Procure no JP

sexta-feira, 5 de abril de 2013

São Bento joga mal e é derrotado em casa para o Marília na A3

Fala, pessoal!

Após a Inter de Limeira vencer o Palmeiras B em jogo válido pela 17ª rodada do Campeonato Paulista da Série A3, meu cronograma marcava uma viagem (a terceira do ano) até a cidade de Sorocaba, terra do atual líder isolado do certame, o centenário São Bento. Num duelo com clima dos anos 70, o time sorocabano recebeu o também tradicionalíssimo Marília AC.


Placar eletrônico do Wálter Ribeiro funcionando na noite de quarta-feira. Fazia tempo que não via ele ligado por lá. Foto: Fernando Martinez.

Iria nesse jogo de qualquer jeito já que era a única chance restante de ver o MAC ainda nessa fase, seguindo com meu plano de "matar" os 40 times da A2 e A3. Tinha pesquisado horários de ônibus da ida e da volta e sabia que seria uma noite bem corrida.

Por sorte, depois de ficar 90 minutos ouvindo pedidos insistentes de todos nós na Rua Javari, o seu Natal resolveu ir pra Sorocaba de carro. Com o amigo taxista devidamente convencido, enchemos o carro com os pesos-pesados Renato, Colucci e Sérgio e pegamos a Castelo Branco com destino à Manchester Paulista. Mesmo em horário de rush, chegamos lá sem enfrentar trânsito carregado.

E como acontece muito nas divisões de acesso, somente eu estava na beira do campo para captar as imagens oficiais das equipes, mesmo sendo uma partida reunindo equipes tão tradicionais no estado.


EC São Bento - Sorocaba/SP. Foto: Fernando Martinez.


Marília AC - Marília/SP. Foto: Fernando Martinez.


Capitães de São Bento e MAC junto ao árbitro Thiago Luis Scarascati e aos assistentes Vicente Romano Neto e Paulo de Souza Amaral. Foto: Fernando Martinez.

Líder isolado da A3 desde a décima rodada, o São Bento chegou a ficar 12 jogos invicto e também a engatar uma série de seis vitórias seguidas. Essa ótima campanha vem deixando a sua fanática torcida muito animada, e os bons públicos no Estádio Wálter Ribeiro são a prova disso. Sem dúvida é um dos fortes candidatos ao acesso.

Falando em liderança, o MAC chegou a ocupar esse posto na quinta e sexta rodadas dessa A3. Só que depois da vitória contra o Independente na décima rodada, a equipe da Capital da Alta Paulista teve uma série de seis jogos sem triunfos. O "ponto alto" dessa sequência sem dúvida foram as duas derrotas para Palmeiras B e São Vicente, times que lutam contra o rebaixamento, em casa.

Esses trágicos resultados tiraram o Marília do G8, grupo que o time fez parte em 14 das 16 rodadas do torneio. A diretoria do clube trocou o técnico (saiu o ex-atacante Guilherme e entrou o ex-Palmeiras B Luís dos Reis) para tentar não perder a chance de garantir a vaga, antes certa e hoje não tanto, na segunda fase.


Saída do arqueiro mariliense no segundo andar. Foto: Fernando Martinez.

E contrariando todas as expectativas, nem o mais fanático torcedor mariliense esperava uma atuação tão boa da sua equipe contra a sensação da competição, ainda mais fora de casa. O time não deu a menor chance ao São Bento e desde os primeiros segundos foi dona absoluta da partida.


Saída de bola da equipe do Marília. Foto: Fernando Martinez.

A primeira chance aconteceu aos 20 segundos (!), em chute que tirou tinta da trave de Henao. Aos 3 minutos, pênalti para o MAC. Só que Henao fez belíssima defesa na cobrança de Pereira e fez com que os 1.204 torcedores do São Bento tivessem a única comemoração da noite.


Henao defendendo a penalidade máxima de Pereira logo no começo da partida. Foto: Fernando Martinez.

O lance não abateu o onze visitante, que neutralizou todas as jogadas do confuso time local e criou várias oportunidades. A insistência finalmente deu resultado aos 25 minutos com o gol de Thiago Santos. Mais do que merecido, o MAC estava na frente do marcador. A partir do trigésimo minuto o São Bento até tentou esboçar alguma reação, mas a zaga visitante trabalhou bem e levou a partida para o intervalo com o 0x1 no placar.


Ataque sorocabano pelo alto sem perigo para o MAC. Foto: Fernando Martinez.

Fui para a arquibancada curtir o segundo tempo com os amigos presentes, e dali vimos o São Bento ter muito mais posse de bola e ter um enorme domínio territorial. Mas como os atletas não estavam em noite inspirada, isso não adiantou nada. O Marília jogava tranquilo e apostava nos contra-ataques.


O segundo tempo foi de pressão etérea do time local. Foto: Fernando Martinez.

Num deles, aos 34 minutos, Anderson avançou sozinho pela esquerda, entrou na área, pensou, escolheu o canto e chutou cruzado para marcar o segundo e decretar uma inesperada vitória para o time visitante. O surpreendente resultado de São Bento 0-2 Marília pode servir de alerta para a equipe sorocabana, já que quem busca o difícil acesso tem que estar concentrado em todos os jogos.


Briga entre o banco de reservas do São Bento e jogadores do Marília, que resultou na expulsão do técnico da casa. Foto: Fernando Martinez.

Os três pontos colocaram o MAC de novo na luta por uma vaga na próxima fase do certame. Mesmo vacilando demais em certos momentos, a equipe merece a classificação. Os jogos finais dessa A3 com certeza serão incríveis. Ah, e agora conto com 18 times vistos nessa competição em 2013, faltando apenas dois para chegar à minha meta de 40 times.

A nossa volta para São Paulo foi novamente tranquila e, como tradição ao trafegar pela Castelo Branco, fizemos uma básica parada para degustarmos os pastéis de Belém mais sensacionais que já vimos. Trouxemos uma boa quantia para curtir durante a semana. E também definimos a rodada do sábado e domingo. Curta, mas com duas partidas que foram ótimas.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário