Procure no JP

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Corinthians fecha a segunda fase do sub-17 como líder da sua chave

Fala pessoal!,

Os três dias do final de semana prolongado pelo feriado de 7 de setembro foram corridos e cansativos, mas absolutamente fantásticos. A overdose futebolística começou logo cedo na sexta-feira, com um confronto válido pela última rodada da segunda fase do Campeonato Paulista sub-17. Corinthians e a genial Ranchariense jogaram no Estádio Antônio Soares de Oliveira, em Guarulhos

Aliás, por mais que eu saiba que nada vai mudar para melhor nesse assunto, acho um absurdo o alvinegro do Parque São Jorge desencanar tanto da sua verdadeira casa como o faz há tempos. É, por mais bobagens que muitos torcedores desavisados falem, o Timão tem SIM sua casa, o histórico Parque São Jorge. "Ah, mas o time não joga lá", "ah, mas não manda um jogo profissional ali faz tempo"... Fato, mas isso não quer dizer que o time não tenha estádio. 

Em tempos de construção do novo estádio no bairro de Itaquera, bem que o marketing corintiano poderia dar uma recauchutada na antiga Fazendinha e colocar ali jogos das categorias de base e alguns amistosos. Já que nos tempos atuais o Mosqueteiro é o time que mais arrecada em vários quesitos, não seria genial ter uma fonte de renda a mais ligada às suas origens? Não seria legal bater na tecla que o time paulistano será o único da maior capital da América Latina com dois estádios preparados para jogo? As respostas parecem claras, mas a diretoria do clube parece dar de ombros para as respostas. 

Dito isso, e temendo que o quase centenário Estádio Alfredo Schurig vire escombros em tempos não tão remotos, saí de casa cedo para chegar a tempo das fotos das equipes. O tempo de viagem de onde moro até a cidade Guarulhos nem é tão grande assim, mas se formos de carro. De metrô e ônibus a coisa pega um pouco mais, Mas dei sorte, e levei pouco mais de uma hora até chegar no principal palco do futebol guarulhense. 

Chegando ali, encontrei o Nílton e o Renato. O amigo suzanense chegou mais cedo e viu a vitória corintiana por 1x0 contra o São José pelo sub-15, e estava apreensivo para colocar mais uma equipe na sua Lista, no caso o onze de Rancharia. Logo fui autorizado para captar as imagens oficiais: 


SC Corinthians (sub-17) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


AA Ranchariense (sub-17) - Rancharia/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Trio de arbitragem e capitães. Foto: Fernando Martinez. 

Acho que para a maioria do pessoal que conhece mesmo o futebol paulista é estranho ver a Ranchariense jogando com camisa vermelha, afinal, o time sempre foi azul e branco. De acordo com o Guto, técnico do time, essa mudança aconteceu pois o vermelho é cor de uma das empresas que estão mais ajudando a equipe. 

Fora do profissionalismo desde 2008, ele também nos informou que o projeto é voltar a disputar a Segundona em 2013. A base da equipe poderá ter alguns atletas desse time sub-17 que fez bom papel no certame 2012. A Ranchariense chegou na última rodada dessa fase precisando vencer o Corinthians e torcendo por uma vitória do Palmeirinha contra o Paulínia. Missão quase impossível. 


Troca de passes no ataque da Ranchariense, agora com uma bela camisa vermelha. Foto: Fernando Martinez. 

De qualquer forma, a equipe começou a peleja muito bem, e logo aos 5 minutos Gláuber recebeu um bom passe da direita e, do meio da área chutou forte para abrir o marcador. O Corinthians sofreu com o calor e com o bom posicionamento do time visitante, não conseguindo fazer valer seu papel de favorito. 


Detalhe do chute de Gláuber, no primeiro gol da manhã em Guarulhos. Foto: Fernando Martinez. 

Somente aos 31 minutos os locais chegaram à igualdade, quando Gustavo escorou de cabeça uma bola alçada da esquerda. Com um sol pra cada um e um calor fortíssimo, o intervalo chegou com o 1x1. Para o segundo tempo, joguei a toalha e fui para as cabines de imprensa. Lá, além dos amigos já citados, o Ricardo, amigo dos tempos da faculdade e fã incondicional de jogos perdidos, também deu as caras. 


Camisa 2 da equipe visitante atacando pela direita. Foto: Fernando Martinez. 

O segundo tempo então começou com os times mandando bem mesmo debaixo do sol forte e fazendo uma belíssima partida para os espectadores. Aos 3 minutos o Timão virou o placar através de Washington. Ele se aproveitou de rebote do arqueiro da Ranchariense em chute à queima-roupa de Gustavo. 


Ataque corintiano pelo alto ainda no tempo inicial. Foto: Fernando Martinez. 

Mas mesmo tendo sofrido a virada, o onze interiorano não desanimou e continuou mostrando bom futebol. Foi uma partida bastante agradável, com certeza uma das melhores do segundo semestre até aqui. Premiando essa bela exibição, a Ranchariense chegou ao novo empate aos 34, com o gol de Ian. Ele recebeu bola na esquerda, fez a volta em cima do zagueiro e chutou no canto direito. 


Ataque do time do Parque São Jorge no tempo final. Foto: Fernando Martinez. 

Só que jogar contra o Corinthians fora de casa é sempre complicado, e faltando um minuto para o final do jogo o time do Parque São Jorge fez o terceiro. Leonardo fez grande jogada individual, driblou com estilo o zagueiro e chutou colocado no cantinho esquerdo de Luiz. 


Lance de Corinthians x Ranchariense, pelo Paulista sub-17. Foto: Fernando Martinez. 

Final de jogo: Corinthians 3-2 Ranchariense. Com esse triunfo, o alvinegro terminou essa fase na liderança do Grupo 19 com 15 pontos ganhos, três à frente do Paulínia, segundo colocado. O Mosqueteiro agora fará parte do Grupo 23 da terceira fase junto com Ponte Preta, Marília e Portuguesa. Apesar da eliminação, a equipe de Rancharia fez bonito papel nesse certame, e torcemos pela volta ao profissionalismo em 2013. 

Saímos de Guarulhos correndo, pois não podíamos perder muito tempo, já que havia outra partida nos esperando na parte da tarde. E nada mais "8 ou 80" do que sair de um jogo perdido pelo sub-17 e ir para um amistoso internacional com a seleção cinco vezes campeã do mundo no Morumbi. 

Até lá! 

Fernando

Um comentário:

  1. eu tbm vi este time da ranchariense jogar , a tempos eu não via um time tão posicionado habilidoso e forte , parabéns rancharia

    ResponderExcluir