Procure no JP

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Pela Terceira Fase do Paulista sub-17, Nacional perde do Paulínia

Opa,

Como disse no post anterior, foi fácil chegar no segundo jogo do sábado. Apenas atravessei a rua e logo estava no tradicional e histórico Estádio Nicolau Alayon para um jogo do Campeonato Paulista sub-17. Também pela primeira rodada da Terceira Fase da competição, Nacional e Paulínia fariam suas estréias pelo Grupo 19.

Muito diferente do tratamento que recebi no CT palmeirense, no Nacional sempre somos tratados com muita simpatia e respeito e o pessoal de lá adora nossa presença, pois somos praticamente os únicos que fazem algum tipo de cobertura do clube. Conversei um pouco com o amigo Miguel e logo os times entraram no campo. E sem nenhum problema ou segurança para atrapalhar, seguem as fotos oficiais da partida:


Nacional AC (sub-17) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Paulínia FC (sub-17) - Paulínia/SP. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem da partida e capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Pela primeira vez desde 2001 o Nacional chega à Terceira Fase do Paulista sub-17, e terá pela frente, além do Paulínia, os times do Rio Claro e do Rio Preto. O time se classificou para essa fase eliminando Santos e Marília. Já o time do interior do estado eliminou o São Paulo, uma das forças da competição, e o União São João. Nessa fase, os dois primeiros de cada chave garantem presença nas Quartas-de-Final e ganhar em casa é primordial.


Falta perigosa para o Paulínia no começo da partida. Foto: Fernando Martinez.

Nesse jogo não consegui suportar o sol na cabeça e fui para as tribunas do Nicolau Alayon. Lá fiquei me recuperando do sol do primeiro jogo do dia e vi um primeiro tempo meio morno. Os dois times concentraram seus jogadores no meio-de-campo e quase nenhuma chance maior de gol foi criada. Poucas vezes os atacantes receberam as bolas em boas condições.


Jogador do Nacional cabeceando a bola sofrendo marcação de atleta adversário. Foto: Fernando Martinez.

Sem muita criatividade o jogo foi para o intervalo em 0x0. Aproveitei o descanso e fui rapidinho para o bar que fica ao lado do estádio. Acho que consumi uns três ou quatro copos de água e depois disso ainda fiquei minutos descansando um pouco ali mesmo. Novo e revitalizado, voltei para as tribunas nacionalinas, aonde ainda vi um pedaço de um movimentado jogo de tênis nas quadras do clube antes do segundo tempo começar.


Falta perto da área que o Nacional não soube aproveitar. Foto: Fernando Martinez.

E o tempo final foi bem melhor do que o primeiro. Mas para tristeza da torcida local foi o Paulínia quem voltou melhor e dominando as ações no ataque. O time levou bastante perigo à meta dos donos da casa desde os primeiros minutos da segunda etapa. Não demorou muito para que o time visitante fizesse o primeiro gol do dia.


Chegada do time da casa pela direita e cruzamento na área. Foto: Fernando Martinez.

O Paulínia ficou na frente do placar depois do camisa 11 Kairo tocar para o meio da área uma bola que parecia perdida na linha de fundo. O goleiro do Naça ficou no meio do caminho e o camisa 10 Cassinho só teve o trabalho de tocar para o fundo do gol. Atrás do marcador, o Nacional tentou se lançar ao ataque, mas deixou espaços perigosos na sua defesa.


Detalhe do segundo gol do Paulínia no jogo. Vemos o jogador Cassinho tocando de fora da área para o fundo das redes. Foto: Fernando Martinez.

Num desses espaços, o time visitante acabou marcando o segundo gol do jogo. Após grande jogada individual do jogador Kairo, o goleiro fez belíssima defesa. Mas no rebote novamente o camisa 11 Cassinho chutou de fora da área. Os dois zagueiros do Nacional que estavam dentro da área do time não conseguiram interceptar o chute, e a bola entrou calmamente no gol.

Com 2x0 contra, o Nacional finalmente acordou na partida. Aos 30 minutos o time colocou uma bola na trave em belíssima cobrança de falta. Aos 32 marcou o primeiro em chutaço de fora da área do camisa 11 Vinícius. A bola ainda bateu na trave e quicou quase em cima da linha antes do auxiliar confirmar o gol nacionalino. O time ainda ficou em cima do Paulínia para tentar o empate, mas era tarde demais.


Falta perigosa do Nacional que acabou batendo no travessão. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Nacional 1-2 Paulínia. Resultado ruim para o Naça, que agora joga fora de casa contra o Rio Claro na segunda rodada buscando a reabilitação. O bom time do Paulínia conseguiu ótimo placar e ganhando seus jogos em casa estará classificado. Após esse jogo resolvemos almoçar no centro de São Paulo, respirando história. Tudo para nos prepararmos para o terceiro jogo do dia. 

Até lá!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário