Procure no JP

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Em jogo fraco, Portuguesa derrota o Capivariano e vira líder isolada na sua chave na A2

Opa,

Fechando a rodada dupla válida pelo Campeonato Paulista da Série A2 no meio de semana, fui ver o primeiro jogo da Portuguesa no Estádio Osvaldo Teixeira Duarte na segunda fase do certame. Pelo Grupo 3, a equipe rubro-verde recebeu o surpreendente Capivariano num duelo de líderes.

O time rubro-verde venceu o Catanduvense na estreia jogando fora de casa, enquanto o Leão da Sorocabana derrotou o bom time do Comercial no Carlos Colnaghi. Esperava um bom jogo, ainda mais levando em conta a peleja entre os dois na primeira fase e que teve vitória lusitana de virada também no Canindé.

Antes de chegarmos no estádio fizemos um pit-stop sensacional numa casa de esfihas nas redondezas que para mim é a melhor da capital. Ficamos um bom tempo por lá recarregando as baterias e depois catalogando dezenas de fotos de times posados (fornecidas pelo que vos escreve) da coleção pessoal do seu Natal. Modéstia à parte, é genial ver como a história do JP é rica.

Saímos de lá pouco antes das oito da noite e alguns minutos depois já estávamos dentro do clube. Logo fui para o campo de jogo, mas pena que novamente a Portuguesa não tenha posado para a foto oficial, algo que já tinha acontecido antes por aqui. De qualquer forma, a foto do Capivariano, com certeza a que mais interessa aos amigos que visitam o blog, segue abaixo:


A Portuguesa não posou, mas pelo menos fiz a imagem da equipe perfilada antes da peleja. Foto: Fernando Martinez.


Capivariano FC - Capivari/SP. Foto: Fernando Martinez.


Capitães da Lusa e do Leão da Sorocabana junto com o quarteto de arbitragem: Raphael Claus, Humberto Lellis Talarico Leite, Paulo de Souza Amaral e Filipe Buglia Cordeiro. Foto: Fernando Martinez.

Querendo se isolar na liderança do Grupo 3, a Portuguesa começou a peleja bem demais, não dando o mínimo espaço para o Capivariano. No primeiro ataque, a equipe teve grande chance de abrir o placar em chute à queima-roupa. No minuto seguinte não teve jeito para os visitantes. Após cruzamento da direita, Diego Viana chutou forte e marcou o seu nono gol no certame.


Ataque da Portuguesa no jogo contra o Capivariano no Canindé. Foto: Fernando Martinez.

Mas quem esperou por um massacre lusitano ou por uma vitória sossegada e sem sustos se enganou redondamente. A partir daí o jogo ficou equilibrado. Concentrando as ações basicamente no meio-campo e sem grande inspiração ofensiva de nenhum dos lados, o primeiro tempo demorou três horas para terminar.


O árbitro Raphael Claus confere se o atacante Diego Viana estava vivo ou não em lance da etapa inicial. Foto: Fernando Martinez.

Enquanto a torcida visitante, novamente comparecendo em grande número no Canindé, dava show, a torcida local já dava sinais de impaciência na saída dos jogadores paulistanos para os vestiários. Como desgraça pouca é bobagem, o povo nem imaginava que iria se revoltar muito mais por causa da apresentação da equipe no segundo tempo.


Boa saída do arqueiro do Leão da Sorocabana, evitando o segundo da Lusa. Foto: Fernando Martinez.


Zaga do Capivariano tira a bola do seu campo. Foto: Fernando Martinez.

Xingando impiedosamente o técnico Péricles Chamusca, o pessoal nas arquibancadas se irritou com as constantes investidas ofensivas do Capivariano. O Leão chegou muito perto de empatar o jogo com uma cabeçada de Roger aos 20 minutos, mas a pelota caprichosamente bateu na trave de Glédson.


Roger sobe sozinho e cabeceia na trave da Portuguesa. Foto: Fernando Martinez.

A Portuguesa até conseguiu chegar algumas vezes no campo defensivo adversário, mas a bola parecia queimar os pés dos atacantes rubro-verdes. Conforme o tempo passava, o número de "elogios" ao treinador lusitano aumentava absurdamente. Mesmo com mais uma vitória, ele saiu de campo sob uma sonora vaia.


Time local saindo para o ataque. Foto: Fernando Martinez.

O placar de Portuguesa 1-0 Capivariano deixou a Lusa como líder isolada do Grupo 3 da Série A2. Também passou a ter a melhor campanha no certame somando as duas fases, ficando na frente do Audax por um ponto. Nem isso fez a cabeça da torcida, que se pudesse teria invadido o campo para cobrar um melhor futebol.

O Leão da Sorocabana continua com três pontos, e tem todas as chances de garantir o inédito acesso para a A1. O Comercial soma os mesmos três pontos, e o Catanduvense é o lanterna após ter perdido seus dois compromissos.

Bom, voltei para casa ainda para acompanhar um pouco de futebol da Copa do Brasil e Libertadores pela telinha. No restante da semana finalmente zerei todas as matérias do JP que estavam em atraso e passei a armar todo o cronograma para o final de semana. Não teremos tantas opções, mas estaremos em campo mesmo assim.

Até lá!

Fernando

Um comentário:

  1. sr. fernando voces estao de parabens mesmo pois conseguiram mostrar os 39 clubes 20 da a 2 e 19 da a3. e tenho certeza que amanha dia 14 voces os 20 da 3 com o sertaozinho que esta faltando. gostaria de pedir uma coisa se voces podem fazer isto na 2 divisao de 2013 mostrar os 45 clubes desde a primeira rodada ate a ultima todas as fases. começando pela minha briosa de santos a portuguesa santista que em 2013 montou um time de primeira para ficar entre os 8 e depois ficar entre os cinco que vao para a serie a3 de 2014 ano da copa do mundo. daria para o sr. me responder ate 2 feira ou 3 feira o meu comentario. agradeço de coraçao e fico aguardando, mais uma vez parabens. quero completar no meu caderno que tenho os 45 clubes da 2 divisao com os uniformes. pois da a2 e a3 ja tenho os 39 cclubes com os uniformes. so falta o sertaozinho. obrigado se voces fizessem isto na 2 divisao 2013 que começa dia 28 de abril de 2013 fim deste mes.dia 13 de abril de 2013.

    ResponderExcluir