Procure no JP

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Globo apronta e vence o Atibaia pelo Grupo 15 da Copinha

Texto e fotos: Fernando Martinez


A programação do penúltimo dia da primeira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior era uma incógnita. Não sabia se iria repetir chave perto da capital ou seguir até Indaiatuba de acordo com meu plano original. Assim como Billy Shears, contei mais uma vez com a "pequena" ajuda dos meus amigos e consegui emplacar uma viagem e ver de perto a decisão do Grupo 15 da competição.

Na real a ideia de ir ao Estádio Ítalo Mário Limongi nasceu para poder colocar o genial Globo do Rio Grande do Norte na Lista. Recém promovido à Série C do nacional, não podia perder a oportunidade de conferir de perto a equipe que tem esse nome por conta da paixão do seu fundador por Roberto Marinho e também pela Rede Globo de Televisão (sim, isso é a mais pura verdade).


Sport Club Atibaia (sub-20) - Atibaia/SP


Globo Futebol Clube (sub-20) - Ceará Mirim/RN


Quarteto de arbitragem e capitães dos times

Pena pro torcedor do onze potiguar que a equipe precisava de um milagre. O tricolor tinha que golear o Atibaia pela maior margem possível e torcer pro Primavera ser goleado pelo rubro-negro de Salvador. O Falcão, cada vez mais de Indaiatuba e cada vez menos da sua cidade de origem, precisava vencer os nordestinos e torcer pro Fantasma não derrotar o Vitória.

O estádio recebeu um belo público, todos torcendo contra o escrete laranja (lembrando que no confronto entre os dois, deu Atibaia). Isso não adiantou muito, pois os paulistas não se importaram com a torcida contra e dominaram completamente a peleja. O camisa 11 Marcelo Henrique deu muito trabalho ao setor defensivo do Globo.

O problema do Atibaia foi o toque final. Tirando dois chutes que bateram na trave (uma tônica da primeira fase da Copinha), os tiros foram sem direção, e quando tinham endereço certo, o goleiro potiguar Mizael defendeu de boa. Ao final do primeiro tempo, o placar estava em branco.


O camisa 11 Marcelo Henrique teve grande atuação, infernizando a zaga do Globo pela esquerda


Desfile de atletas dentro da área potiguar


Jogador do Globo subindo no terceiro andar pra fazer o corte

No tempo final o jogo melhorou bastante, por causa disso posso dizer que ele entra como o melhor que vi até aqui em 2018. O Atibaia foi muito mais incisivo enquanto o Globo passou a apostar nos contra-ataques se aproveitando de enormes buracos no setor defensivo paulista.

Antes dos cinco minutos o Atibaia mandou a terceira bola na trave. Só que no melhor esquema do "quem não faz toma", aos 14 minutos o Globo inaugurou o marcador. Negueba fez ótima jogada individual, entrou na área e chutou firme pra marcar o primeiro tento potiguar.

Os laranjas não desanimaram e continuaram praticamente dentro da área adversária tentando reverter a desvantagem. O que se viu foi um sem numero de oportunidades criadas sem que a bola entrasse. Foi de bola parada que o Atibaia empatou aos 32 minutos. Thales cobrou uma falta com perfeição e colocou a pelota no canto direito, sem chances de defesa.

Confesso que pensei que o Globo não suportaria a pressão local depois do empate e apostava numa virada paulista. A enorme blitz continuou minuto após minuto, porém sem o gol surgir. Aos 42 minutos o onze visitante conseguiu emplacar uma boa troca de passes e a bola chegou nos pés de Negueba. Em mais uma ótima jogada individual, ele avançou em meio aos defensores e chutou com classe da entrada da área pra fazer o segundo dele e segundo do Globo.


Jogador do onze visitante armando uma bicicleta fora da área


Alisson, camisa 17 do Atibaia, atacando pela esquerda


Mizael só olhou e não pode evitar o gol de empate do Atibaia, marcado em bela cobrança de falta de Thales

O Falcão sentiu o golpe e, mesmo ainda tentando manter a blitz, não conseguiu forças para chegar a uma nova igualdade. O placar final de Atibaia 1-2 Globo foi uma enorme frustração pros atletas e comissão técnica do onze paulista. Agora a classificação dependia de um triunfo do Vitória em cima do Primavera na partida de fundo por cinco gols de diferença.

E foi justamente o encontro entre Leão e Fantasma o segundo compromisso da rodada dupla em Indaiatuba. Ele aconteceu com o estádio lotado debaixo de um sol fortíssimo, algo sempre ruim pro que vos escreve.

Até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário