Procure no JP

terça-feira, 31 de março de 2009

Monte Azul garante a classificação para a Segunda Fase da A2 em Guarulhos

Fala povo!

Sábado foi um dia corrido e graças a um evento da entidade maior que rege nosso futebol mundial, domingo resolvi cair da cama para uma rodada dupla no domingo. Saí cedinho de casa e junto com minha amiga Paula segui até a cidade de Guarulhos, para mais um jogo do Campeonato Paulista da Série A2. E nem esperava chegar na hora, mas com o ônibus indo mais rápido do que nunca chegamos com antecedência para a partida entre Flamengo de Guarulhos e o atual líder do campeonato, o Monte Azul.

Por sorte, o Orlando também estava por lá, e ele fez seu meio-de-campo já famoso para as fotos oficiais e exclusivas da partida. Mais uma vez cortesia do JP:


AA Flamengo - Guarulhos/SP. Foto: Orlando Lacanna.


A Monte Azul - Monte Azul Paulista/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem com o árbitro Roney Prado Bustamante, os assistentes Eduardo de Jesus Conceição e Tatiane Sacilotti Camargo e o quarto árbitro Marcos Alves da Silva junto com os capitães dos times. Foto: Orlando Lacanna.

Depois das fotos o Orlando saiu para a arquibancada ficar um pouco conosco, e inclusive com o sonado seu Natal que também resolveu dar as caras por lá. E a partida prometia bastante, pois reunia o líder da A2 contra um bom time do Flamengo, que busca sua vaga no G8. E acompanhando o ataque do time guarulhense, lá fomos nós atrás do gol defendido pelo time do interior.

Mas a partida foi truncada até seus 20 minutos, com as duas equipes mais preocupadas em se defender do que atacar. Não tivemos chances tão claras de gol durante esse tempo todo, e isso foi bom para colocarmos alguns assuntos na pauta do dia. Aquela conversa costumeira do pessoal do JP em todas as partidas.


Jogadores disputando bola no ataque dos donos da casa. Foto: Orlando Lacanna.

A partida começou a melhorar após os 20 minutos, com o Flamengo indo pra cima do líder da A2. Paulinho chutou para a zaga tirar em cima da linha aos 21. Aos 26 veio o primeiro gol do jogo, numa cabeçada mortal de Caio, que o zagueiro Jean ainda tentou tirar de dentro do gol. Mas a auxiliar Tatiane Sacilotti estava ligadíssima no jogo e confirmou que a bola tinha entrado mesmo. Flamengo 1 a 0.


Falta perigosa para o time do Flamengo. Foto: Fernando Martinez.

Ao 30 minutos, numa repetição do lance do gol, Rafael Braga cabeceou forte e dessa vez Vila chegou a tempo de tirar de novo em cima da linha. Blitz rubro-negra em cima da zaga azul, que não se acava de jeito algum. E merecendo ter feito pelo menos mais um gol, o Flamengo viu a partida chegar no seu intervalo com a vantagem mínima no marcador.


Um dos raros ataques do time do Monte Azul no primeiro tempo. Foto: Orlando Lacanna.

No intervalo encontramos o nosso amigo vendedor de amendoins Édson Gaguinho, como sempre perdido em alguma arquibancada por aí e com histórias ótimas para se contar. E já com um sol ardido, fomos buscar um abrigo debaixo das sempre confortáveis (!) arquibancadas do Flamengo.


A Paula, eu e o seu Natal fritando nas arquibancadas em Guarulhos e o tiozinho da maca praticamente tomando um sol em atendimento de atleta contundido. Fotos: Orlando Lacanna.

E lá fomos nós garantir nosso lugar no ataque do Flamengo para a segunda etapa. Mas isso acabou sendo uma péssima escolha, já que o time da casa simplesmente deixou toda sua vontade no vestiário. O Monte Azul dominou completamente o tempo final, e criou sua primeira grande chance aos 2 minutos. No lance, o goleiro Marins acabou sendo substituído, depois que quase tomou um gol do Monte Azul.


Goleiro do Flamengo salvando o time. Foto: Orlando Lacanna.

Daí para frente foi um festival de toques para o time do Monte azul. Nas poucas vezes em que o time da casa conseguia alguma coisa, a defesa do time visitante neutralizava sem esforço. Conforme o sol ia apertando, o time do Flamengo ia ficando mais preocupado no jogo. Na metade do tempo final, o atacante Nélson ainda foi expulso, piorando a situação flamenguista.


Ataque do time visitante pela esquerda. Foto: Orlando Lacanna.

O placar do jogo não refletia o que acontecia em campo, mas o Monte Azul também pecava no toque final. Mas com uma sorte danada, o time chegou ao esperado empate que deu a classificação ao time aos 43 minutos. O jogador Alessandro Ferrari resolveu arriscar de muito, muito longe. O goleirão Jorge Miguel falhou feio, e depois de muita luta o jogo estava empatado.


Exato momento em que Alessandro Ferrari chutava a bola para deixar tudo igual em Guarulhos. Notem que ele estava longe demais do gol. Foto: Fernando Martinez.

Final de partida: Flamengo 1-1 Monte Azul. O Monte Azul garantiu vaga, junto com o União São João, para a Segunda Fase da Série A2 2009. Para o Flamengo, o 12ºlugar deixa o time mais longe do G-8, mas nesses quatro jogos até o fim da Primeira fase tudo pode acontecer.

Após essa partida todo mundo embarcou no táxi do seu Natal, cada um para um canto de São Paulo. Eu fiquei no meu querido antigo QG no Pari, que hoje em dia está mais parecendo um cativeiro qualquer para esperar o jogo da tarde.

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário