Procure no JP

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Duelo de campeões com triunfo vascaíno em Diadema

Texto e fotos: Fernando Martinez


Completando a rodada inicial do Grupo 26 da Copa São Paulo de Futebol Júnior, teve duelo de antigos campeões da competição no Estádio Distrital do Inamar. O Vasco da Gama, campeão em 1992, enfrentou o Juventus, campeão em 1985. Promessa de bom jogo, pelo menos no papel.

Essa foi a quarta vez que os dois se enfrentaram na história do certame, e nas três anteriores aconteceram dois triunfos vascaínos (em 1985 e 1993) e um empate (em 1984). Aliás, o confronto de 1985 foi pelas oitavas e terminou de forma um tanto quanto peculiar. O Vasco venceu, mas por ter utilizado jogador irregular durante toda aquela edição, foi excluído das quartas-de-final horas antes do seu novo compromisso (contra o Nacional). Na base do tapa-buraco entrou o Moleque Travesso, que no fim, sagrou-se campeão.


Clube de Regatas Vasco da Gama (sub-20) - Rio de Janeiro/RJ


Clube Atlético Juventus (sub-20) - São Paulo/SP


Capitães dos times e quarteto de arbitragem

A expectativa era boa, só que dentro de campo os times não corresponderam. Os paulistas começaram tentando assustar e aos seis minutos colocaram uma bola na trave num belo lance de calcanhar de Guilherme Rodrigues. O Vasco respondeu aos 21 com uma cabeça de Marrony que obrigou o goleiro Micael a fazer milagre.

Nos minutos seguintes, o Juventus chegou com perigo duas vezes dentro da área adversária, porém acabou sofrendo o primeiro gol num contra-ataque aos 39. Robinho lançou para Hugo Borges, que invadiu a área e tocou na saída do arqueiro. Foi com a vitória parcial pro Vasco da Gama que o primeiro tempo acabou.

No tempo final o onze da Moóca caiu de produção e o Almirante tomou conta da peleja. Aos 19 Hugo Borges quase faz o segundo em tiro de longe. No lance seguinte Dudu também quase ampliou. Aos 24 foi a vez de Robinho desperdiçar. Só dava Vasco.

Sem forças para tentar o empate o Juventus ainda sofreu o segundo gol aos 43 minutos. Marrony pegou a bola no meio de campo, avançou até a linha de fundo e cruzou. Léo Reis apareceu livre no segundo pau, fechando o caixão grená.


Zaga do Juventus mandando aquele desarme maroto em cima de atacante vascaíno



Hugo Borges cruzando pela direita e depois comemorando seu gol no Distrital do Inamar


Outra investida vascaína pela direita do seu ataque


No tempo final, o Juventus não viu a cor da bola


Chegada do onze carioca no final da peleja

O resultado final de Vasco da Gama 2-0 Juventus deixou o alvinegro na liderança isolada do Grupo 26 depois da rodada inaugural da Copinha. Além disso, encaminhou a classificação para a segunda fase já pensando nos dois compromissos seguintes contra Espírito Santo e Água Santa.

Foi dessa forma que iniciei os trabalhos de 2018 e na quarta-feira pintou mais uma rodada dupla na competição, agora com direito a time novo (e bastante raro) na Lista, o primeiro da atual temporada.

Até lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário