Procure no JP

terça-feira, 10 de março de 2009

Mesmo vencendo Votoraty continua fora do G8 na Série A3

Olá,

No último domingo, cujas atenções futebolísticas se concentravam na realização do clássico Palmeiras x Corinthians, levantei bem cedo e peguei novamente a Rodovia Castello Branco, agora em direção à cidade de Votorantim, com o objetivo de acompanhar de perto a partida Votoraty F.C. x Oeste Paulista E.C., realizada no Estádio Domênico Paolo Mettidieri, valendo pela oitava rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Série A3.

Essas duas equipes estavam fora do G8 e buscavam uma afirmação na competição, visando chegarem às primeiras colocações para passarem à próxima fase que será a decisiva para efeito de acesso. Nesse contexto, a conquista da vitória era de fundamental importância para continuarem alimentando esperanças quanto aos seus objetivos.

Como tenho o hábito de chegar com antecedência ao meu destino, dessa vez não foi diferente e, tranquilamente, consegui deixar tudo acertado para tirar as fotos das equipes e dos árbitros, as quais apresento abaixo e são exclusivas.


Votoraty F.C. - Votorantim/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Oeste Paulista E.C. - Presidente Prudente/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem acompanhado pelos capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.

Bem, para variar um pouquinho, o forte calor mais uma vez se fez presente, mas mesmo assim, as equipes começaram a partida com aquela vontade. Os primeiros minutos foram marcados pelo maior volume de jogo do Votoraty, com várias jogadas ofensivas que contaram com a participação do avante Thales Magalhães, tanto que, logo aos 11 minutos, esse atacante abriu o placar a favor dos donos da casa, numa jogada que começou pela esquerda com uma bela arrancada de Rafinha, culminando com um cruzamento para a área que encontrou Thales para concluir e marcar.


Bola no balaio prudentino no primeiro gol do Votoraty. Foto: Orlando Lacanna.

Mesmo com a vantagem a seu favor, o Votoraty continuou melhor, insistindo nas jogadas ofensivas, quase sempre realizadas pelas pontas e, com isso, foi conseguindo vários escanteios a seu favor, sendo que, aos 20 minutos, o zagueiro e capitão Beto quase aumentou o placar, numa cabeçada perigosa que passou muito perto, escorando um cruzamento vindo de cobrança de um dos escanteios.

Somente aos 24 minutos o Oeste Paulista chegou com um certo perigo ao campo de ataque, através de uma jogada realizada pelo Presidente do clube e também atleta Adriano, numa escapada pela direita que terminou num cruzamento rasteiro, porém o goleiro Juliano estava atento e acabou com a festa. Depois desse lance, a equipe prudentina mudou sua forma de atuar e passou a sair mais para o campo ofensivo e, numa arrancada pela meia esquerda, o meio campista Jordi Guerreiro acertou uma bomba, com a bola tocando no poste esquerdo e indo morrer no fundo da rede do Votoraty, decretando a igualdade no marcador.


Momento exato em que Jordi Guerreiro soltou a bomba empatando a partida. Foto: Orlando Lacanna.

Apesar de ter sofrido o gol de empate, o Votoraty permaneceu no comando das ações e quase voltou à frente no marcador, aos 36 minutos, numa jogada rápida que culminou com a conclusão de Rafinha para fora, mas aos 43 minutos, não teve jeito e o "Tigre" de Votorantim chegou ao seu segundo gol, anotado de cabeça pelo zagueiro Ednei, ao aproveitar um cruzamento que nasceu de uma cobrança de falta pela esquerda. Poucos minutos após, a primeira etapa foi encerrada com a vantagem de 2 a1 sendo mantida a favor dos donos da casa.


Bola se encaminhando para a rede do OPEC no segundo gol do Votoraty. Foto: Orlando Lacanna.

Enquanto rolava o intervalo, resolvi deixar o gramado e me dirigi para a cabine de imprensa, uma vez que era impossível permanecer mais 45 minutos debaixo daquele sol infernal que iria castigar os atletas por toda a segunda etapa. Devidamente instalado, presenciei um segundo tempo que o Votoraty voltou com tudo, criando algumas chances logo de cara, sendo uma delas aos 3 minutos, num outro lance de cabeça do zagueiro Beto que passou muito perto.

Ainda nos primeiros minutos, agora aos 8, os anfitriões novamente chegaram muito perto de ampliar o placar, em lance que Anderson tocou de cabeça, porém Thales Magalhães chegou uma fração de segundo atrasado e a oportunidade morreu ali.


Anderson escorando de cabeça para Thales que chegou atrasado. Foto: Orlando Lacanna.

Em desvantagem no marcador e sendo acuado pelo Votoraty, o Oeste Paulista, de vez em quando, dava suas estocadas no campo de ataque, como aconteceu aos 14 minutos, num chute de Alex Paulista que exigiu excelente defesa de Juliano.


Ótima defesa de Juliano do Votoraty no segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna.

O tempo ia passando e o Votoraty criando e perdendo sucessivas chances reais de gol, como aconteceu aos 20, 22, 34 e 36 minutos, com as participações de Rafinha, Thales Magalhães, Lúcio e outra vez Rafinha, perdendo oportunidades incríveis, sempre em jogadas que nasciam de cruzamentos pelas pontas, mostrando que o setor defensivo dos visitantes não estava numa manhã feliz nas bolas cruzadas pelo alto, mas como os atacantes também não estavam sendo objetivos, o marcador não era modificado.


Uma das várias oportunidade desperdiçadas pelo Votoraty na segunda etapa. Foto: Orlando Lacanna.

Diante das chances não aproveitadas pelo Votoraty, a velha máxima de "quem não faz toma", só não aconteceu por um triz, pois aos 43 minutos, o OPEC quase chegou ao empate, numa cabeçada perigosíssima de Fernandinho que venceu o goleiro Juliano, porém a bola lambeu o travessão e foi para fora.

Depois desse lance, o Votoraty passou a tocar a bola para se recuperar do susto e fazer o tempo passar, só esperando a partida ser encerrada, o que de fato aconteceu, com o placar estampando Votoraty 2 - 1 Oeste Paulista que serviu para os donos da casa subirem uma posição na tabela de classificação, passando para a 11ª posição com 12 pontos, enquanto que para o time prudentino, essa resultado causou a perda de três posições na classificação, deixando-o na 12ª colocação com 11 pontos.

Jogo encerrado e com a colaboração de um dos vários amigos do JP espalhados pelo interior, aproveitei uma providencial carona de Votorantim para Sorocaba e lá embarquei com destino a São Paulo para um merecido descanso e assistir o grande clássico paulista pela telinha. Foi isso.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário