Procure no JP

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Grêmio Osasco consegue importante vitória pela Segundona

Olá,

Concluindo minha jornada tripla do último final de semana, por conta das coberturas pelo JOGOS PERDIDOS, no domingo pela manhã, fui até a vizinha cidade de Osasco para acompanhar, no Estádio Prefeito José Liberatti, a mais uma partida do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. A pedida dessa vez foi o jogo G.E. Osasco x C.A. Guaçuano que valeu pela segunda rodada da terceira fase do campeonato.

Como sempre acontece quando vou a essa cidade, contei com a presteza de um dos nossos amigos, o Luís Pires, que mais uma vez facilitou a minha ida até o estádio, com aquela carona especial,. Agradeço a atenção não só a ele, mas também a todos que demonstraram um carinho especial conosco. Valeu pessoal.

Ao chegar no estádio, encontrei perdidos nas arquibancadas, o David e, para minha surpresa, também o Sr. Natal, que em princípio iria até Embu para acompanhar com o Fernando a partida Pão de Açúcar x Red Bull Brasil, porém um problema causado por falta de energia elétrica o impediu de realizar o seu objetivo. Fica para a próxima vez. Após as saudações costumeiras, fui para o centro do gramado para fazer as fotos dos times e dos árbitros que estão abaixo:


G.E. Osasco - Osasco/SP. Foto: Orlando Lacanna.


C.A. Guaçuano - Mogi Guaçu/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem formado por Flávio Rodrigues Guerra, seus assistentes Márcio Luiz Augusto e Sérvio Antônio Bucioli, além do quarto árbitro Jenkis Barbosa dos Santos ao lado dos capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.

Apesar da pequena presença de público, havia muita curiosidade em ver o que as equipes poderiam realizar em campo, pois os dois times vinham de bons resultados, sendo que o Grêmio Osasco tinha conseguido um ótimo empate em Batatais, enquanto o Guaçuano havia goleado o Barretos em casa. O jogo prometia e o vencedor daria um bom passo em busca do tão sonhado acesso.

Depois de uma espera de quase 40 minutos, por conta da não chegada da ambulância, finalmente a partida teve seu início e, como era esperado, o Grêmio Osasco saiu com tudo para o campo de ataque e, aos 3 minutos, criou o primeiro lance de perigo para a meta adversária, quando numa jogada rápida pela direita, o meia Dedé chegou em velocidade e mandou uma bomba que explodiu na rede, só que pelo lado de fora, mas mesmo assim assustou o goleiro Jociel do Guaçuano.

À medida que o tempo ia passando, o GEO foi assumindo o controle da partida, porém até por volta dos vinte minutos, não conseguiu levar maior perigo ao gol dos visitantes, a não ser numa jogada de Dedé que foi invadindo a área, mas acabou perdendo o domínio da bola e desperdiçou a chance de sair na cara do gol.


Cruzamento do ataque do GEO na área do Guaçuano. Foto: Orlando Lacanna.

Mesmo dominando territorialmente, o Grêmio Osasco encontrava dificuldades para chegar até a área do "Mandi", cuja defesa e meio campo cometiam muitas faltas e, com isso, truncavam demais o jogo. Apesar das dificuldades, o time da casa não desistia e continuava forçando as jogadas ofensivas, tendo conseguido dois bons momentos através de Caio e Luciano, aos 33 e 37 minutos, porém as conclusões não saíram a contento.


Goleiro Jociel do Guaçuano defendendo cruzamento de Caio do GEO. Foto: Orlando Lacanna.

O final do primeiro tempo já se aproximava, quando aos 44 minutos, aconteceu mais uma falta cometida pela defesa do Guaçuano, que foi cobrada pelo meia Renato que mandou a bola contra o travessão e, no rebote, o esperto atacante Daniel enfiou a cabeça na bola e a mandou para o fundo do balaio do Guaçuano, decretando a abertura do placar que permaneceu até o final dessa etapa.


Bola no fundo da meta do Guaçuano no gol osasquense marcado por Daniel. Foto: Orlando Lacanna.

Após o intervalo as equipes voltaram para o campo de luta e, logo no começo da segunda etapa, o GEO realizou uma jogada perigosa de ataque pelo lado esquerdo, animando sua torcida e criando a esperança de que o segundo gol sairia rapidamente. Não foi bem isso que aconteceu.


Lance de ataque do GEO pela esquerda logo no começo da etapa final. Foto: Orlando Lacanna.

O Guaçuano assimilou o susto e passou a dar mostras evidentes de que havia retornado com outra postura e, dessa forma, nos primeiros quinze minutos, os visitantes apertaram o setor defensivo dos donos da casa, obrigando ao goleiro Igor a ficar esperto para não ser surpreendido nas saídas de gol, visando cortar os inúmeros cruzamentos endereçados à sua área.


Defesa do goleiro Igor em mais um cruzamento para sua área. Foto: Orlando Lacanna.

A torcida local começou a ficar apreensiva com a postura cautelosa assumida pelo Grêmio Osasco, que congestionou o meio de campo e procurava sair em rápidos contra-ataques quando conseguia recuperar a posse da bola. Mesmo tendo maior volume de jogo no início da etapa final, na verdade, o Guaçuano não criou nenhuma grande chance para chegar ao empate.

Vendo que a sua equipe não liquidava a fatura e ainda correndo um certo risco de sofrer o empate, o técnico Toninho Moura, colocou em campo o atleta Willian que entrou muito bem no jogo e deu outra cara ao time da casa, chegando com perigo em duas oportunidades, com reais chances de matar a partida, aos 34 e 38 minutos, mas novamente as conclusões não ajudaram e, dessa forma, o sofrimento continuava.


Chance perdida por Willian do GEO no final da partida. Foto: Orlando Lacanna.

O pessoal de Osasco olhava no relógio a cada segundo, torcendo para a partida acabar, até que finalmente o árbitro apitou pela última vez, acabando com o sufoco dos osasquenses, com o placar apontando Grêmio Osasco 1 - 0 Guaçuano que colocou o time da Grande São Paulo nas primeiras colocações do Grupo 11 com quatro pontos, num grupo em que nenhuma equipe disparou, tornando as próximas rodadas ainda mais empolgantes.

Fim de jogo e com aquela carona especial, agora do Sr. Natal, retornei rapidamente para São Paulo, para desfrutar o resto do domingo em casa, mas não deixando de pensar nas próximas coberturas do JP. Foi isso.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário