Procure no JP

terça-feira, 17 de maio de 2011

Jabaquara vence o "Clássico das Praias" na Segundona

Fala, pessoal!

No último domingo resolvi pegar o caminho do litoral paulista para outro jogo do Campeonato Paulista da Segunda Divisão aqui no JP. Com a companhia do Emerson, voltei ao Estádio Espanha, um dos estádios mais legais do estado de São Paulo, para um jogo de futebol depois de seis anos. Na agenda, o "Clássico das Praias" entre Jabaquara e Guarujá.

Agora quase vizinho do ilustre torcedor jabaquarense, saímos cedo da capital paulista até a cidade de Santos. Sem percalços, chegamos cedinho na casa do Leão da Caneleira e pude ver que o local está bem melhor do que minha última visita por lá, em 2007. Após a visita e também dos papos que sempre antecedem as partidas, fomos para o gramado fazer as fotos oficiais:


Jabaquara AC - Santos/SP. Foto: Fernando Martinez.


AD Guarujá - Guarujá/SP. Foto: Fernando Martinez.


O árbitro Luciano Alves de Lima, os assistentes Marco Antonio Motta Junior e Giulliano Neri Colisse e o quarto árbitro Thiago de Lucca Pacheco posam junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

O confronto é tradicional nas divisões menores do campeonato paulista nos anos 2000. No periodo 2000/2008, as equipes se enfrentaram em 14 oportunidades. O Jabaquara venceu 9, o Guarujá foi vencedor por 3 vezes e aconteceram 2 empates. O onze santista marcou 30 gols e sofreu 15. Duas das três vitórias do time guarujaense aconteceram justamente nos dois últimos confrontos.

Para afastar a oportunidade de ser supreendido dentro do seu próprio estádio, o Jabuca apostava na recuperação após a derrota na rodada anterior para o Mauaense. O Guarujá, ainda invicto com uma vitória e um empate, prometia surpreender mesmo jogando fora de casa. No banco de reservas o técnico Marcos Bruno, sempre simpático conosco, prometia uma boa partida.


Ataque jabaquarense pela direita, com o camisa 9 Edgar. Foto: Fernando Martinez.


Boa chance do time santista pelo alto no começo da partida. Foto: Fernando Martinez.

Fomos então acompanhar os atacantes locais no tempo inicial. Logo no começo de partida o atacante Guinho, que teve o futebol enaltecido pelo Emerson, quebrou o braço e foi subtituído. A substituição não fez com que o Jabuca desanimasse, e os primeiros 20 minutos foram dominados pelos donos da casa. O gol era questão de tempo, e ele aconteceu aos 19, através do atacante Edgar. O camisa 9 se aproveitou de uma bola espirrada pela zaga adversária e marcou de cabeça.


Lance do primeiro gol do Jabuca na partida. O atacante Edgar ainda caído e o camisa 3 do Guarujá pedindo alguma irregularidade (que não houve) no lance. Foto: Fernando Martinez.

Atrás do marcador, o Guarujá tentou chegar ao empate ainda no primeiro tempo, mas não obteve sucesso nas finalizações. A maior emoção nos minutos finais foi uma confusão que resultou nas expulsões de Edgar e do goleiro do ADG Éverton. Com 10 para cada lado, o primeiro tempo terminou. Resolvemos então ir para as arquibancadas do Espanha curtir o tempo final.


Bela cobrança de falta que obrigou o goleiro do Guarujá a praticar uma defesa difícil. Foto: Fernando Martinez.

Entre uma fantástiva conversa a respeito de cidadania espanhola e outra sobre as origens da família Ortunho, o segundo tempo rolou de forma bastante animada. O Guarujá veio com tudo em busca do empate criando boas oportunidades. Melhor no jogo, o time visitante finalmente deixou tudo igual aos 15 minutos.

E foi uma pintura de gol, daqueles que merecem o pagamento de mais um ingresso. O jogador Buiú recebeu passe alto vindo da esquerda, matou no peito e emendou uma daquelas bicicletas perfeitas. A bola foi parar no canto esquerdo do goleiro Hugo. Posso dizer que foi um dos gols mais lindos que vi in loco em estádios de futebol.


Jogadores espalhados dentro da área do Guarujá no segundo tempo. Foto: Fernando Martinez.

Mas o Jabuca não queria deixar o Guarujá colocar as manguinhas de fora, e aos 22 minutos voltou a ficar na frente do marcador. Após belíssimo passe em profundidade, Thiaguinho recebeu dentro da área e tocou com classe por cima do goleiro guarujaense. Jabaquara 2x1.


Boa oportunidade de empate do Guarujá na partida. Foto: Fernando Martinez.

Mesmo tentando deixar de novo tudo igual no placar, o Guarujá não conseguiu ameaçar o gol do Leão da Caneleira. Até o apito final vimos chances desperdiçadas pelos dois times e mais duas expulsões, uma para cada equipe. Mas ao final dos 90 minutos a festa foi toda dos donos da casa.


Visão geral do Estádio Espanha no jogo Jabaquara x Guarujá. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Jabaquara 2-1 Guarujá. A vitória deixou a equipe santista na quarta colocação do Grupo 6 com seis pontos e um gol positivo de saldo, atrás da Portuguesa, Mauaense e São Bernardo, adversário da próxima rodada. O Guarujá continuou com seus quatro pontos, agora na quinta colocação. Na próxima rodada, o time enfrenta o Palestra em casa.

Com a rodada finalizada, voltamos para a capital paulista em mais uma hora de viagem recheada de conversas nostálgicas, e durante a tarde foi só ficar de boa com NBA e pensando já na semana que vem.

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário