Procure no JP

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Clássico paulistano entre Nacional e Portuguesa pelo Paulista sub-20

Fala pessoal!

Depois da rodada dupla na manhã do sábado, fechamos a trilogia das categorias de base na sessão vespertina do JP. Vimos mais um jogo do genial Campeonato Paulista sub-20 da 1ª divisão no Estádio Nicolau Alayon. E foi um clássico paulistano entre Nacional e Portuguesa pelo Grupo 6 do torneio em jogo válido pela 13ª rodada, a penúltima, da Primeira Fase da competição.

Antes de chegar no Nacional eu e o Mílton fizemos um bom almoço no centro de São Paulo, com direito a muitas histórias de quando o centro da cidade ainda era um lugar respeitável. Saindo do restaurante, logo na frente do ponto de ônibus, encontramos o David, dando um tempo da sua insatisfação atual com o mundo e também de olho na partida da tarde. Voltando à Comendador Souza, já fui direto para o centro do campo para as fotos oficiais e exclusivas da partida:


Nacional AC (sub-20) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


A Portuguesa de D (sub-20) - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


Trio de arbitragem e capitães das equipes. Foto: Fernando Martinez.

Já classificados para a Segunda Fase, os times paulistanos jogam para definir as posições finais do grupo e o emparelhamento das chaves para a fase seguinte. Teremos seis grupos com quatro times cada, e com a "mistura" dos times de todas as regiões do estado, teremos um campeonato mais interessante ainda a partir do dia 10 de outubro. Mas o jogo do sábado não seria um simples amistoso, pois o Nacional foi o único time a vencer a Lusa, e com certeza o time rubro-verde queria devolver o placar.


Jogador da Portuguesa lançando a bola para direita do seu ataque no começo do jogo. Foto: Fernando Martinez.

Mais uma vez desisti de ficar no gramado em virtude do forte calor, e nem bem cheguei às arquibancadas do Nicolau Alayon a Portuguesa já abriu o placar. Num cruzamento despretensioso da esquerda, o jogador Luís Felipe se antecipou à zaga e só tocou para as redes nacionalinas. Portuguesa 1x0 no marcador com apenas 2 minutos de partida.


Detalhe de disputa de bola no ataque rubro-verde. Foto: Fernando Martinez.

O Nacional então tentou ir pra cima do time da Lusa, mas não conseguiu reeditar, pelo menos na primeira etapa, o bom futebol que levou o time a conquistar a classificação antecipada para a Segunda Fase. A partida ficou mais concentrada no meio-de-campo, sem muitas chances de gol. Mas para castigo do time da casa, a Lusa marcou o segundo aos 43 minutos. Depois de boa troca de passes do ataque rubro-verde, o camisa 6 João Paulo entrou pela esquerda e chutou forte, no canto do goleiro. Lusa 2x0 e intervalo de jogo.


Chegada lusitana em cobrança de escanteio. Foto: Fernando Martinez.

No intervalo, aproveitamos para mais hidratação, pois fazia tempo que não passava tanto calor num jogo de futebol. Conversamos com amigos que sempre estão presentes no Nicolau Alayon, inclusive o sempre presente Miguel, inclusive sabendo que fomos citados novamente num programa de rádio por pessoas bastante respeitadas do jornalismo esportivo. Isso nos anima bastante a sempre continuar com o serviço de qualidade, sempre respeitando as equipes do nosso futebol. Depois fomos para a tradicional posição no alambrado do Nicolau Alayon, para curtir o segundo tempo de partida.


Pelo alto, disputa de bola plástica entre jogador nacionalino e rubro-verde. Foto: Fernando Martinez.

O Nacional voltou melhor para a segunda etapa, mais ligadão em campo e buscando diminuir o placar o quanto antes. Depois de dois bons ataques no começo do tempo final, aos 8 minutos o time teve uma chance de ouro para marcar o primeiro gol quando o árbitro da partida marcou pênalti para os donos da casa. Mesmo estando na lateral, corri para poder fazer a foto atrás do gol.

Mas na hora de correr do ponto aonde estava até atrás do gol defendido pelo goleiro da Portuguesa, os simpáticos cachorros que moram no Nacional - Neguinha e Palhaço - resolveram agir igual ao truculento segurança palmeirense do jogo do sub-15 e avançaram em mim. Ganhei duas bocadas na perna, mas a foto do primeiro gol do Nacional, marcado pelo camisa 10 Castilho, estava mais do que garantida.


Cobrança de pênalti que originou o primeiro gol do Nacional na partida. Ganhei uma mordida de cachorro na perna, mas a foto está aí. Foto: Fernando Martinez.

O Naça então passou a ficar em cima do time visitante, mostrando que estava disposto a deixar tudo igual no marcador. Mas o contra-ataque era todo do time do Canindé, e num deles a equipe acabou chegando ao terceiro gol na partida. Numa escapada rápida do camisa 11 Luís Felipe, ele entrou novamente na área e chutou forte para estufar as redes do Nacional e marcar seu segundo gol no jogo.


Chegada do Nacional pela direita do seu ataque. Foto: Fernando Martinez.

O Naça não se intimidou, e o jogo ficou ainda mais quente, com muita troca de xingamentos e jogadas ríspidas. Aos 38 minutos, o árbitro marcou mais um pênalti para o time ferroviário e de novo o jogador Castilho converteu, dessa vez sem que eu levasse alguma mordida canina. Daí para frente, os donos de casa tentaram a todo custo chegar à igualdade no marcador, mas não teve jeito.


Aqui o segundo gol dos donos da casa, também em cobrança de pênalti. Foto: Fernando Martinez.

Final de partida: Nacional 2-3 Portuguesa. A Lusa fechará a primeira fase como líder do grupo e dona da segunda melhor campanha do sub-20, só perdendo para a perfeita campanha do Rio Claro, com 11 vitórias em 11 jogos. Ao Naça, a classificação que não vinha desde 2004 merece ser bastante comemorada, e na Segunda Fase esperamos que o time faça bonito, pois merece bastante.

Após esse jogo, ainda tinha a chance de acompanhar o quarto jogo do dia, pelo Campeonato Brasileiro. Mas desisti da rodada para novamente receber bons amigos no conforto do meu lar para muita conversa de qualidade. Mesmo indo dormir tarde, já estava na programação acompanhar um jogo decisivo pela Segundona Paulista domingo cedinho...

Até a próxima!

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário