Procure no JP

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

JP visita (mas não entra em campo) o Estádio Laudo Natel

Fala pessoal!

No último sábado resolvi acompanhar in loco algum jogo do Campeonato Paulista sub-20 da 1ª divisão. Por se tratar da última rodada da primeira fase, todas as pelejas foram marcadas para a tarde do dia 15. Acabei escolhendo ir, junto com o amigo Paulo "Shrek", acompanhar o jogo entre São Paulo e Taboão da Serra, já que nunca tínhamos visitado o Estádio Laudo Natel, dentro do CT de Cotia. 


Visão geral do gramado do Estádio Laudo Natel, situado dentro do CT de Cotia. Foto: Fernando Martinez. 

Só que essa provavelmente foi a primeira e última vez a curto/médio prazo que resolvi ver um jogo por ali. Chegamos em cima da pinta, então resolvemos que tentaríamos captar algumas imagens de dentro do campo no tempo final, algo que sempre dá certo em partidas do sub-20. Mas lamentavelmente não fui autorizado pela assessoria de imprensa das categorias de base, Ana Luiza Rosa

Não adiantou mostrar a credencial que me deixaria entrar em campo numa eventual final de Libertadores ou num clássico decisivo entre Corinthians x Palmeiras válido por qualquer campeonato. Simplesmente era uma questão de "não pode" e pronto. Além do motivo alegado ter sido algo sem sentido algum, ouvimos ao final do jogo ainda um "na verdade nem sei por qual motivo vocês vieram acompanhar esse jogo". 

O que ela não sabia é que um dos principais motivos da minha ida foi, além de visitar pela primeira vez o estádio inaugurado em 2011, a chance de ver um duelo que não acontecerá na próxima temporada. Graças ao rebaixamento na A3 desse ano, o CATS só terá a oportunidade de enfrentar novamente o time do Morumbi a partir de 2014. Além disso, o duelo colocou frente a frente o líder do Grupo 4 do certame com 28 pontos ganhos e o lanterna, com apenas 7. 

Mas pelo fato da assessora mostrar completo desconhecimento, não saber do procedimento correto e imagino nem acreditar que alguém realmente se interesse na cobertura de um jogo desses, dessa vez não teremos as fotos posadas dos times e do trio de arbitragem, que contou com a presença do amigo assistente Daniel Marques. É uma pena, mas isso só deixa a gente mais certo que ver jogo de time grande, mesmo nas categorias de base, é uma coisa muito chata. E só pra deixar claro, óbvio que o time principal do Tricolor do Morumbi não faz parte da linha editorial do JP. Já o noticiário sobre os juniores do São Paulo é nulo nos veículos de imprensa.


Ataque são-paulino no começo do jogo. Foto: Fernando Martinez. 

Bom, independente dos problemas, o Estádio Laudo Natel é muito, mas muito bonito. Inaugurado em 16 de abril de 2011 com o jogo São Paulo 4-0 Sport Barueri, válido pelo Paulista sub-15, o local serve de casa para as categorias de base do time do Morumbi. Com capacidade para 1500 pessoas, o lugar é de acesso praticamente impossível para quem está de condução, mas relativamente tranquilo para quem tem carro e possui um GPS. Graças ao milagroso aparelho chegamos ali na boa. 


Troca de passes no meio de campo. Foto: Fernando Martinez. 


Ataque do Tricolor no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez. 

Pena que a beleza um tanto quanto bucólica do lugar não serviu de inspiração para os atletas durante os 90 minutos. Olha, o jogo foi muito, mas muito fraco. Por estar classificado e com a primeira posição garantida, o Tricolor não utilizou seus principais atletas da categoria. Sérgio Baresi usou jogadores reservas e alguns do time sub-17 que já foi eliminado do respectivo certame. 


Melhor chance de gol nos 90 minutos. A bola ficou zanzando na área do time local e o Taboão da Serra chutou na trave. Foto: Fernando Martinez. 


Atleta do time do Morumbi tentando furar o bloqueio defensivo do CATS. Foto: Fernando Martinez. 

Com isso, o futebol da equipe local foi previsível e sem inspiração alguma. O Taboão da Serra, se despedindo melancolicamente da triste temporada de 2012, se aproveitou disso e fez uma peleja equilibrada. Durante os 90 minutos o Tricolor não criou nenhuma chance digna de registro, e o CATS conseguiu uma bola na trave no tempo final... E só. 


Bola no céu e jogadores atentos ao movimento da mesma. Foto: Fernando Martinez. 

Final de jogo: São Paulo 0-0 Taboão da Serra. O modorrento jogo sem gols não influiu em nada na tábua de classificação do Grupo 4, já que o SPFC já havia garantido a liderança há tempos. O CATS por sua vez termina o certame com 8 pontos ganhos em 12 jogos disputados. Resta ao time da Grande São Paulo aguardar 2013 para ver se dias melhores virão. 

Após o final da peleja ainda voltamos a conversar com a assessora de imprensa do clube antes de voltarmos para a capital paulista. Apesar de em nenhum momento agir sem cordialidade ou de forma incorreta com ela, a mesma ainda achou que eu fui mal-educado. Bom, qualquer um que me conhece sabe que não sou de ficar tratando mal ninguém, então deixo ao público do JP fazer o julgamento. Uma pena, mas reitero, não volto mais lá para nenhum jogo. Bom, e derretendo graças ao calor sem sentido nessa época do ano, cheguei em casa e passei um sábado na maior morgação, já pensando na rodada decisiva da Segundona de domingo. 

Até lá! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário