Procure no JP

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Grêmio Barueri vira em cima do Brasiliense e chega perto do G4

Fala pessoal!

Em um post noturno, algo raro aqui no JOGOS PERDIDOS nos dias de hoje, volto a falar de um campeonato que está na crista da onda graças a um certo time alvinegro. Falo do Campeonato Brasileiro da Série B, tão visto aqui no blog em anos anteriores, mas que esse ano está sumido devido à logística ruim para acompanhar os jogos. Aproveitando justamente um horário decente para uma partida de futebol (19:30), fui até a Arena Barueri para ver o jogo entre Grêmio Barueri e Brasiliense, pela 27ª rodada da competição.

Foi fácil chegar até a cidade de Barueri pois trabalho do lado do metrô Barra Funda. Mesmo sendo hora do rush, até que não foi difícil ficar em pé no trem cheio e com as figuras que sempre vemos em trens. Digo dos vendedores ambulantes que vendem de tudo e dos mal-educados que sentam nos lugares reservados para gestantes e idosos e fingem que estão dormindo. Um figura fez isso na frente de uma grávida e não tive como senão pedir para que o mesmo desse lugar a ela. Com um simples "ah, eu não tinha visto" o cidadão ainda ficava jogando lixo pela janela... educação 100%!

Depois dessa emoção toda, cheguei são e salvo na Estação Barueri e de lá um táxi me levou até a Arena, pois a preguiça falou mais alto. No caminho, muitos carros com jingles políticos de gosto duvidoso atrapalhando o trânsito, mas ainda cheguei a tempo no estádio. Notei que o pessoal de apoio do estádio é muito simpático e logo fui me instalar na arquibancada superior, que tem uma ótima vista para o gramado. Só tinha ficado uma vez ali, num jogo da Série B do ano passado e foi muito bom voltar lá, muito pelos banheiros de primeiro mundo e pelas guloseimas no bar de lá.


Troca de passes no meio de campo do ataque dos donos da casa no começo do jogo. Foto: Fernando Martinez.

Bom, e dali vi um jogo que reuniu times em situação distinta na Segundona. O Barueri busca um lugar no G4 enquanto o Brasiliense luta contra o rebaixamento. A partida foi dominada completamente pelo time da casa na primeira etapa, que abusou do direito de perder gols. Bola na trave, milagres do goleiro do time de Brasília e falta de pontaria deixaram os torcedores de cabelos em pé, já preocupados com a avalanche de gols perdidos.


Escanteio para o Grêmio Barueri, num primeiro tempo em que o time dominou o jogo. Foto: Fernando Martinez.

No melhor esquema "quem não faz toma", o Brasiliense chegou ao seu gol no primeiro chute que deu no gol, aos 40 minutos. O jogador Iranildo chutou e contou com o desvio em um zagueiro do Grêmio Barueri para abrir o placar. Mesmo sendo muito melhor em campo, o Barueri viu o jogo chegar no intervalo com a derrota parcial por 1 a 0.

Nesse intervalo fui me proteger um pouco do frio no hall da lanchonete das arquibancadas superiores. Lá é um lugar muito bonito, com as atendentes da lanchonete sendo muito simpáticas e prestativas e com as mesinhas e banquinhos dando um ar de requinte ao lugar. TVs de plasma completam o local com o jogo passando ao vivo. E repito, o local tem o banheiro mais limpo e organizado de todos os estádio que já fui. Com uma limpeza incomum, não temos medo de usá-lo, coisa que acontece em 9 entre 10 estádios que visitamos por aí.


Pra quê ficar passando frio nas cadeiras se no estádio tem uma TV que passa o jogo ao vivo? Muitas pessoas desistiram de encarar a baixa temperatura e ficaram bebendo e vendo o jogo na moleza. Foto: Fernando Martinez.

Para o segundo tempo então voltei para meu gelado lugar esperando ver o time da casa conseguir transformar o domínio territorial em gols. Mas o jogo estava difícil e parecia que o time não iria conseguir melhor sorte. Mas tudo começou a mudar aos 20 minutos, com o empate do Barueri no gol de Thiago Humberto e em lance que a bola também bateu no zagueiro adversário, enganando o goleiro.


Finalmente depois de muita insistência, esse foi o lance de empate do Barueri. Mas, aonde está a bola? Foto: Fernando Martinez.

Com o gol, a porteira definitivamente se abriu, e o Barueri virou a partida apenas nove minutos depois, em cobrança de escanteio que o zagueiro Leandro finalizou. Com o 2 a 1 adverso, o Brasiliense se lançou ao ataque e quase empatou de novo num belo chute de fora da área que bateu na trave. Mas o segundo tempo era mesmo para os donos da casa, que fecharam o placar em golaço de Thiago Humberto aos 45 minutos.


Vira-vira na Arena Barueri: minutos após o empate, o time da casa passa na frente do marcador. Foto: Fernando Martinez.


Visão geral da bonita Arena Barueri. Quando ficar pronta vai ser um lugar ótimo para se ver um jogo. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Grêmio Barueri 3-1 Brasiliense. Boa vitória de virada dos anfitriões, que agora ficam somente a dois pontos do G4. Já o time amarelo de Brasília é o penúltimo colocado e candidato seríssimo ao rebaixamento para a Série C de 2009. Bom, e depois do jogo fiz o caminho de volta para a estação a pé mesmo, e mesmo congelando e dormindo em pé voltei de forma tranquila para meu lar.

E logo mais tem mais!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário