Procure no JP

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Jogo fraco e empate sem gols numa manhã quente na Javari

Fala pessoal!

Falei sobre fazermos escolhas erradas no post da Portuguesa, não é mesmo? No domingo cedo me vi mais uma vez tomando na cabeça por uma escolha que fiz. Tudo bem que dessa vez a culpa nem foi tanta do que vos escreve, mas que fiquei mal ao final da rodada, isso eu fiquei. Tinha me programado para ver o jogo entre Pão de Açúcar x Red Bull pela Segundona.

Despertador no esquema e um bom sono me garantiriam essa partida. Mas durante a madrugada acabou a força em casa, e o dito cujo nem tocou. Acordei nove e meia já sem tempo para ir a Embu. Então o que me sobrou? Ir conferir mais um jogo da Copa Paulista de Futebol no Estádio Conde Rodolfo Crespi. Por coincidência reunindo os mesmos times que vi lá no sábado: Juventus x Sorocaba.

Como saí de casa atrasadão, nem cheguei a tempo para as fotos posadas. Logo fui para trás do gol "das árvores" na Javari. Lá encontrei os amigos perdidos Luiz, André e o "Blaze Bailey da Móoca" Sérgio Manjuillo. Fazia tempo que não via esses figuras reunidos e então foi uma festa só o primeiro tempo atrás do gol, lembrando muitas jornadas no templo juventino. Posso garantir que isso foi o que de melhor aconteceu no primeiro tempo de jogo.


Falta para o Juventus no primeiro tempo de partida. Foto: Fernando Martinez.

Os times não estavam nada inspirados, e por mais que o Juventus tivesse o domínio territorial, a equipe não conseguiu traduzir isso em gols. Olha, foram alguns gols perdidos de forma bisonha, coisa horrível mesmo. Mas falando sério, uma das "desculpas" que falam por lá é que isso acontece em função da qualidade do gramado. Realmente, o tapete da Javari não está tão lisinho assim e isso faz uma tremenda diferença na hora de dominar a pelota.


Marcação cerrada do Sorocaba na lateral do campo. Foto: Fernando Martinez.

Mas a torcida nem quer saber de gramado isso ou aquilo e quer ver mesmo a bola no fundo das redes. Mas o jogo foi para o intervalo sem a abertura do placar e no descanso na Javari fomos passear pela Javari. O Sérgio fez suas brincadeiras de sempre, o Luiz a sua campanha eleitoral e o André disse que atualmente estra como preparador físico nas categorias de base do São Paulo. Parabéns a ele, e o JP com certeza deseja muito sucesso nessa nova jornada profissional.


O goleiro do Sorocaba pula alto para evitar o gol grená. Foto: Fernando Martinez.

Para o segundo tempo encontrei por lá outro Sérgio, o da comunidade Futebol Alternativo e velho amigo do pessoal do JP. Fiquei conversando com ele durante o segundo tempo todo e muita novidade foi colocada em dia. Tudo porque o segundo tempo foi algo duro de se ver. Aos 10 minutos já tínhamos a idéia de que ali não sairia gol nenhum, para nenhum dos times. As equipes acho que viram o segundo tempo de Portuguesa x Coritiba e se inspiraram para esse jogo.


Ataque rápido do Juventus no segundo tempo de jogo. Foto: Fernando Martinez.

Mas tenho que ser justo: na Javari até que os times tentaram marcar o gol, mas a falta de inspiração era latente. E o tempo ia passando, o calor aumentando, e a certeza de que não veríamos a rede estufar cada vez mais nas nossas mentes. O jogo foi seguindo nessa toada até seu final.


Mais uma chance e mais um gol perdido do Juventus no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Juventus 0-0 Sorocaba. Para dois times sem inspiração, o placar resume tudo. Olha, as equipes vão ter que jogar muito mais se quiserem garantir vaga na fase seguinte da Copa Paulista, principalmente nesse difícil grupo, que ainda contra com o Mirassol e o Comercial de Ribeirão Preto. E em mais um momento "eu me arrependi", fiquei sabendo que o jogo entre Pão de Açúcar x Red Bull tinha acabado em 3 a 2 para os mandantes. Imaginem minha cara de satisfação quando fiquei sabendo disso?

Então após o jogo abortei a sessão vespertina de futebol para ir curtir o aniversário de 80 anos da minha avó com muito parente que não via faz tempo reunido. Olha, até que valeu a pena, apesar de tudo...

Em breve tem mais!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário