Procure no JP

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Ponte Preta vence o Juventus pelo sub-20 da 1ªdivisão

Fala pessoal!

Continuando com os posts do final de semana, no domingo não tive condição nenhuma de acordar cedo devido a uma preguiça incrível de manhã. Mas acordei a tempo de ver uma rodada dupla na sessão vespertina/noturna aqui no blog. Saí correndo para a Rua Javari, para um jogo do Campeonato Paulista de Futebol Sub 20 - Primeira Divisão. A partida reuniu os times do Juventus e da Ponte Preta. Antes de falar do jogo, seguem as fotos oficiais do jogo, de forma exclusiva aqui no JP:


CA Juventus (sub-20) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


AA Ponte Preta (sub-20) - Campinas/SP. Foto: Fernando Martinez.


O árbitro Márcio Roberto Soares, os auxiliares Fábio Luiz Freire e Márcio Jacob posam para o JP junto com os capitães dos clubes. Foto: Fernando Martinez.

O jogo foi válido pela primeira rodada da Segunda Fase do sub-20. A Ponte fez a quarta melhor campanha na primeira fase e conquistou o primeiro lugar num grupo que ainda tinha o Corinthians como adversário. O Juventus começou bem o campeonato, mas caiu muito de produção nos jogos finais e se classificou graças às boas partidas no começo do sub-20.

Bom, saindo do campo encontrei o Mílton vindo de Osasco e não perdendo um joguinho perdido no frio domingo à tarde. Das arquibancadas vimos um jogo quente no primeiro tempo, com os times começando a partida bastante animados.


Ataque juventino no começo de partida. Foto: Fernando Martinez.

Mas aos poucos a melhor categoria da Ponte foi vista no gramado. O Juventus não se encontrava e a Macaca passou a dominar o jogo. O jogo quente gerou quase uma briga generalizada entre as duas equipes. Muito bate-boca depois, os ânimos foram contidos e a partida continuou. Logo após o Juventus perdeu um jogador expulso, e isso deixou a Ponte com maior chance da vitória.


Briga entre jogadores das duas equipes na Javari. Foto: Fernando Martinez.


Cobrança de falta que originou o primeiro gol da partida. Foto: Fernando Martinez.

Quando o jogo ficou nas disputas normais de bola, a Ponte Preta abriu o placar. Depois de cobrança de falta, o goleiro juventino bateu roupa nos pés de atacante da Ponte que marcou o primeiro. Ainda nesse primeiro tempo a Ponte chegou também com chance de marcar, mas ficou só nesse gol mesmo. O Juventus tentou, mas não estava nos seus melhores dias.

No intervalo, sem a lanchonete aberta, tivemos que ir numa banca de jornal super equipada para nos abastecer com as já famosas guloseimas, já que saco vazio não para em pé. Voltamos super abastecidos com chocolate, salgadinho e muito suco. De sobremesa um estomazil para evitar qualquer problema posterior.


Zaga da Ponte afasta o perigo de um ataque grená. Foto: Fernando Martinez.

Bom, para o segundo tempo, a Ponte voltou dominando ainda mais a partida, e os gols eram questão de tempo. Enquanto isso, tínhamos uma conversa interessante atrás do gol juventino sobre filosofia existencial. De vez em quando faz bem.

Inspirados na filosofia, os jogadores da Ponte chegavam mais perto do gol grená e o segundo gol saiu aos 18 minutos da segunda etapa. Com o 2 a 0 no placar, a Ponte ficou tranquila e conseguiu ainda mais um tento aos 30 minutos, sem dar chances para o anfitrião. A Macaca ainda teve chances de fazer mais gols.


Zaga da Ponte protegendo a bola dos atacantes juventinos. Foto: Fernando Martinez.


Mais uma tentativa de ataque do Juventus, buscando diminuir o marcador. Foto: Fernando Martinez.

Mas no final o jogo ficou em Juventus 0-3 Ponte Preta. O time de Campinas já sai na frente do difícil grupo na segunda fase, que ainda conta com Palmeiras e Santo André. Palmeiras que fez 4 a 1 no time andreense e é líder depois da primeira rodada. Mas com cinco rodadas faltando, muita coisa pode acontecer.

Após o apito final saí correndo da Javari rumo a um jogo não-perdido, mas que pedia a minha presença. Jogo de líder do Brasileiro contra time lutando para não cair.

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário