Procure no JP

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Grêmio Barueri derrota São José/RS e avança às oitavas-de-final da Copinha

Olá,

Continuando com a cobertura da 40ª Copa São Paulo de Futebol Júnior, agora na sua segunda fase (mata-mata) com a participação de 32 equipes, na última quarta-feira, estive na cidade de Barueri, mais precisamente na magnífica Arena Barueri, para acompanhar o duelo entre o time paulista do G.R. Barueri contra a equipe gaúcha do E.C. São José de Porto Alegre.

Essas duas equipes já haviam se defrontado na primeira fase, em partida válida pelo Grupo N e que apresentou a vitória do Barueri por 2 a 1. Agora voltaram a campo para decidirem qual time continuaria na competição e, antes de falar de bola rolando, apresento os participantes da partida nas fotos exclusivas que estão abaixo:


G.R. Barueri (Sub-20) - Barueri/SP. Foto: Orlando Lacanna.


E.C. São José (Sub-20) - Porto Alegre/RS. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem. Foto: Orlando Lacanna.

Por se tratar de um jogo decisivo, o que se viu em campos nos primeiros trinta minutos, foi uma partida amarrada com muita marcação, várias faltas e poucos lances de ataque, a não ser, uma ou outra jogada de bola parada. Apesar da forte marcação dos gaúchos, o time paulista teve mais iniciativa na busca do ataque, entretanto, seus atacantes não conseguiam dar sequência aos lances.


Tentativa de início de jogada de ataque do Barueri. Foto: Orlando Lacanna.

Mesmo com maior domínio por parte do Grêmio Barueri, a primeira real chance de gol para abertura da contagem, foi do São José, aos 30 minutos, quando Douglas obrigou o goleiro Moisés a praticar excelente defesa depois de um bate-rebate na área do Barueri, que respondeu um minuto depois, numa jogada perigosa com a participação de Juan.


Escanteio cobrado pela esquerda do ataque do Barueri. Foto: Orlando Lacanna.

A partida seguia no mesmo ritmo de forte marcação, quando aos 43 minutos, ocorreu um lance que acabaria tendo influência no restante do jogo, ou seja, o zagueiro Renan do São José foi expulso por ter recebido o seu segundo cartão amarelo ao cometer uma falta mais dura. Essa expulsão provocou muitos protestos por parte dos visitantes, que não se conformavam com os critérios do árbitro.

Numa partida amarrada com muita marcação, a presença de um atleta a mais pode fazer a diferença e, não deu outra, pois logo após a saída do zagueiro aos 47 minutos, o Barueri chegou ao primeiro gol, anotado por Edvan, aproveitando rebote da zaga, após cobrança de falta pela direita.


Bola indo para o fundo rede gaúcha no gol inaugural dos paulistas. Foto: Orlando Lacanna.

No segundo tempo, logo no início, o Barueri já dava mostras que tinha voltado com o firme propósito de liquidar a fatura o quanto antes, tanto que, ao 8 minutos, o avante Renan penetrou pela meia esquerda e mandou um tirambaço no ângulo que foi espetacularmente desviado para escanteio pelo goleiro Afonso. Não demorou muito e o Barueri chegou ao segundo gol, aos 14 minutos, agora anotado por Juan, que aproveitou bem um rebote vindo da zaga, após cobrança de falta pela esquerda, num lance muito parecido com o da marcação do primeiro gol.


Goleiro no chão e bola na rede no segundo gol do Grêmio Barueri. Foto: Orlando Lacanna.

Em desvantagem de dois gols no placar e com um homem a menos, o São José dava sinais que teria muitas dificuldades para tentar reverter a situação que era difícil e que acabou ficando pior aos 20 minutos, quando o "Zequinha" teve o seu outro zagueiro (Vinicius) também expulso, sendo que nesse caso, o cartão vermelho foi exibido direto. Depois da segunda expulsão, o jogo caiu um pouco de ritmo, uma vez que o Barueri deu uma segurada, passando a insistir nos arremates de meia distância que passavam longe da meta gaúcha, enquanto o São José não conseguia articular jogadas ofensivas.


Ataque do Barueri pela esquerda no segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna.

A partir dos trinta e cinco minutos, o Barueri voltou a forçar um pouco mais o ritmo e, naturalmente, chegou ao terceiro gol , aos 36 minutos, dessa vez marcado pelo zagueiro Felipe, que aproveitou uma sobra de bola no interior da área e fez giro em cima da zaga adversária, batendo firme sem defesa. Após esse gol, o time da casa chegou outras vezes com perigo, porém a boa atuação do goleiro Afonso impediu o aumento da contagem.


Goleiro Afonso evitando novo ataque perigoso do Barueri. Foto: Orlando Lacanna.

Nos últimos minutos o Barueri ficou tocando bola, apenas esperando o fim da partida que apresentou o resultado final de Grêmio Barueri 3 - 0 São José que classificou a equipe da Grande São Paulo para as oitavas-de-final, quando vai enfrentar o vencedor do duelo paulista entre o São Paulo contra o Juventus. Com relação ao São José, que reclamou muito da arbitragem nesse jogo, fica a boa impressão que deixou por conta da sua participação na primeira fase e a esperança de voltar na próxima edição da Copinha em 2.010. Foi isso.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário