Procure no JP

domingo, 19 de abril de 2009

Vitória magra, porém importante, do Palmeiras B pela A3

Olá,

Aproveitando o final da minhas férias, na última quinta-feira a tarde fui até a cidade de Jundiaí, mais precisamente ao Estádio Jayme Cintra, para acompanhar o encerramento da 17ª rodada da 1ª fase do Campeonato Paulista da Série A3, sendo que o embate envolvia as equipes do Palmeiras B contra o Batatais. Esse jogo, que estava inicialmente marcado para o Estádio Nicolau Alayon, pertencente ao Nacional, mas acabou sendo transferido para Jundiaí, era importante pois ambos os quadros ainda não se livraram totalmente do fantasma do rebaixamento.


Início da partida com as arquibancadas do Estádio Jayme Cintra totalmente vazias. Foto: Victor Minhoto.

Tá certo que o Palmeiras está preservando o Parque Antártica para as partidadas decisivas de seu time principal no Paulistão e na Libertadores, mas daí levar o jogo para outra cidade eu não acho correto, mesmo porque este ano a Federação Paulista está exigindo que as equipes mandem seus jogos nas cidades onde estão sediadas, como por exemplo o Pão de Açucar, que até o ano passado mandava em Embu e agora está mandando em São Paulo com jogos primeiro no Pacaembu e depois na Rua Javari. Talvez por este motivo o público pagante anunciado foi de apenas 17 pessoas, o que provavelmente deve ser o menor do campeonato.


Após cruzamento, atacante do Batatais cabeceia a bola para fora. Foto: Victor Minhoto.

Mas deixando esse detalhe de lado vamos ao jogo. O Batatais começou a partida com mais posse de bola, porém não conseguia sequer criar chances de gol que levassem perigo a meta adversária. Esse quadro favoreceu a equipe paulistana que logo aos 14 minutos, em um ataque isolado, o camisa 10 Felipe acertou um belo chute de fora da área no ângulo esquerdo do goleiro adversário e decretou a abertura no placar.

Esse gol parece que mexeu com os jogadores do Batatais, pois durante alguns minutos a equipe simplesmente parou de jogar e o Palmeiras B pode levar o jogo em banho-maria. Entretanto, nos últimos quinze minutos da primeira etapa, o quadro do interior voltou a carga e exigiu muito trabalho do goleiro do alviverde, que fez pelo menos cinco grandes defesas e segurou a vitória parcial até o intervalo da partida.


Arqueiro alviverde se prepara para fazer mais uma boa defesa. Foto: Victor Minhoto.

Pela forma com que a primeira etapa terminou imaginei que o Batatais voltaria com tudo na busca pelo empate, mas não foi o que se viu. Em campo o Palmeiras B se aproveitou para dominar as ações da partida e criar algumas tímidas jogadas de ataque sem desguarnecer sua defesa. Caso esse quadro não mudasse, a equipe do interior certamente somaria mais uma derrota em sua campanha, por isso seu treinador decidiu fazer alterações no seu time.


Com excesso de preciosismo, ataque do Palmeiras B tenta driblar toda a defesa adversária e perde a bola. Foto: Victor Minhoto.

Essas alterações deram resultado e o Batatais voltou a ter mais posse de bola e passou e pressionar em busca do empate, mas, além dos tradicionais e ineficientes chuveirinhos na área, as poucas chancees reais de gol eram desperdiçadas pelo ataque que se mostrava inócuo no momento mais decisivo. Esse panorama levou ao alviverde a buscar o segundo gol nos contra-ataques, sendo que estes levavam mais perigo que os ataques dos visitantes.


Cruzamento que atacante do Batatais acertaria boa cabeçada para mais uma importante intervenção do goleiro palmeirense. Foto: Victor Minhoto.

O Palmeiras B somente não chegou ao segundo gol pois seu ataque pecava por excesso de preciosismo, afinal, em mais de uma ocasião os atacantes ficaram na cara do gol e antes de concluir tentavam até driblar o goleiro, o que impediu mais mudanças no placar, que terminou mesmo em Palmeiras B 1x0 Batatais.

Com este resultado o Palmeiras B chega a 24 pontos e preticamente se livra da ameaça do rebaixamento. Já o consolo do Batatais é que na próxima rodada as equipes do Força e do Oeste Paulista se enfrentam em Caieiras, e desta partida pode sair o quarto rebaixado que fará companhia a União Mogi, Nacional e Inter de Limeira na 2ª divisão do Campeonato Paulista de 2010.

Até a próxima,

Victor

Nenhum comentário:

Postar um comentário