Bom, na cobrança o jogador Edno marcou o terceiro gol da Lusa.


Detalhe do terceiro gol da Portuguesa no jogo. Foto: Fernando Martinez.

Com um atleta a menos, já que o jogador Ataliba foi expulso no lance do pênalti, o Marília não encontrou forças para fazer mais nada no jogo. E ainda tomou outro gol aos 42, em ataque rápido da Portuguesa e chute colocado de Christian. Vitória consolidada e a chance de classificação mais forte.

Final de jogo: Portuguesa 4-1 Marília. A Lusa está muito perto da vaga nas semifinais da A1 2009. Seria muito legal poder acompanhar o renascimento do time, principalmente depois do rebaixamento no Brasileiro 2008. Ficaremos ligados na semana e quem sabe ainda não conseguimos ver o jogo final contra o Santo André?


Placar final da partida. Dessa vez escreveram certo os nomes dos times no placar. Foto: Fernando Martinez.

Bom, e após o jogo, fui pegar minhas coisas no cativeiro do Pari para voltar ao meu QG na Zona Sul paulistana. Dormi no ônibus, no metrô e tudo mais, mas valeu a viagem...

Abraços

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário