Procure no JP

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Guarulhos consegue reabilitação em casa pela Segundona

Olá,

Num final de semana dedicado ao acompanhamento do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, no sábado à tarde, retornei à vizinha cidade de Guarulhos, indo mais uma vez ao Estádio Antônio Soares de Oliveira, palco da partida A.D. Guarulhos x F.C. Primeira Camisa, válida pela segunda rodada da primeira fase da competição, em seu Grupo 5.

Na rodada inaugural, o Guarulhos jogou na cidade de Jacareí e foi derrotado por 3 x 1. Por outro lado, o Primeira Camisa duelou em casa contra o Joseense, no clássico de São José dos Campos e conseguiu os primeiros três pontos, derrotando o oponente por 3 x 2. Portanto, o jogo de sábado colocou frente à frente equipes que iniciaram a competição de forma bem diferente. Enquanto um time (Primeira Camisa) queria manter 100% de aproveitamento o outro (Guarulhos) entrava em campo visando a reabilitação.

Por conta do trânsito pesado na Av. Marginal e na Via Dutra, cheguei meio em cima da hora, mas mesmo assim não tive problemas para fazer as fotos dos times e dos árbitros, que mais uma vez posaram para as lentes do JP. As fotos estão apresentadas abaixo:


A.D. Guarulhos - Guarulhos/SP. Foto: Orlando Lacanna.


F.C. Primeira Camisa - São José dos Campos/SP. Foto: Orlando Lacanna.


O árbitro Guilherme Lino Porfirio, os assistentes Leandro Matos Feitosa e Maria Andréia da Silva e o quarto árbitro Adamo Padovani posam junto com os capitães dos times. Foto: Orlando Lacanna.

Como quase sempre acontece em jogos pela Segundona, os dois times acabam correndo muito, demonstrando muita disposição e, nessa oportunidade, não foi diferente, pois a "briga" pela posse de bola foi incessante, tornando o jogo bem disputado e dificultando a criação de jogadas ofensivas.


"Bolo" de jogadores lutando pela posse de bola próximo ao grande círculo. Foto: Orlando Lacanna.

O Guarulhos, por jogar em casa, procurava tomar a iniciativa de ir ao ataque, mas esbarrava na boa postura defensiva dos visitantes. Dessa maneira, o jeito era cruzar bolas para o interior da área e tentar assustar o goleiro Wander Luís.


Zaga joseense afastando um dos vários cruzamentos dos donos da casa. Foto: Orlando Lacanna.

Ao longo do primeiro tempo ocorreram poucos lances mais agudos, como aconteceu em duas oportunidades pelo lado do Primeira Camisa, aos 8 e 20 minutos, em cabeçadas de Yago que causaram um certo perigo à meta defendida por Rafael. Nas duas situações, a bola saiu pela linha de fundo. Pelo lado do Guarulhos, o principal momento aconteceu na marca dos 10 minutos, também em jogada aérea, que culminou numa cabeçada de Diogo que passou perto. E foi só.


Cabeçada do atacante joseense que assustou o goleiro da casa. Foto: Orlando Lacanna.

Diante da pouca produção dos ataques, o primeiro tempo chegou ao final sem apresentar grandes emoções e, naturalmente, o placar não foi inaugurado. Ficava a expectativa de que os dois times pudessem melhorar o poderío ofensivo no segundo tempo.

Logo nos primeiros minutos da segunda etapa, o Guarulhos já demonstrava que havia retornado com uma postura bem mais ofensiva e disposto a chegar ao seu gol. Para facilitar as coisas para os donos da casa, o Primeira Camisa teve o seu zagueiro Alex expulso aos 5 minutos, por ter recebido o segundo cartão amarelo. Não demorou muito e, aos 10 minutos, o Guarulhos abriu o marcador, através de Baiano, após rápida troca de passes iniciada na intermediária pelo lado esquerdo.


Bola estufando a rede no gol do Guarulhos assinalado por Baiano. Foto: Orlando Lacanna.

Depois do gol de abertura, o Guarulhos permaneceu no campo de ataque por alguns minutos, visando aumentar a vantagem e tirar proveito por estar jogando com um homem a mais. Mas, para tristeza da torcida da casa, o autor do gol, o camisa 10 Baiano, também foi tomar banho mais cedo, aos 13 minutos, igualando o número de atletas para cada lado.


Início de mais um ataque do Guarulhos na segunda etapa. Foto: Orlando Lacanna.

Em desvantagem no marcador, o Primeira Camisa não tinha outra alternativa a não ser sair para o ataque, tentando chegar ao gol de empate. Nesse contexto, os visitantes passaram a ter mais posse de bola, mas na realidade pouco exigiram do goleiro Rafael, uma vez que não criaram aquela grande chance de igualar o placar.


Bola aérea do ataque do Primeira Camisa no segundo tempo. Foto: Orlando Lacanna.

A partida continuava sendo arduamente disputada, porém continuava faltando lances de perigo, com a maioria das jogadas se concentrando entre as duas intermediárias. Nos últimos cinco minutos ocorreram mais duas expulsões, sendo uma de cada lado. Aos 41 minutos quem saiu mais cedo foi André do Guarulhos e dois minutos depois, foi a vez de Wallison ir para o chuveiro antes do jogo acabar. Com as duas equipes atuando com 9 atletas, nos acréscimos, o Guarulhos desperdiçou a maior chance do jogo, numa cabeçada de Daniel Brasil, desferida junto à linha de entrada da pequena área e com o goleiro fora do gol. Foi incrível a chance perdida.

Partida finalizada com o resultado de Guarulhos 1 - 0 Primeira Camisa, que colocou o time da Grande São Paulo na 6ª colocação com 3 pontos. Mesmo derrotado, o Primeira Camisa terminou a rodada à frente do seu adversário, na 5ª colocação, com os mesmos 3 pontos, mas com melhor saldo de gols (0 contra -1). Não foi uma grande partida, porém acredito que com o passar das rodadas, os times poderão melhorar o desempenho por conta do entrosamento que irão adquirir ao longo da competição. Foi isso.

Jogo encerrado com retorno imediato para São Paulo, sendo que dessa vez, o trânsito fluiu normalmente e cheguei rapidamente ao meu destino para participar da festa de aniversário de uma pessoinha muito querida. No domingo cedo iria conferir mais um jogo da Segundona, mas isso fica para depois. Aguardem.

Abraços,

Orlando

Nenhum comentário:

Postar um comentário