Procure no JP

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Juventus ganha no sufoco do Taquaritinga na Javari

Fala povo!

Depois de muito tempo, consegui assistir quatro jogos num final-de-semana, fato que não acontecia faz tempo. A jornada começou no sábado de tarde, quando vi mais um jogo do Campeonato Paulista da Série A2. Não tinha a menor chance de perder o jogo que aconteceu no Estádio Conde Rodolfo Crespi: Juventus x Taquaritinga, valendo pela 16ª rodada da competição. Jogo que não acontecia há 15 anos tinha que ter minha presença. Bom, cheguei cedo dessa vez e mais uma vez não tinha ninguém para tirar as fotos oficiais do jogo, só nós do JOGOS PERDIDOS. E elas seguem abaixo:


CA Juventus - São Paulo/SP. Foto: Fernando Martinez.


CA Taquaritinga - Taquaritinga/SP. Foto: Fernando Martinez.


Quarteto de arbitragem com o árbitro Milton Etsuo Ballerini, os assistentes Hilton Francisco de Melo e Edvânio Ferreira Duarte e o quarto árbitro Leandro Camargo Costa junto com os capitães dos times. Foto: Fernando Martinez.

Bom, e como de praxe nessa A2 na Javari, o jogo prometia fortes emoções com o Moleque Travesso lutando contra o rebaixamento. O time está com a obrigação de ganhar todos seus jogos para fugir do medonho rebaixamento para a Série A3 em 2010, e jogar contra o bom time do CAT seria tarefa complicada. E saindo do gramado, encontrei o David e o seu Natal perambulando pelas arquibancadas e o Jurandyr também com sua família completa por ali. O amigo Syller também se fez presente nesse jogo.

E graças ao dia sem sol, consegui acompanhar o ataque grená nos dois tempos do jogo. E dei sorte, pois o Juventus fez uma boa partida, talvez a melhor que eu vi do time em 2009. O time começou bem, criando chances de gol e deixando a torcida grená bastante animada. Mas o CAT tem um ótimo time, e levou relativo perigo em contra-ataques rápidos.


Cruzamento da direita do ataque juventino. Foto: Fernando Martinez.

Aos 21 minutos a boa partida juventina foi premiada com o primeiro gol do time. Após cruzamento da direita do ataque, todo mundo deixou a bola passar e Jordan, sozinho na pequena área, só teve o trabalho de empurrar para as redes do time do Taquaritinga. Muita festa na Javari.


Detalhe do primeiro gol grená contra o CAT. Jordan fez completamente livre de marcação. Foto: Fernando Martinez.

Mas ao sofrer o gol, o Taquaritinga se lançou ao ataque. Foram momentos de tensão na Javari até que aos 28 minutos, o CAT chegou ao empate. Depois de uma falta na lateral esquerda, o goleiro Marcelo falhou e depois de uma grande confusão na área o jogador Carlos Henrique tocou de cabeça no canto direito. Tudo igual na Javari.

O Juventus então voltou a dominar o jogo e criou duas ótimas chances para passar à frente do placar no final da primeira etapa. Uma foi aos 41, quando Eduardo perdeu gol cara-a-cara. Outra nos acréscimos, quando Jordan chutou de voleio e a zaga tirou em cima da linha. E o intervalo veio com a igualdade no marcador.


Disputa de bola dentro da área do Taquaritinga. Foto: Fernando Martinez.

No intervalo fui me reabastecer e tive uma ótima notícia: o sanduba de mortadela da Javari voltou! depois de algum tempo de ausência ele está de volta para os paladares mais apurados da Móoca. Vale enfrentar a fila para consumir essa iguaria. E como não tinha almoçado, fiz a festa por ali.


Jogador do Juventus matando a bola de ombro na segunda etapa. Foto: Fernando Martinez.

Alguns sanduíches depois, era a hora do segundo tempo na Javari. E lá fomos nós curtir o jogo no ataque juventino. Mas o Taquaritinga assustou em algumas chances, deixando todo mundo apreensivo por ali. Mas aos poucos o Juventus foi tomando conta do jogo e passou a pressionar o gol do goleiro Bruno. E ele ia fazendo milagre, salvando chutes com endereço certo.


Zaga do CAT afastando o perigo. Foto: Fernando Martinez.

Mas o desespero ia aumentando conforme o relógio andava. Caso o time não conquistasse os três pontos o bicho ia pegar, e o rebaixamento ficaria mais perto. E o jogo se aproximava do seu final sem o final feliz para a torcida grená. E aos 38 minutos, num lance que nem que parecia que nada aconteceria, o Juventus marcou o sonhado segundo gol.

O jogador Deiwide bateu falta pela esquerda. A bola parecia ter destino certo nas mãos de Bruno, mas ele falhou clamorosamente e ela entrou no gol. O grito de gol, que estava na garganta de todos, finalmente pode sair. E dali até o final do jogo o Juventus ainda perdeu a chance de fazer mais um. Mas no final a festa foi a mesma.


Detalhe do segundo gol grená. O goleiro Bruno falhou feio no lance. Foto: Fernando Martinez.

Final de jogo: Juventus 2-1 Taquaritinga. A vitória não tirou o time da zona de rebaixamento, mas a esperança continua na Javari. Quarta agora o time tem outra pedreira em casa (o time do Sertãozinho), e quem sabe nessa rodada ele não saia da zona perigosa. Para o Taquaritinga, a derrota nem mudou muita coisa, pois o time ainda se encontra no G8, em sexto lugar.


Time juventino agradecendo o apoio da torcida no final do jogo. Foto: Fernando Martinez.

E depois do jogo ia voltar para o aconchego do meu lar. Mas com o seu Natal em dia inspirado, fiz uma pergunta simples e ele inspirou a gente a curtir mais um jogo no dia, indo direto da Javari.

Até lá

Fernando

Nenhum comentário:

Postar um comentário