Procure no JP

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Bernô perde para o São Vicente e continua sem vitórias na Segundona

Opa, 

Final de semana cheio no JP. Foram cinco jogos com nossa cobertura por três torneios diferentes na sexta, sábado e domingo. Na sexta, fiz a abertura dos trabalhos da casa em mais uma peleja do genial Campeonato Paulista da Segunda Divisão, agora com o duelo São Bernardo x São Vicente no Baetão. O caminho da minha casa até o ABC paulista foi naquele velho esquema do horário de rush: aperto no trem da CPTM e aperto no trólebus da EMTU. 

Como saí cedo de casa, aportei no bom e velho terminal São Bernardo com tempo daquela famosa boquinha regada à muita bizarria num boteco ali do lado. No quesito "momentos bisonhos", a pauta do dia foi acompanhar duas moçoilas dançando languidamente um dos insuportáveis 'hits' nacionais do momento na porta do estabelecimento, sem medo de serem felizes. Até Freddy Krueger se assustaria com a tal dança. 

Depois da verdadeira Hora do Pesadelo no boteco, fui para o Baetão e logo na entrada no gramado sintético encontrei os amigos Júlio César Passarelli e Gigio Sareto, técnico e diretor do Bernô. Como sempre, os dois foram extremamente receptivos comigo e pude saber de detalhes dos bastidores do clube, algo sempre bastante revelador. A conversa foi rápida, pois as equipes logo entraram em campo e eu fui captar as exclusivas imagens para o JP


EC São Bernardo - São Bernardo do Campo/SP. Foto: Fernando Martinez. 


São Vicente AC - São Vicente/SP. Foto: Fernando Martinez. 


O árbitro Leonardo Vinicius Pereira, os assistentes Paulo de Souza Amaral e Cláudio Roberto da Costa e o quarto árbitro Emiliano Alves Costa junto com os capitães do Bernô e do time do litoral. Foto: Fernando Martinez. 

Válido pela terceira rodada do Grupo 7 do certame, o São Bernardo somava dois pontos em dois jogos disputados, enquanto o São Vicente tinha três, obtidos numa vitória na primeira rodada. Numa fase de tiro curto como está sendo essa desse ano, qualquer ponto perdido, principalmente em casa, pode ser fatal. Logo, a "obrigação" da vitória era do onze local. 


Ataque do Bernô nos primeiros minutos da partida. Foto: Fernando Martinez. 

Só que o time do litoral começou o jogo a mil, e logo aos 3 minutos Flávio acertou um tirambaço da entrada da área e colocou a bola no ângulo esquerdo de Jefferson, que nada pode fazer. A partida estava num clima quente, muito graças a algumas provocações feitas por atletas do São Vicente no Facebook. A minha previsão de confusão durante o jogo estava se confirmando cedo. 

O jogo seguia quente, e aos 15 minutos aconteceu um lance difícil. Numa jogada pelo alto, o goleiro Clebão subiu para afastar a bola, mas esbarrou num atleta do São Bernardo e caiu de costas no chão. O arqueiro não se mexia, e vimos então que o lance tinha sido feio. Logo a equipe médica local começou o atendimento ao arqueiro. A peleja ficou paralisada por mais de 10 minutos, até que ele finalmente fosse retirado do gramado. 


Lance da contusão do goleiro Clebão, do São Vicente, Um segundo depois dessa imagem, ele se contundiria e seria substituído. Foto: Fernando Martinez. 

A partida só não foi interrompida pois o árbitro resolveu aguardar a chegada de outra ambulância ao invés da que estava presente se ausentar para levar Clebão ao hospital. Ao presenciar de perto essa cena, na hora me lembrei de toda a confusão no "jogo da penumbra" entre Nacional e o mesmo São Vicente ano passado no Nicolau Alayon. Na ocasião, o jogador Lutcho sofreu fratura exposta na perna e demorou demais para ser levado ao pronto socorro. De qualquer forma, esperamos que o goleiro vicentino se recupere logo desse susto. 


Dois momentos do atendimento médico ao arqueiro do São Vicente lesionado no Baetão. Foto: Fernando Martinez. 

Após 13 minutos a bola finalmente voltou a rolar no Baetão. Mas o São Bernardo levou cerca de um minuto para se concentrar de novo na peleja. Só que esse tempo se mostrou fatal quando a zaga do São Vicente deu um chutão para a área do Bernô. O zagueiro deixou pro goleiro e o goleiro deixou pro zagueiro. O camisa 10 Lutcho agradeceu a indecisão e apareceu livre para tocar de leve e fazer o segundo da equipe visitante. A comemoração aconteceu com o arqueiro lesionado ainda dentro da ambulância. 


Cobrança de falta que fez muitos torcedores presentes no estádio comemorarem o gol. Mas a bola tinha batido pelo lado de fora da rede. Foto: Fernando Martinez. 


Boa saída do arqueiro vicentino ao final da etapa inicial. Foto: Fernando Martinez. 

O Bernô sentiu muito esse gol e não conseguiu colocar os nervos no lugar durante o restante da primeira etapa. A peleja seguiu pegada, num clima bélico e com muitas jogadas ríspidas. O astral não era bom, e aos 38 minutos aconteceu uma grande confusão na lateral do gramado, e na muvuca, Waguininho, do São Vicente, e Willian, do São Bernardo, foram expulsos. 


Início de ataque do onze local. Foto: Fernando Martinez. 

A etapa inicial terminou de um jeito estranho, ainda com a vitória parcial de 2x0 para o São Vicente. Saí do campo de jogo para acompanhar o segundo tempo com os amigos Thiago, Pedro (com sua namorada Marjory), Luiz e o grande Bolívia do Bernô. Por lá também o Sérgio e um zonzo Mílton, ainda se recuperando de um percalço acontecido com um simpático cãozinho na tarde da sexta. 


Bola alçada na área do São Bernardo no segundo tempo da peleja. Foto: Fernando Martinez. 

No segundo tempo o Bernô buscou colocar a cabeça no lugar e infernizou bastante a zaga vicentina. Só que a equipe não estava numa noite feliz, e os ataques eram todos desperdiçados. O onze visitante levava perigo nos contra-ataques, e fez o arqueiro Jefferson trabalhar bastante. De tanto insistir, o São Bernardo diminuiu aos 23 minutos com um gol de Maikon. 


Chance do Bernô pelo alto. Foto: Fernando Martinez. 

Apesar das várias tentativas de chegar ao empate, o onze do ABC paulista não conseguiu marcar o segundo gol. Antes do apito final o time teve mais um atleta expulso, o camisa 7 Chuck, e viu o terceiro jogo no campeonato terminar ainda sem nenhum triunfo. Final de jogo: São Bernardo 1-2 São Vicente. A vitória deixou a equipe vicentina na liderança provisória do Grupo 7 (isso até a vitória do Jabuca no domingo) com seis pontos. 

Já para o Bernô fica claro que o alerta vermelho foi ligado pelos lados do Baetão. Nessa primeira fase são apenas 10 partidas, e o time fica com a obrigação de vencer sua próxima partida caso ainda queira pensar em classificação para a fase seguinte. O complicado é que o adversário é nada menos do que o líder Jabaquara. Mas ainda tenho fé que o time possa transformar essa situação em breve. 

Na companhia do Sérgio e do Mílton seguimos de volta para o Terminal São Bernardo e dali cada um seguiu para o seu lar. A noite da sexta-feira trouxe ainda um jogaço dos playoffs da NBA na TV a cabo, e no sábado acompanhei um inédito jogo, também pela Segundona. 

Até lá! 

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário