Procure no JP

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Jabuca é o novo líder do Grupo 7 da Segundona

Opa, 

No domingo passado fechei os trabalhos do JP no final de semana com um jogo do Campeonato Paulista da Segunda Divisão no litoral paulista. Junto com o renascido das cinzas Emerson, pegamos o caminho para Santos para acompanhar um jogo do sempre genial Jabaquara. O adversário do Leão da Caneleira foi o Grêmio Mauaense, e o palco foi a casa rubro-amarela, o Estádio Espanha


Fachada do Estádio Espanha, casa do Jabaquara Atlético Clube. Foto: Fernando Martinez. 

Descemos a serra na boa e em menos de uma hora de viagem já nos encontrávamos nas dependências do estádio jabaquarense. Pude notar que a diretoria do clube vem fazendo um ótimo trabalho. Além de cuidar muito bem das instalações, o pessoal fez uma espécie de lojinha por lá que vende material exclusivo - camisas, agasalhos, liros, bonés - do Jabuca. Outra iniciativa genial é distribuir um folheto colorido aos torcedores com informações dos jogos realizados em casa. Nota 10 para o pessoal do Jabaquara. 


Jabaquara AC - Santos/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Grêmio E Mauaense - Mauá/SP. Foto: Fernando Martinez. 


Trio de arbitragem com o árbitro Rodrigo Santos e os assistentes Jumar Nunes Santos e Leonardo Schiavo Pedalini. Na imagem também os capitães do Jabaquara, Rodrigão, e do Mauaense, Floriano. Foto: Fernando Martinez. 

Os dois times estavam empatados com quatro pontos antes do início dessa peleja e um triunfo para qualquer lado deixaria o vencedor como líder do Grupo 7 após o término da terceira rodada. O Jabaquara era favorito, pois além de contar com a presença de ótimos nomes, como o já conhecido Edgar e o camisa 9 Rodrigão (ex-Palmeiras, ex-Santos), maior destaque da equipe, contava com o "desmanche" do time de Mauá por parte do parceiro São Bernardo FC, que levou parte dos seus atletas de volta ao Primeiro de Maio. 


Chute de longe no ataque jabaquarense. Foto: Fernando Martinez. 

E a partida foi tranquila para os lados do Jabaquara. Os mais de 200 pagantes viram uma apresentação sólida da equipe santista, sem sofrer maiores sustos. A primeira metade do tempo inicial foi toda dos donos da casa, que abriram o placar aos 10 minutos com o gol de Pedro Henrique. Ele se aproveitou de bola espirrada na pequena área depois de escanteio vindo da direita e colocou o Leão da Caneleira na frente. 


Detalhe do primeiro gol do Jabaquara no jogo. O camisa 7 Edgar atrapalhou o goleiro e a bola sobrou livre para Pedro Henrique marcar. Foto: Fernando Martinez. 

Sem sofrer sustos até os 30 minutos, o Jabaquara mostrou um bom conjunto e teve nos já citados Edgar e Rodrigão as melhores figuras em campo. Nos 15 minutos finais o Mauaense passou a arriscar algumas investidas, mas não teve sucesso. O primeiro tempo terminou com a vitória parcial mínima do time rubro-amarelo. 


Rodrigão fazendo o drible em mais um ataque do Jabuca contra o Mauaense. Foto: Fernando Martinez. 

No intervalo saí do campo de jogo para beber algo e resolvi ficar ali mesmo para o segundo tempo. Entre uma conversa e outra, a descoberta da manhã foi que o atacante Neymar já vestiu a camisa do glorioso Jabaquara, isso ainda quando criança. Explicado então o motivo dele ter se tornado um grande atleta... Ele tem sangue jabaquarense! 


Neymar, abaixado no centro da foto, vestindo a camisa do glorioso Jabaquara Atlético Clube ainda criança. Corre sangue rubro-amarelo no rapaz. Foto: Coleção pessoal Francisco Ramos. Reprodução: Fernando Martinez. 

Após essa descoberta, fui com o Emerson acompanhar o ataque do onze local na arquibancada que fica atrás do gol "de fundo" do Estádio Espanha. O Grêmio começou a etapa final tentando o empate em investidas um tanto quanto insossas. O Jabuca jogava de forma tranquila, mas pecava no toque final. 


Zaga do Grêmio tirando a pelota de dentro da área. Foto: Fernando Martinez. 


Boa cobrança de falta para o Leão da Caneleira no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez. 

A peleja seguiu sem maiores emoções e aproveitamos para colocar o papo em dia, afinal de contas, já não encontrava o amigo jabaquarense desde o começo do mês de janeiro, numa rodada dupla que fizemos em Taubaté. Enquanto o papo fluía bem, o Jabuca chegou ao segundo gol com o capitão Rodrigão. Ele recebeu bom passe na direita, avançou e chutou forte da entrada da área no canto do arqueiro visitante. 


Chegada do Jabuca pela direita. Foto: Fernando Martinez. 


Zaga do Mauaense tocando a bola no final da partida. Foto: Fernando Martinez. 

O segundo gol do time santista foi a pá de cal nas pretensões do onze mauaense no jogo. E a peleja acabou mesmo mostrando o placar de Jabaquara 2-0 Mauaense. A equipe rubro-amarela agora soma sete pontos e é líder da chave. O Grêmio estaciona na quarta posição, com os mesmos quatro. Mas já considero o time de Santos uma força nessa Segundona, pois tem bons jogadores, um bom parceiro e uma diretoria que somente ajuda o time, não atrapalha. Pode dar trabalho no decorrer do certame. 

Até a próxima! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário