Procure no JP

sábado, 24 de janeiro de 2009

Corinthians classificado para sua 14ª final de Copa São Paulo

Opa,

Seguindo com a cobertura JP das semifinais da Copa São Paulo, nessa sexta-feira fria e chuvosa em São Paulo tivemos o jogo para definir o adversário do Atlético/PR na Final da Copinha. A decisão da vaga aconteceu no Estádio do Pacaembu e reuniu os times do Avaí e do Corinthians. Mais do que uma semifinal, pude ver um jogo de Copinha à noite no tradicional estádio paulistano, coisa que não acontecia há tempos. Desde os meus tempos de moleque, ouvindo jogos decisivos da competição no rádio.

E nada melhor do que ver esse jogo e poder também comemorar meu 1500º jogo visto ao vivo nos estádios. Muitos campeonatos diferentes, estádios visitados e um total de 475 times até aqui só abrilhantam minha listinha de jogos. O mais legal é que pelas minhas contas, verei o jogo 2000 entre 2012 e 2013, e espero que ele possa aparecer por aqui, assim como o milésimo jogo apareceu em 2006.

Bom, falando dessa semifinal, lógico que jogo do Corinthians no Pacaembu é sempre ponto para a imprensa local. Depois de passar por 417 fiscais, 294 corredores e 129 barreiras, consegui entrar no sagrado gramado do Paulo Machado de Carvalho para as fotos oficiais do jogo. Junto comigo mais nove ou dez fotógrafos também fizeram as fotos, mas duvido que elas saiam em algum outro lugar além daqui:


SC Avaí (sub-20) - Florianópolis/SC. Foto: Fernando Martinez.


SC Corinthians P (sub-20) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Quarteto de arbitragem da partida com os mascotes da FPF. Foto: Fernando Martinez.

O Corinthians chegou invicto à essa semifinal, ostentando uma campanha com cinco vitórias e apenas um empate (contra o CSP, em jogo com cobertura do JP feita pelo Orlando), tendo marcado 13 gols e sofrido apenas 3. O Avaí perdeu o primeiro jogo contra o América/MG por 2 a 1 e dali para frente só teve vitórias, cinco no total. A equipe catarinense marcou 15 gols e sofreu 6. Equilíbrio em campo, e a certeza de uma grande partida. Para isso então eu fui me abrigar nas numeradas do Pacaembu. Mesmo com uma garoa que não passava e com o vento fazendo a curva por ali, era o melhor lugar para ver o jogo. Dali vi o Corinthians começar a partida a mil, indo com tudo em cima da defesa azul.


Ataque do Avaí no primeiro tempo de partida. Foto: Fernando Martinez.

Logo no começo o time teve três ótimas chances para abrir o marcador, duas bateram na trave e a outra foi salva em cima da linha por um zagueiro do Avaí. O time catarinense não passava do meio-de-campo, mas sendo boa equipe como é, foi questão de tempo para o time aprontar das suas no Pacaembu.


Corintiano correndo atrás da bola durante o primeiro tempo. Foto: Fernando Martinez.

O Corinthians perdeu as chances para abrir o marcador e a velha máxima do futebol apareceu por lá. Aos 31 minutos, depois de cruzamento da direita, o zagueiro Guilherme trombou com o goleiro André Dias e a bola sobrou na maciota para Cristian só empurrar de peito para o fundo das redes. Festa na torcida azul e 1 a 0 para o time do Sul no placar.


Chance de gol para o Corinthians, que dominou o primeiro tempo mas saiu perdendo. Foto: Fernando Martinez.

O Timão foi pra cima tentar o empate ainda no primeiro tempo, mas esbarrou em duas boas defesas do goleiro Renan. E o jogo então foi para o intervalo com a vantagem mínima para os catarinenses. Será que aconteceria uma final inesperada entre times do Sul do país, apenas a quarta final sem paulistas da história da Copinha? E enquanto esperava o segundo tempo chegar, lembrei da presença do meu querido mp3 para poder me acompanhar no tempo final da partida. Afinal de contas, é sempre bom ver um jogo de futebol ao som de Beatles, The Who! e Kiss, entre outros... beeeem melhor do que aquele pagodinho que rola nos intervalos de nove entre dez estádios brasileiros.

Completamente musical, o segundo tempo então começou com o Corinthians tentando chegar logo ao empate. Uma grande chance foi perdida aos 8 minutos, com belíssimo chute de Boquita e defesa mais bonita ainda de Renan. Mas aos 10 minutos finalmente a torcida alvinegra fez a festa nas arquibancadas do Pacaembu. Numa falta pela esquerda, o camisa 7 Marcelinho chutou e colocou a bola caprichosamente no ângulo esquerdo do goleiro. Um golaço, que mesmo tendo sido sem querer não perde o brilho.


Detalhe do gol de empate do Corinthians, numa perfeita cobrança de falta de Marcelinho. Foto: Fernando Martinez.

Daí para frente os dois times fizeram um jogo bastante truncado no meio-campo. O Corinthians procurou mais o gol, enquanto o Avaí estava mais preocupado em se defender. Nesse tempo, eu também procurei me defender da garoa que apertou bastante e encurralou torcedores nas numeradas descobertas do Pacaembu. Nessas horas é bom ter uma mochila grande e resistente, e ela acabou me servindo como um belo guarda-chuva.


Cobrança de falta que levou o goleiro Renan fazer uma ótima defesa. Foto: Fernando Martinez.

O jogo foi chegando ao seu final com mais uma boa defesa de Renan aos 35 minutos e duas boas chegadas do Avaí no final do jogo. Mas ao término dos 90 minutos o jogo ficou mesmo em Avaí 1-1 Corinthians. Agora a tão temida decisão na marca do pênalti tinha chegado.

Com uma grande tensão no ar, o Avaí iniciou a série com gol de Renan Oliveira. Os próximos três pênaltis foram convertidos, até começar uma série de tiros desperdiçados. Primeiro, Juninho (Avaí) cobrou para defesa de André Luís. Depois, Fernando Henrique (Corinthians) chutou para defesa do goleiro e Luan (Avaí), Vinícius (Corinthians) e Ildemar (Avaí) chutaram suas cobranças na trave. A última cobrança então foi do zagueiro Bruno, que encheu o pé e marcou o terceiro gol alvinegro, o gol que classificou o time para a Final.


Último pênalti do Avaí e Luan chuta a bola na trave superior. Foto: Fernando Martinez.


Enquanto isso, Bruno enchia o pé e colocava o Corinthians na 14ª final de Copinha na história. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo então com o placar de Avaí 1 (2) - 1 (3) Corinthians. O Timão agora joga a Final da Copinha contra o Atlético/PR, domingo cedo no Pacaembu. Será a 14ªfinal do Corinthians, que ganhou o título em seis dessas oportunidades. O time paranaense nunca tinha chegado à decisão, e vai com tudo em busca do primeiro título.

E nas quatro Copas São Paulo que o JP esteve presente desde seu nascimento, já fomos em três finais. Vimos o Corinthians ganhar do Nacional em 2005, o América/SP surpreender e bater o Comercial-RP nos pênaltis em 2006 e o Figueirense levar o primeiro título catarinense da Copa em 2008. Agora em 2009, mais uma vez estaremos presentes.

Mas antes disso tem estréia da Série A2 Paulista... até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário