Procure no JP

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

JP em Minas Gerais: Fabril vence o Sport pela Segundona Mineira!

Fala pessoal!

Essa última quarta-feira reservou uma rodada dupla em Minas Gerais, digna de um post "Especial do Mês" aqui no JOGOS PERDIDOS. Fazia um mês que estudávamos com carinho a oportunidade de ver dois jogos fantásticos pelo interior mineiro, e muitas conversas logísticas foram feitas para que tudo desse certo. Foram dois jogos do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, o primeiro deles na cidade de Lavras, entre os tradicionalíssimos Fabril e Sport de Juiz de Fora, no Estádio Juventino Dias. Mais dois times inéditos para minha Lista, que se aproxima rápido dos 500 times.

Saí de São Paulo às quatro e meia da manhã, com o seu Natal enfrentando a madrugada gelada da capital paulista e vindo até o bairro do Jabaquara para que partíssemos daqui mesmo. Abastecemos o possante num posto de gasolina com a máfia do vermelho-e-branco e aproveitamos para tomar um bom cafezinho no local. Depois disso ainda fomos encontrar o bom e velho The Watcher, fazendo sua primeira viagem fora de SP, pegamos a estrada e às cinco da manhã já estávamos rumo à Minas Gerais.

A viagem foi super-tranquila, e a chegada em Lavras foi com tempo de folga para um delicioso café-da-manhã no mesmo lugar em que eu e o Victor almoçamos no "Especial do Mês" de Agosto, entre Lavras x Fabriciano. Muitos muffins, pães de queijo e sucos depois, nos dirigimos já sentindo que o dia iria ser quente para o Juventino Dias.


Agora o nome do estádio está devidamente registrado em cima dos vestiários do local. Na visita anterior do JP em Lavras ainda não tinham pintado o nome por lá. Foto: Fernando Martinez.

Fomos muito bem recebidos pelo pessoal das duas equipes. Conversamos com membros das diretorias, comissões técnicas e jogadores. Todos agradeceram a presença do JP em mais uma rodada mineira e aproveito a deixa para deixar um abraço a todo o pessoal das equipes. Dentro do campo de jogo fomos então fazer as fotos oficiais da partida, mais uma vez exclusivas aqui do blog:


Fabril EC - Lavras/MG. Foto: Fernando Martinez.


Sport Club Juiz de Fora - Juiz de Fora/MG. Foto: Fernando Martinez.


Capitães das equipes e trio de arbitragem da partida. Foto: Fernando Martinez.

O Sport está voltando ao futebol profissional depois de mais de 20 anos de ausência. A última disputa foi a primeira divisão estadual de 1988, quando foi rebaixado. A equipe acabou não disputando a segundona em 1989 e a sua torcida aguardava ansiosamente a volta da equipe ao profissionalismo.

Também em 1988, o time do Fabril fez sua melhor campanha até hoje, sendo terceiro colocado do torneio só ficando atrás de Atlético e Cruzeiro na classificação final. Naquele ano o time de Lavras e o Sport disputaram o último jogo entre as agremiações jogando no Juventino Dias. O jogo foi em 09 de março de 88 e terminou com a vitória alvinegra por 1x0. O jogo dessa quarta-feira seria o primeiro desde então.

Mas os times não vem fazendo boas campanhas até aqui na Segundona 2009. O Fabril ganhou seus primeiros três pontos na rodada do final-de-semana, quando venceu o clássico local contra o Lavras. O Sport somava apenas seis pontos, e venceu apenas uma partida, justamente contra o Fabril em Juiz de Fora. Uma vitória do time ainda deixaria a equipe com esperanças de classificação.


Chegada da zaga do Fabril em tentativa de ataque do Sport. Foto: Fernando Martinez.

Após as fotos ainda tivemos que aguardar um tempo, pois não havia nenhum médico no estádio. E dentro do gramado, conversamos com atletas dos dois times, em especial do Fabril, e ficamos sabendo da precária situação da equipe nesse campeonato. Os jogadores não receberam nenhum salário e chegam a ter que fazer vaquinhas para poder viajar para os jogos fora de casa. Os atletas do time de Lavras merecem todo o respeito e com certeza são verdadeiros heróis pela força de vontade demonstrada. A campanha final é o que menos importa depois de toda dessa dificuldade.


Disputa de bola no meio-de-campo entre jogadores do Fabril e do Sport de Juiz de Fora. Foto: Fernando Martinez.

O médico finalmente chegou e com quase 20 minutos de atraso a partida foi iniciada. Confesso que não me lembro de ter visto in loco um jogo numa quarta-feira às 10 e meia da manhã. E para piorar o sol estava implacável com os jogadores e o calor foi intenso durante os 90 minutos de partida. Mas foi um dos melhores jogos que vi no ano, com muita luta e raça dos jogadores dos dois times.

E para quem esperava um Sport vindo pra cima dos donos da casa, o começo da partida foi uma surpresa. O time de Juiz de Fora não conseguia chegar no gol do Fabril e a partida foi bastante equilibrada. Aos poucos o Fabril começou a levar certo perigo em bolas lançadas para dentro da área. E num dos rápidos ataques do time alvinegro, o placar foi aberto aos 17 minutos. O jogador Biton recebeu bom passe em profundidade e tocou na saída do goleiro Guilherme. Ele ainda tocou na bola, mas não teve jeito... Fabril 1x0.


Falta perigosa para o time visitante. Ao fundo, a bucólica paisagem da cidade de Lavras. Foto: Fernando Martinez.

O Sport acordou depois do gol e passou a levar mais perigo para o gol do Fabril. E aos 27 minutos, após uma boa jogada do ataque do time verde, o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o jogador Alexandre bateu no canto esquerdo e o goleiro pulou no canto direito. Bola de um lado, goleiro do outro e o Sport deixava tudo igual no marcador.


Primeiro gol do Sport, em cobrança de pênalti do jogador Alexandre. Foto: Fernando Martinez.

Com a igualdade no placar, os times continuaram criando chances de gol bastante claras. O Sport tentava chegar mais, mas a defesa do Fabril estava num bom dia, conseguindo desarmar todos os ataques. A partida ia se aproximando do intervalo com o empate em 1x1, mas ainda tinha emoção reservada para os torcedores do time da casa.


Falta para o Fabril que acabou batendo na barreira. Foto: Fernando Martinez.

Aos 45 minutos o Fabril teve um escanteio ao seu favor, pela direita do ataque. Numa cobrança no primeiro pau, a bola foi tocada para um atacante do Fabril que chutou de leve para dentro da área. A zaga do Sport falhou e o zagueiro Flávio apareceu sozinho para encher o pé e deixar o time alvinegro novamente na frente do marcador. Intervalo de jogo e vitória parcial do time mandante por 2x1.


Jogador do Fabril tocando para dentro da área...


... para complemento do zagueiro Flávio. Era o segundo gol do Fabril na partida. Fotos: Fernando Martinez.

No intervalo tivemos então a chance de contribuir um pouco com o time local. Estávamos nos refrescando no vestiário do Fabril quando vimos o representante da FMF receber o borderô do jogo. Ele mostrava uma venda de apenas CINCO ingressos, com renda de R$ 25,00. Junto com um Osasco FC x Capivariano que vi em 2007, esse seria o jogo com o menor público que já tinha presenciado num estádio, mas resolvemos colaborar com a compra de mais três ingressos.

E fazendo isso conseguimos aumentar a renda do jogo em 37,5%, para a enorme quantia de R$ 40,00 e um público pagante final de OITO pessoas. Com certeza é um dos jogos com menor público da história do campeonato mineiro. Ficamos tristes, pois é uma pena ver um time tão tradicional como o Fabril numa situação dessas. E mesmo não sendo muita coisa, ficamos honrados de poder ajudar o clube de alguma forma.


Nessa foto vemos três dos oito ingressos vendidos da partida. O JOGOS PERDIDOS contribuiu com quase metade da renda e do público pagante do jogo entre Fabril x Sport. Um marco para o blog. Foto: Fernando Martinez.


Escanteio para o Verdão no segundo tempo de partida. Foto: Fernando Martinez.

O segundo tempo então veio e acabei ficando numa providencial sombra ao lado dos vestiários do Juventino Dias. O jogo caiu um pouco de rendimento graças ao forte calor, mas continuou muito bom. O Sport voltou determinado a igualar o marcador, mas não conseguia criar chances efetivas de gol. O Fabril jogava nos contra-ataques, levando muito mais perigo ao gol adversário.


Confusão dentro da área do Fabril na segunda etapa na partida. Foto: Fernando Martinez.

A tônica da segunda etapa então foi essa: o Sport com mais posse de bola e domínio territorial, e o Fabril tocando pouco na bola, mas levando muito mais perigo. O time de Juiz de Fora chegou mais efetivamente apenas por duas vezes, e o goleiro alvinegro mostrou bastante elasticidade e evitou o empate. O Fabril teve quatro chances de gol, e por muito pouco não ampliou o marcador.

Mas no final não tivemos mais alterações no marcador e a partida ficou mesmo com a vitória para os donos da casa. Final de jogo: Fabril 2-1 Sport. O time de Lavras soma agora seis pontos e passa o time de Juiz de Fora por ter uma vitória a mais no campeonato. E quem sabe um milagre não faça alguma dessas duas equipes garantir uma vaga para a próxima fase do campeonato? É muito difícil, mas não impossível.

Após esse jogo nos despedimos do pessoal dos clubes e fomos almoçar rapidinho, pois 70 quilômetros nos separavam da segunda partida do dia. E mais um time histórico e super tradicional entraria na minha Lista.

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário