Procure no JP

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Jaboticabal consegue primeira vitória na Segundona

Olá,

Depois de ter feito uma viagem especial no fim de semana retrasado, indo até Penápolis para conferir a decisão da Série A3 entre Penapolense e Santacruzense, no último final de semana voltei a botar o pé na estrada como nos velhos tempos e, com isso, estive presente em três partidas em três cidades diferentes, todas válidas pelo Grupo 2 do Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

Os jogos acompanhados valeram pela quinta rodada da primeira fase da competição, sendo que comecei a jornada tripla no sábado à tarde, indo até a simpática cidade de Américo Brasiliense, também chamada de "Cidade Doçura", distante apenas 8 km. de Araraquara, para conferir ao vivo e em cores a partida Américo E.L. x Jaboticabal Atlético, realizada no Estádio Joaquim Justo.

As campanhas das duas equipes não eram boas, uma vez que nenhuma delas havia conseguido vencer até o início da quinta rodada. O time da casa, entrou em campo com apenas um ponto conseguido em três partidas, enquanto os visitantes também só haviam conquistado um único ponto, mas em quatro jogos. Portanto, a expectativa era saber qual time conseguiria a primeira vitória e, quem sabe, deslanchar no campeonato chegando à próxima fase.

Para começar, vamos com as fotos oficiais da partida, que são marca registrada do JP e que estão apresentadas abaixo:


Américo E.L. - Américo Brasiliense/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Jaboticabal Atlético - Jaboticabal/SP. Foto: Orlando Lacanna.


Quarteto de arbitragem formado por Marcos Antônio Gomes Filho, Luiz Quirino da Costa, Alexandra Aparecida Rodolpho e Mateus Pulini, ao lado dos capitães das equipes. Foto: Orlando Lacanna.

Como de costume nos jogos da Segundona, a partida começou com muita pegada e disposição por parte dos dois times. Quem chegou primeiro com perigo, foi o Jaboticabal logo aos 2 minutos, numa cobrança de falta executada por Leandro Fonseca, fazendo o goleiro Rafael mostrar serviço.


Boa defesa de Rafael logo no início da partida. Foto: Orlando Lacanna.

Não demorou muito e os visitantes balançaram a rede do Américo, aos 12 minutos, num belo gol anotado por Vinicius, aproveitando rebote da zaga em jogada que teve início na meia esquerda. Após ter sofrido o gol de abertura, o Américo saiu mais para o campo ofensivo, mas os seus atacantes não tiveram vida fácil com a defesa dos visitantes, tanto que concluíram pouco à meta defendida por Juninho.


Atacante do Américo buscando alcançar a bola no interior da área para tentar o empate. Foto: Orlando Lacanna.

Ao longo da primeira etapa, o Jaboticabal mostrou melhor desenvoltura em campo, criando algumas situações de perigo, como aconteceu na marca dos 31 minutos, numa cabeçada de Leandro Fonseca, exigindo outra boa intervenção do goleiro Rafael. Aos 39 minutos não teve jeito, pois o avante Leandro Fonseca aumentou a vantagem, através de um gol em que o goleiro do Américo quase conseguiu evitar, mas a bola escapou das suas mãos e mansamente ultrapassou a linha fatal. O assistente muito bem colocado, não teve dúvidas para confirmar o segundo gol do "Tigre de Atenas".


Início da jogada que resultou no segundo gol do Jaboticabal. Foto: Orlando Lacanna.


Bola indo mansamente pera o fundo da meta do Américo. Foto: Orlando Lacanna.

A primeira etapa já se aproximava do final, quando aos 43 minutos o camisa 11 do Jaboticabal, Valmir, esteve perto de aumentar a vantagem numa escapada pela esquerda, livre de marcação, mas a conclusão foi por cima do travessão e, sendo assim, o primeiro tempo foi encerrado com a vantagem de 2 x 0 a favor do time alvinegro.

Depois do descanso regulamentar, as equipes voltaram a campo e, logo aos 4 minutos, o Jaboticabal mandou a bola para o fundo da rede do Américo, agora através de uma cabeçada do zagueiro Willian, naquele que seria o terceiro gol dos visitantes, porém a assistente impugnou o lance, assinalando corretamente a posição de impedimento, frustando os tocedores que vieram de Jaboticabal.


Cabeçada do zagueiro do Jaboticabal que foi para o fundo da rede. mas não valeu. Foto: Orlando Lacanna.

Mesmo em desvantagem no placar, o Américo lutou com bravura buscando diminuir a diferança e foi recompensado aos 7 minutos, quando Robinho anotou o primeiro gol dos anfitriões cobrando pênalti, mandando a bola no alto da meta do goleiro Juninho.


Bola estufando a rede do Jaboticabal no primeiro gol do Américo. Foto: Orlando Lacanna.

A marcação do primeiro gol animou o time da casa, que passou a pressionar o setor defensivo do Jaboticabal, criando alguns lances mais agudos, como aconteceu na marca do 10 minutos, numa chance incrível desperdiçada por Robinho. Aos 13 minutos, foi a vez de Bruno perder a chance do empate, mas nesse lance houve muito mérito do goleiro Juninho, que chegou junto e abafou o chute do atacante. O gol de empate estava amadurecendo.

Como diz o velho ditado: "água mole em pedra dura, tanto bate até que fura", finalmente aconteceu o gol de empate, aos 15 minutos, anotado por Diogo Rincon que escorou cruzamento vindo da direita. O atleta do Américo pegou mal na bola, mas mesmo assim a mandou para o fundo da rede alvinegra, fazendo com que renascesse a esperança do Américo chegar à primeira vitória.


Gol de empate do Américo anotado pela camisa 14 Diogo Rincon. Foto: Orlando Lacanna.

Após a igualdade no placar, a partida ganhou em emoção e a briga para chegar a vitória ficou ainda mais intensa. Numa dessas, aos 25 minutos, o zagueiro e capitão do Amércio, Edson se excedeu e acabou recebendo o cartão vermelho direto por ter cuspido num adversário, segundo o que consta na súmula da partida, pois na minha posição no gramado não foi possível observar a atitude do atleta. O árbitro foi convicto e estava muito próximo da jogada que originou toda confusão. O jogador do Amércio ficou irritadíssimo e foi tirar satisfação com o árbitro, mas a turma do "deixa disso" e o policiamento entraram em ação e evitaram maiores consequências.

Com um homem a mais, o Jaboticabal retomou o controle da partida, tanto que, aos 27 minutos, o camisa 8 Vinicius, quase anota o terceiro gol, numa cabeçada que passou muito perto. Aos 38 minutos, os visitantes retomaram a vantagem no placar, quando Leandro Fonseca, balançou a rede do Amércio mais uma vez, só desviando com sutileza um cruzamento da direita executado por Vinicius, que criou ótima jogada individual, deixando o lateral Cristhian na saudade.


Bola no fundo da meta dos donos da casa no terceiro gol do Jaboticabal. Foto: Orlando Lacanna.

Dois minutos após ter sofrido o terceiro gol, o autor do gol de empate do Amércio, Diogo Rincon também recebeu o cartão vermelho direto, por uma entrada durissíma num adversário, deixando sua equipe com nove homens. Nos acréscimos, o Jaboticabal perdeu o atacante Valmir por ter recebido o segundo cartão amarelo, totalizando três expulsões na partida.

Fim de jogo com o placar registrando Américo 2 - 3 Jaboticabal, resultado que deu a primeira vitória ao time alvinegro, deixando-o na 6ª posição com 4 pontos em 5 jogos, ainda fora do G4. Por outro lado, a derrota colocou o time de Américo Brasiliense na última posição do grupo (7ª) com apenas um ponto em 4 jogos. Como ainda restam 8 jogos a realizar, com 24 pontos a disputar, o Américo poderá se recupaerar na competição.

Assim que o árbitro encerrou a partida, voltei para a estrada e iniciei nova viagem até uma cidade próxima a Américo Brasiliense, com o objetivo de conferir o segundo jogo do dia que seria realizado à noite, mas essa história fica para mais tarde. Aguardem...

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário